Acompanhe o blog Perdi meu bebe. Basta clicar no quadrinho ao lado.

Quem sou eu

Minha foto
São José do Rio Preto, São Paulo, Brazil
Meu nome é Cecylia sou casada há 14 anos com o Paulo Henrique, tenho uma menina que se chama Débora hoje ela está com 12 anos. Sei exatamente como você esta se sentindo, porque já passei por isto também, perdi o meu bebê quando estava grávida de 7 meses e meio, foi morte intra-uterina no dia 09/10/2007 seria o meu segundo filho um menininho. Eu tive dengue com três meses de gestação a geneticista que me atendeu disse que o vírus da dengue pode ter entrado através da placenta e atingindo o feto e com 7 meses e meio ele desenvolveu hidrocefalia, juntou água na cabecinha dele. Como você eu sofri muito e até hoje sofro, porque não é fácil aceitar. Dói muito amiga, é uma dor que parece que não tem fim. Se você precisar conversar sobre tudo que lhe aconteceu estou a disposição. Se você já passou por isto escreva contando como você superou esta perda, e se teve outro bebe. O seu depoimento é um ato de amor, para outras mamães que estão passando pelo que você passou. Amiga (o) seja bem-vinda (o), agradeço sua visita. Deixe seu comentário.

NOSSOS ANJOS, AMOR ETERNO!

NOSSOS ANJOS, AMOR ETERNO!
Passe o mouse sobre o texto para parar de correr
"Meu Bebe, eu queria cantar para embalar seus sonhos, agora sei que os anjos do céu farão isso por mim... Eu queria olhar nos teus olhinhos a brilhar e dizer que te amo, agora farei isso olhando as estrelas... Eu queria te pegar no colo e te envolver no meu abraço, mas sei que nos braços do Pai você estará bem mais protegido do que nos meus... Por mais que o tempo passe, nunca vou me esquecer de você porque o meu amor é eterno."
SE QUISER PARAR A MÚSICA CLIQUE NOS DOIS TRACINHOS (II) LOGO ABAIXO NO MIXPOD, PRINCIPALMENTE SE VOCÊ QUISER VER ALGUM VÍDEO QUE ESTÁ NAS HOMENAGENS DAS MÃES DE ANJOS OU NO BLOG.

VISITANTES HOJE

"Muitas mulheres geram filhos, nós geramos anjos, por isto somos especiais para Deus."

QUEM PASSOU POR AQUI RECENTEMENTE

TRADUTOR DE IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Cadastre-se e receba artigos do Blog por e-mail! Clique no link que irá para seu e-mail e confirme.

Digite seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

"A mulher que diz que não existe dor maior do que a dor de parto, com certeza nunca perdeu um filho!"

CONTE SUA HISTÓRIA TAMBÉM

Nossos anjos existiram, se fizeram presentes em nossa vida, mesmo que por pouco tempo, vamos eternizar estes momentos mágicos que vivemos fazendo esta homenagem para nossos bebes tão amados. A sua história pode ajudar outras mães de anjos que estão passando pelo mesmo que você. Basta publicar sua história nos comentários de cada postagem, só não será possível postar fotos.
Cecylia

domingo, 25 de julho de 2010

O luto após a perda do bebe.


Eu nunca tinha perdido ninguém da minha família que eu amasse tanto, eu não sabia o que era viver um luto e o quanto é triste sentir esta dor na alma, só quem passa por isto sabe do que estou falando. Nem muito menos sabia que mesmo diante de um aborto espontâneo vivemos um luto, imagine o quanto eu fiquei confusa com todos estes sentimentos quando perdi o meu bebezinho ainda no ventre com 7 meses e meio de gestação.
Quando se perde um parente distante, a gente sente, mas não tanto como um membro da família que vive com você diariamente. E quando você perde esse membro você vê o quanto o amava e o quanto ele era importante em sua vida. A família é o que temos de mais sagrado nesta vida, é nosso porto seguro onde nos sentimos protegidos do mundo e onde somos nós mesmos de verdade.
A dor de perder um filho é indescritível é o pior sentimento que uma mãe pode sentir, ainda que este filho esteja no ventre. Porque choramos pelo que não vivemos, choramos porque não veremos nossos filhos crescer. As únicas recordações que podemos guardar são os momentos lindos que vivemos enquanto eles ainda estavam juntinhos da gente.
Hoje depois de um bom tempo vejo que vivi todas as fases do luto:

1 - FASE DO CHOQUE E NEGAÇÃO:
Ela surge imediatamente após a perda e tem duração média de 1 a 14 dias. A gente não acredita no que aconteceu porque estamos em estado de choque, sentimo-nos perdida, só e apática. Depois sentimos falta de apetite, insônias, náuseas e sensação geral de desconforto. No meu caso ainda tive que enfrentar as dores que fica no local da cirurgia da cesárea.

2 - FASE DO DESESPERO E EXPRESSÃO DA DOR:
Duas semanas após a perda de nossos bebes a descrença em relação ao que aconteceu desaparece, passamos a ter consciência da morte de nossos anjinhos. Os sintomas depressivos aumentam muito, havendo a ausência de interesse pelas atividades vitais e a alteração dos padrões normais de comportamento. Queremos dormir o tempo todo, se pudéssemos nos esconderíamos do mundo, sentimos vergonha pelo que passamos, sentimo-nos humilhadas e impotente diante da morte. Muitas vezes perdemos o interesse pelo sexo, porque ele nos faz lembrar-se de nossos filhos, mas esta fase é passageira, mas pode durar de 3 a 4 meses. São frequentes os pensamentos e sonhos sobre o bebe, começamos a imaginar como seria nosso bebe, com quem se parecia e se chegamos a vê-lo as imagens de seu rostinho não sai da nossa mente. Passamos a ter sentimentos como a raiva de tudo e todos inclusive de Deus e culpa quer para si, quer para os profissionais de saúde. A simples presença de grávidas ou recém nascidos nos abala emocionalmente, chega a nos agredir somente de vê-los, pois nos sentimos injustiçadas, e passamos a fazer vários questionamentos do porque elas podem ter seus filhos e nós não. Habitualmente esta fase tem a duração de 6 a 8 meses.

3 - FASE DE RESOLUÇÃO E REORGANIZAÇÃO:
Esta fase caracteriza-se pela recuperação do interesse pela vida, pelo trabalho e pelas relações pessoais, nos apegamos novamente em Deus procurando consolo. O futuro deixa de ser tão pessimista, pois a perda começa a ser aceita, porque não podemos mudar o que aconteceu, nada neste mundo trará de volta nossos bebes, o que diminui os sintomas depressivos sentidos há alguns meses atrás. Choramos com menos freqüência, os sentimentos de vazio e de tristeza diminuem, passamos a lembrar de nossos bebes como anjos que partiram, mas esquecê-los é impossível. Mas no lugar da dor, passamos a sentir a saudade dos momentos vividos com nossos bebezinhos e começamos a pensar na possibilidade de ter outro filho novamente.
Estas fases não são uma regra, mesmo porque cada pessoa reage de um jeito próprio, e o sentimento de dor em relação à perda depende muito do desejo que esta mulher tinha em relação ao filho. Quanto maior o desejo de ter esta criança, maior é o sofrimento!
Caso esteja sendo muito difícil superar esta fase de luto, você deve procurar ajuda de um psicólogo, pois a recusa de apoio pode agravar os problemas levando a depressão profunda, ou ao consumo de calmantes e bebidas. Muitos casamentos terminam diante da perda de um bebe, porque a mulher não consegue dominar seus sentimentos e projeta sua raiva na família que não tem culpa do que aconteceu. Eu mesma procurei ajuda quando perdi o meu bebe, e foi muito importante pra mim, me ajudou muito a me encontrar de novo.



A Morte não é o fim é um breve intervalo,
porque o espírito do nossos bebes são eternos
eles não morrem.
Um dia nos reencontraremos com nossos anjos no céu.

Cecylia




44 comentários:

  1. Oi sinto muito por todas as perdas que vi aqui no blog,sofri duas perdas,primeiro um aborto aos 4 meses de gestação,após dois anos uma gravidez ectópica da qual estou me recuperando ainda,tá dificil,estou passando pela fase do desespero e expressão de dor.Aos meus anjinhos saudades sempre!

    ResponderExcluir
  2. Oi Luana sinto muito amiga por seus bebezinhos.
    Sei o quanto é difícil passar pela perda de um bebe, pois perdi o meu anjinho com 7 meses e meio de gestação, machuca muito a gente, imagino o quanto você esta triste querida por passar pela segunda vez por um aborto espontâneo. Ninguém merece tanto sofrimento, esta fase do luto vai passar, pode demorar um pouco mas logo você vai se recuperar. Sei que você teria todos os motivos para desistir do seu sonho, mas não desista, lute pelo seu desejo de ser mãe novamente. Os obstáculos amiga existem para serem vencidos. Quando você estiver com seu bebezinho no colo você vai ver o quanto valeu apena.
    Que Deus possa confortar seu coração.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  3. Oi Luanna meu nome é Edenilza como vç tambem passei por um aborto a 2 meses e te confesso que pensei até em morrer, mais graças a Deus eu estou bem melhor e entendi que nosso Senhor sabe de todas as coisas sei que pra nós é muito dificil de aceitar mais proucure pensar que nossos anjinhos está junto ao pai.Espero que Deus te de muita força para passar por esse momento e que em breve vç possa está escrevendo no blog sobre a sua melhora ou até mesmo sobre um novo bebe cheio de saúde.Fique com deus um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi meu nome é sara,eu tambem perdi o meu bb c 2 meses ha uma semana,ainda estou de repouso,mas confesso q é muito forte a dor e o sofrimento é muito grande,nada te consola,vc n consegue ouvir ninguem pq o q sentimos ninguem consegue tirar,a unica coisa q nos conforta é saber q foi a vontade de Deus e a vontade dele é sempre o melhor p nos! ainda choro me lembrando dele,com quem parecia,no dia em q nascesse,nossa isso me machuca demais,sem contar c o sofrimento q passei no hospital enternada sentindo muita dor,sofri demais,mas ja estou em casa esperando o dia em q vou poder trazer outro filhinho ao mundo c saude,por tanto meninas n se desesperem Deus sabe de toda as coisas,e quando ele quizer vai vim sim um pitokinho cheio de vida,c muita saude p nos aperriar bem muito,e fazer esquecermos tudo o q passamos,mas nosso anjinho nunca pq nada nem ninguem fara isso!!!!! fe em Deus sempre, bjsssss

      Excluir
  4. Oi,meu nome é Adriana e também tenho passado por esta dor que paresse que não tem fim!Há quase 2 anos perdi meu bebe,ele nasceu e sobreviveu por 20 dias.Não pude abra-lo,beija-lo nem amamenta-lo.Junto com ele perdi também o útero e sonho e ter outro filho.Hoje o que me consola é o meu primeiro filho que tem 10 anos.É uma dor que aumenta e diminui conforme os dias.Fica difício retomar a vida e a alegria de viver.Mas tenho esperança em conseguir ser feliz novamente!

    ResponderExcluir
  5. Olá Cecylia
    O meu nome é Vera Faustino e vivo em Portugal.
    Venho aqui expressar a minha tristeza e dor, porque infelizmnte no passado da 08-11-2010, e com apenas 23 semanas perdi o meu DINIS.
    Tive uma ruptura total das menbrnas e entrei em trabalho de parto, apesar de todos os esforços que fizeram para o manter mais umas semanas foi impossivel.
    Tive um parto normal, e durante os primerios dias até reagia bem, mas agora está a ser dificil. Sempre a sonhar mal conseguio descansar e por mais que não queira por vezes dou por mim a culpar me.
    So tenho medo de nãp puder mais a ter filhos.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi meu nome é Amanda, também quero compartilhar minha história com voces, a 10 anos atrás eu tive o meu primeiro filho, ele nasceu prematuro com 32 semanas de gestação ele nasceu com 1kg estava bem ficou internado 2 meses só para ganhar peso, saiu da maternidade com 1.700kg, hoje em dia é uma criança saudável, esperei alguns anos para engravidar novamente , pois tinha medo que isso acontecesse novamente, então em março de 2013 engravidei novamente tudo corria bem até que certo dia notei que havia um pequeno sangramento e como eu não sentia nenhuma dor não liguei, quando foi no dia 03/10/2013 notei que o sangramento havia aumentado então fui para a maternidade sozinha pois não estava com dor, deixei o meu filho com a minha mãe e disse pra ela que eu ia rapidinho na maternidade ver o que estava acontecendo e já ia voltar , mais quando cheguei lá fui examinada e o médico disse que aquele sangramento era sinal que o meu bebe já queria nascer e eu ja tava com 2cm de dilatação, ele mandou fazer uma ultassom pois estava com ameaça de parto prematuro eu fiz e voltei lá , ele me examinou novamente e disse que eu ja tava com 4cm de dilatação e me internou para tentar segurar o bebe, mais não adiantou algumas horas após a internação no dia 04/10/2013 ás 02:50 hs meu bb nasceu com menos de 1kg, foi para uti e passou 4 dias lutando pela vida , mais não resistiu a uma sépsia e voltou para Deus, foi muito triste só peguei o meu bb depois de morto, quase 5 meses se passou mais a tristeza ainda é grande todos os dias me lembro dele, mais sei que foi a vontade de Deus, agora estou fazendo alguns exames para ver o por que que só tenho os bbs prematuros, espero que quando engravidar novamente consiga levar a gravidez até os nove meses. tchau.

      Excluir
  6. Oi Vera sinto muito pelo Dinis.
    Amiga não se sinta culpada, se dependesse de você seu bebe estaria aí juntinho com você. Tudo depende de Deus e se Ele resolveu levar seu bebezinho é porque era preciso. Descanse em Deus querida, logo você terá outro bebezinho, muitas mamães do blog perderam seus bebezinhos na primeira gestação com o mesmo problema que você e hoje já estão felizes com outro bebezinho no colo. Eu também já chorei muito, me revoltei muito, mas quanto mais questionamos maior é o nosso sofrimento, só encontrei paz no coração quando aceitei a vontade de Deus. Não desista do seu sonho, você ainda vai ter muitos motivos para sorrir.
    Que Deus possa te confortar assim como Ele tem me confortado a cada dia.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  7. Olá querida Cecylia. Meu nome é Dalila. Foi por acaso que encontrei seu blog e saiba que estou muito feliz por isso!!!
    Gostaria de dizer que sinto muitíssimo por todas as mãezinha que choraram a perda de um anjinho como eu chorei e ainda choro a perda do meu.
    Faz exatamente 02 anos que ao 5º mês de gestação descobri que meu anjo "João Luiz" não iria sobreviver devido a uma má formação em seu coraçãozinho, mesmo com o conselho do médico que na época me assistia que era de interromper a gestação, eu e meu amado esposo decidimos continuar e entregar nas mão do Senhor. Foi muito difícil, pois os dois lados gritavam todos os momentos dentro de mim. A RAZÃO: que ele não sobreviveria e a EMOÇÃO que me fazia levantar todos os dias de minha cama dizendo que Deus faria um milagre e ele estaria perfeito na próxima ultrasson. Mas após 3 meses, com 33 semanas veio a notícia do médico que foi Curta e Grossa: -Acabou, não existe mais batimento cardíaco. Amiga, ele foi mais longe, dizendo: Sabíamos que isso iria acontecer. E simplesmente se retirou da sala. Depois disso fiquei 4 dias internada fazendo indução do parto. Depois veio a pior parte: o velório e sepultamento de uma parte minha que ocorreu no dia dos pais de 2009, um momento muito triste para meu esposo.
    Hoje eu entendo que o milagre foi feito sim.
    Não foi do jeito que queríamos que fosse, mas ele foi feito. Creio que Deus fez o melhor que poderia ser feito e que hoje temos um intercessor que olha por nós todos os dias. Sei que se viver 200 mil anos irá doer todos os dias em meu coração, mas temos que seguir e acreditar que o melhor ainda está por vir!!! Assim sigo cuidando de meu esposo e de nosso filho de 07 anos, que precisam muito de mim.
    Super beijo e que Deus abençoe sua vida, como tem abençoado a minha. E que ele vá ao auxílio de todos aqueles que precisam dele.

    ResponderExcluir
  8. Oi Dalila, sinto muito pelo João Luiz.
    Acredito amiga que nossos anjos vieram para nos fazer pessoas melhores, pois nada acontece por acaso. Sei que em tudo Deus tem um propósito, Ele não nos faria sofrer por nada. Sei que a dor é grande e persiste em ficar, mas por nossos filhos precisamos erguer a cabeça e continuar, se pudéssemos reverteríamos tudo o que passamos só para ter nossos bebes ao lado, mas não podemos. Temos que aceitar a vontade de Deus, sei que no céu nossos anjinhos estão felizes, pois estão na presença de Deus e Deus é amor. Um dia nos encontraremos com eles no céu e eles nos dirão tudinho porque precisaram partir tão cedo. Abrace muito seu filhinho de 7 anos, ame-o muito, pois Ele é o presente que Deus te deu e ser for a vontade de Deus você terá outro bebezinho lindo.
    Fique com Deus.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  9. OLA Cecilia!sou Elizangela,ha um ano atraz tive descolamento de placenta eu estava de 32 semanas,Luiz Gustavo nasceu ,ficou na UTI 5 dias mas não resistiu o Senhor o levou hoje exatamente hoje faz um ano q oSenhor o levou,mas Deus me conforta todos os dias!Basta acreditarmos no Pai!q nos deixou o Espirito Santo para nos confortar!Deus abençoe atodas as mães desses anjos !

    ResponderExcluir
  10. Oi Elisangela, eu tbém perdi meu Eduardo com 32 semanas, por descolamento de placenta...ele lutou pela vida por 3 dias , mas Deus ja tinha outro propósito pra vida dele, a de ser um anjo de Deus.
    É muito difícil pra gente que fica com nossos sonhos frustrados e a saudade que parece arrebatar nosso peito. Não sei vc, mas eu não sabia NADA de descolamento de placenta e qdo aconteceu comigo parecia um pesadelo, pois tive dores absurdas e uma hemorragia muito intensa.
    Mas Creio e Jesus e mesmo com muita dor da saudade aceito pra mim o que ele fez e fará em minha vida, pois a Ele pertence todos os meus planos e sonhos.
    Bjus no coração

    ResponderExcluir
  11. Nádia

    hoje,está fazendo 14 dias que perdi meu davi,com 36 semanas tive descolamento de placenta e meu anjinho ja nasceu dormindo,estou sofrendo muito todos os dias peço Deus uma resposta e não tenho.So agradeço a ele pelo meu filho mas velho e pela força que meu marido vem me dando,mas estou com medo de não ter forças para superar essa fase de muita dor e desespero.Da uma vontade de dormir e não aoordar mais,mas creio que o tempo e Deus irão me trazer o conforto esperado.

    ResponderExcluir
  12. Ola sou a Sara, e tenho 14 anoss e prontoo engravidei :( tou de 8 semanas e ja o amoo e ja faz parte de mimm :'( e a desisão em abortar e da minha mãe e vou perder uma coisaa que amooo, :'(

    ResponderExcluir
  13. Olá Sara,
    Não permita que façam esta escolha por você,peça a sua mãe que veja todas estas histórias de mães que perderam seus filhos sem poderem escolher,sabemos que não é facil uma gravidez tão jovem,mas nada pode ser pior do que tirar uma vida inocente.Nós não podemos escolher nossos filhos se foram pela vontade de Deus e não há um dia em que esta dor não nos acompanhe,mesmo sabendo que os amamos e fazemos tudo o possível para tê-los conosco.Que Deus ilumine a vc e sua familia.

    ResponderExcluir
  14. OLA,SOU DANIELA.NO DIA 03 DE OUTUBRO DE DESTE ANO,PERDI MEU BEBE.PRA MIM,A MARIALICE FOI UM PRESENTE DE DEUS,POIS TENHO UM RAPAZ DE 15 AOS E UMA MOÇA DE 11,EU COM 35 ANOS, PENSEI QUE NAO IA MAIS PASSAR POR MAIS UMA GESTAÇAO.ME EMPOLGUEI,FIQUEI MUITO FELIZ,APESAR DE MUITOS OBSTACULOS,LEVAR ESSA GRAVIDEZ ADIANTE NAO IA SER FACIL,MAS FOI A MELHOR COISA QUE ME ACONTECEU ESSE ANO.COMO MINHAS GESTAÇOES FORAM TODAS PERFEITAS,EU ESTAVA TRANQUILA,APESAR DE TER TIDO INFECÇAO URINARIA COM 3 MESES,E TAMBEM PERDI SANGUE,MUITO POUCO MAS PERDI.AOS 5 MESES E MEIO,TALVEZ 6,NOTAVA QUE TINHA ALGO ESTRANHO POIS,MEU BEBE NAO MEXIA,E TAMBEM MINHA BARRIGA ENDURECIA E EU SENTIA DORES,MAS PARA O OBSTRETA ESSAS QUEIXAS ERAM NORMAIS.COM 26 SEMANAS,MINHA BOLSA ROMPEU,ME INTERNEI,FUI TRANFERIDA PARA OUTRA CIDADE,PORQUE A UTI NEO NATAL DA MINHA CIDADE ESTAVA LOTADA.NA MEDIDA QUE EU PERDIA LIQUIDO,ALI EU PERDIA TAMBEM A ALEGRIA QUE EU SENTI QUANDO DESCOBRI QUE IA SER MAE NOVAMENTE.FIQUEI UM MES COM BOLSA ROTA.ONDE EU ESTAVA FUI TRATADA COMO UMA PRINCESA,MAS MINHA MENININHA NAO ESTAVA NADA BEM.NAO ENTREI EM TRABALHO DE PARTO,MAS MINHA GESTAÇAO TERIA QUE SER INTERROMPIDA COM 34 SEMANAS,ISSO SE A NENEM NAO APRESENTASSE NENHUM PROBLEMA,SO Q O TEMPO FOI PASSANDO E AS COISAS SE AGRAVANDO,TEVE CRESCIMENTO RESTRITO,ELA TERIA QUE PESAR NO MINIMO 150O,E ELA SO TINHA 950 GRAMAS,O PULMAO DELA AINDA NAO ESTAVA MADURO APESAR DE EU TER TOMADO TODAS VACINAS PRA AMADURECER,E OS BATIMENTOS CARDIACOS CAIRAM.INTERROMPERAM MINHA GRAVIDEZ COM 31 SEMANAS OU SEJA,7 MESES E MEIO,ELA DEU 2 PARADAS CARDIACAS E NAO RESISTIU,4 HORAS DEPOIS DO PARTO MEU ANJINHO FALECEU.DEPOIS DE DOIS DIAS,FUI NO NECROTERIO DO HOSPITAL,PEGUEI MEU ANJINHO NO COLO,E SINCERAMENTE,COMO DOI,MEU DEUS!VOCE FICAR UM MES,LONGE DE CASA,DA FAMILIA,NUMA CIDADE ONDE VOCE NAO CONHECE NADA NEM NINGUEM,NA ESPERANÇA DE VOLTAR COM SEU BEBE NOS BRAÇOS E DE REPENTE,VOCE PEGAR SUA FILHA NOS BRAÇOS MORTA....POXA!EU ESTOU,SEM RUMO,TEM DIA QUE ACORDO,NAO QUERO NEM LEVANTAR DA CAMA.PROUCURO RESPOSTAS PARA O QUE ACONTECEU,NAO ENCONTRO.SO DEUS SABE DE TODAS AS COISAS.A UNICA COISA QUE PEÇO A ELE E QUE TIRA DO MEU CORAÇAO TODA ANGUSTIA E DOR.POIS TENHO MAIS DOIS ANJOS QUE PRECISAM DE MIM,SO QUE NAO TENHO FORÇAS,SO JESUS!

    ResponderExcluir
  15. Daniela:

    Não se entregue ao desespero!! Sofra, chore, pense, ore muito!! Mas você tem dois outros anjos que também precisam da mãe!!

    Todas nós, Mamães de Anjo, sabemos a dor, a frustração, a sensação de vazio que você está sentindo. Dói e doerá sempre. É um vazio de saudade, dos sonhos interrompidos.

    Mas DEUS sabe o que faz!! Seu anjinho hoje está num lugar ótimo, sem dores, olhando por você!!

    O tempo dar-te-á o conforto da saudade... até lá, chore. Coloque para fora essa sensação infinita de perda!! Nós sabemos como vocês está e estamos torcendo para você se reerguer!!

    Fique com Deus!!

    ResponderExcluir
  16. OI, meu nome é Priscila, tenho 29 anos, casada e um filho de 6 anos o Pedro, faz 12 dias que perdi minha princesa Ana Maria, ela foi diagnosticada como anencefala no 4 mês de gestação, desde o dia da ultrason e do momento em que me disseram: Ela não tem chances de vida, vc deve interromper a garvidez e evitar um sofrimento ainda maior... minha mente parou, algo dentro de mim quebrou e não tem conserto, não sei como estou viva, minha pequena viveu apenas 4 horas após o parto,ela era lindaaaaaaaaaaaa! Não sei oque vai ser de mim agora, será que vai parar de doer um dia? Outro filho? não vai substituir a Ana, eu queria ela, e um outro filho será UM outro filho, nunca será ela. Seria possível perder o coração e usar o pulmão no lugar dele, ou perder um olho e colocar um dedo no lugar, cada um é único e importante. Por que dói tanto?

    ResponderExcluir
  17. oi,meu nome é Sabrina,namoro a nove anos e sou noiva a três anos,á dois anos atras me vi na obrigação de começar a pensar em ser mãe,Deus me abençõou com uma linda menina,uma princesa chamada Nathalia,cheia de vida e saúde,infelizmente com 1 mês e 14 dias percebi um leve começo de gripe,levei ao médico por duas vezes e nunca era nada, na terceira vez descobriram que ela estava com bronquiolite e acharam por melhor interna-la,ela ficou 2 dias em observação,não houve melhora e ela acabou indo para a UTI,lá ela ficou por 2 dias e então DEUS achou por melhor leva-la para junto dele,hoje faz 23 dias que estou sem a minha princesa,mas sei que nada foi por acaso,e que DEUS esta sempre comigo,e com vcs que perderam seus tesouros também,um beijo para todas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sabrina sinto muito pela sua anjinha Nathalia eu perdi uma anjinha Lais com 9 meses de gestação vai fazer 4 meses q Deus a levou. Nossos anjos eram tão especial q Deus quis eles ao lado dele, por q aqui foi comprido sua missão ensinado nós um amor eterno e infinito q vai além da morte.Amiga um dia vamos reencontra-lo novamente pois ao lado do Senhor eles estão melhor.Não desista do sonho de construir uma família bjs fique com Deus.UM abraço bem apertado. Força amiga se precisar estou sempre aki email kathiaporto_@hotmail.com

      Excluir
  18. Oi,meu nome é Simone no dia 16/08/2011 nasceu meu filho BRENO HENRIQUE,que nasceu de uma cesária,porque estava com risco de pré-eclâmpsia,do dia 19/08/2011 tive alta foi ai que tudo começo,veio a medica falar comigo e me disse que meu filho estava em estado grave,junto com meu namorado,nós tinha fé que nosso bebe ia sair dessa,tiramos muitas fotos e fizemos vídeo,no dia 05/09/2011 as 4:40 da manha o hospital me chamou,chegamos lá a medica nós disse que meu folho tinha piorado,chorei tanto,durante a semana ele melhorou,mais foi pro pouco tempo,uma semana depois o hospital telefonou me dizendo pra ira pra que as medicas queria conversar com nos,quando chegue lá veio uma medica muito fria que me falou que daquela noite meu filho não passava,sente no chão e chorei,nos deixaram vê-lo a medica nos perguntou se já tinha nós despedido do nosso príncipe,mais infelizmente no dia 14/09/2011 as 09:40 da manha meu príncipe me deixou,meu filho é tão forte e guerreiro que Deus quis o BRENO junto com ele lá no céu,hoje faz seis meses que estou sem meu príncipe.

    ResponderExcluir
  19. oi gente, meu nome é Juliana, e axo qe sou a mais novinha, tenho apenas 17 anos e sofro desde julho/2012 com uma perda, meu sonho sempre foi ser mae, quando descobri qe estava gravida, tinha apenas 16 anos e já estava de 5 semanas, o dia 16 de junho de 2012 foi o melhor dia da minha vida, foi quando fiz meu primeiro teste e deu positivo, nao me continha de tanta felicidade, nao queria saber se era nova ou oq iriam pensar de mim, mas daqele dia em diante tdos meu planos ja estavam sendo criados com meu bbe junto, mas infelizmente nao durou mt tempo, com apenas 07 dias de felicidade me sentindo como era ser mae, comecei a ter sangramentos, fiquei desesperada, chorava pedia a Deus pra nao tira meu bbe, fui mts vezes ao medico, fiz varios ultrassom, ate qe com 15 dias ou seja qase 2 meses de gestação, recebi a noticia durante o exame qe tinha perdido meu bbe, nossa, isso simplesmente acabo cmg, pra mim a vida tinha perdido totalmente o sentido, quase entrei em depressao, minha familia vendo meu estado, acabou fazendo eu me aproxima mais e mais do meu subrinho/afilhado qe nao tinha nem 1 ano de idade, mas pra mim era uma tortura, cheguei ate a ganhar lembrancinhas qe estao guardadas ate hoje e ficaram pra sempre, meu bbe estava previsto pra nascer dia 25 de fevereiro de 2013, mas infelizmente nao aconteceu, ja se passaram quase 8 meses e ainda nao consegui superar, e vai ser dificil, meu sonho era ve o rostinho dele olhando pra mim e pode fla FILHO EU TE AMO MT, VC É E SEMPRE SERA MEU TUDO NESSA VIDA, e msm ele nao estando aqi, eu o amo demais, e nunca vou me esqecer dele, entao é uma dor qe vou levar pro resto da minha vida, uma perda nao aceita qe qando ele se foi, levou uma parte de mim , e deixou uma parte dele cmg, ... é só flar dele qe ja desabo a chorar, e hj sou frustrada e ainda nao aceito ter perdido ele e nao vai ser facil consegui aceitar, :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá juliana meu nome é Daniela tenho 17 anos e aconteceu a msma cois cmg, meu sonho era ser mae e derrepente descobri q estava gravida fiquei mto feliz mais infelizmente com 2 meses e meio perdi meu bebe, no primeiro ultrasson nem deu p ver ele, ele nem desenvolveu estava previsto para ele nascer agora em fevereiro de 2014, só Deus sabe a dor q sinto e vontande imensa de ter meu bebezinho nos braços..

      Excluir
  20. Olá meu nome é Kelly perdi um bebê 2010 não planejado fruto de uma gestação tubária, e outra em Maio 2013 planejada orei a Deus pedindo esse filho muito tempo, hoje faz 17 dias que perdi meu Bebê por uma má formação cardíaca, uma menina linda que viveu 20 dias foi muito amada e querida por todos,o quartinho dela estava muito lindo, estava tudo pronto para minha bebê, infelizmente não pude traze-la pra casa para conhecer seu quarto, vestir suas roupas usar seus cosméticos, queria desfazer de tudo, minha vontade era de dar tudo para os outros mas meu marido me aconselhou a não tomar decisão em meio a dor e desmontou todo quarto e guardou, ainda lembro-me daquele rostinho lindo num caixãozinho de madeira branco foi o pior dia da minha vida, queria acordar daquele pesado a todo cusco dormia muito nos primeiros dias pra ver se o pesadelo acabava, agora por fim ando com muita insonia deprimida a vida parece não seguir, meu marido sempre do meu lado com muito amor tem me ajudado muito, me afastei de Deus com medo de ter esperanças novamente, não sei superar ainda essa dor, parece que meu coração bate pra fora do peito e eu não resisto, sei que tenho que superar o tempo e vontade de Deus, e estou lutando pra conseguir mas essa batalha não esta sendo fácil, apesar já ter passado por tantas tristezas nada se compara a essa, a gente não entende, sofre, tem medo, duvidas incertezas, dor, espero que tudo isso passe um dia e eu veja a vida mais feliz de novo. Forças para outras mães de anjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kelly conheço bem esta dor. Sexta feira agora faz 2 meses que entreguei minha filhinha a Deus. É mesmo desesperadora esta dor que sentimos, parece que Deus nos desamparou não é mesmo? Mas saiba que Ele está bem pertinho de vc enxugando suas lágrimas. Olhe nos momentos de maiores insanidade e que parecia que o sofrimento ia me consumir, eu pedia ao Pai que me tirasse aquela dor e que me confortasse meu coração, pois eu já não estava suportando mais. A minha fé era tanta que hoje eu sinto que Deus e o Espirito Santo tem me confortado e dado paz. Não que a dor tenha passado, eu ainda sofro a falta da minha pequena, mas não estou mais desesperada como antes e nem revoltada tambem. Peça a Deus com muita fé para te consolar, tenha certeza Ele ouvirá sua oração. Ele te ama e só quer o melhor para vc, por mais que pareça um castigo, Deus sempre cuida de nós. Um beijo carinho no seu coração.

      Excluir
    2. Kellen de Souza obrigada por suas palavras, sinto-me realmente assim e tento buscar a Deus e ver televisão para me fortalecer vejo milagres e acabo ficando muito triste pq eu cria num milagre e o milagre não chegou até hoje espero por um milagre, pq Deus pode todas as coisa, mas vejo que essa é a vontade de Deus e que Ele tinha planos maiores para Heloísa Cristina amanha faz um mês que ela se foi minha filha foi tão amada por todos e tão querida, peço a Deus que me dê forças todos os dias, como se chamava sua filha? e o que aconteceu com ela? bjs obrigada!!!

      Excluir
  21. olá meu nome é amanda e descobrir hoje esse site e me emocionou muito, pq justamente hoje ta fazendo 5 anos sem meu filho e mesmo assim sofro muito.
    eu perdi meu filho com oito meses de gestação e tive uma infecção urinaria muito forte e tive que tira-lo mais os médicos disseram que ele tava com um nó no cordão umbilical e ja estava morto, mais como foi uma cesária não pude ir no enterro dele e isso me dói muito e para piorar a situação nesse ano perdi minha sobrinha com uns dias de vida e fui no enterro mais veio a tona tudo e foi muito dificil para mim e está sendo ainda pq parece que eu enterrei ele agora. não desejo isso a ninguém pq é uma dor que só quem passou por isso sabe oq eu estou dizendo. boa tarde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amanda, eu perdi minha filhinha no parto e tb não pude ir ao enterro pois foi cesárea. Eu me despedi dela no hospital, Força querida, creia em Deus, só Ele para nos confortar. Vc teve outros filhos? Bjos no seu coração.

      Excluir
    2. Oi Amanda Kelly saiba que sempre fica algo que gostaríamos de ter feito por nossos filhos, o meu arrependimento foi não pega-la no colo no necrotério do hospital, isso me doí muito também mas pelo menos pude beija-la e sei como se sente mas não se culpe, sabe amanda que é muito difícil de entender como seu filho saudável com gravidez indo bem faleceu, mas creia que há situações piores minha filha tinha Ateria Umbilical Unica AUU passei a gravidez inteira com infecção de urina e a bactéria ficou resistente a todos remédios que tomei tive calculo renal por conta da infecção, tive que operar com minha filha na barriga, chorando preocupada com ela me colocaram um cateter, pq não conseguiram tiram calculo, por que era muito grande e por fim quando fui fazer a ultima ultrassom minha filha estava com coração inchado em sofrimento tive que fazer parto de urgência 36 semanas ela foi pra UTI NEO com suspeita de sopro,era pequena pra idade gestacional PIG estava com infecção tb que pegou de mim, pesava 1500 media 39 cm, viveu 20 dias ela foi tão guerreira que enquanto estive em tratamento e cirurgias ela viveu quando me curei ela se foi, sabe que em tudo Deus tem um proposito sinto muito por seu filho e sobrinha meus sentimento

      Excluir
    3. e uma dor que nunca passara so vai amenizar mais passar nao so mae de anjo sofro muito ja tem dois meses

      Excluir
    4. hoje faz 6 meses que meu bebe virou um lindo anjinho e nunca vamos esquece-los pois o nosso amor e eterno como e a saudade ...hoje também faço 17 semanas de gestação ..estou feliz mas não é a mesma emoção como foi com meu renan mas sei que deus mim deu um anjo e agora vai mim dar um filho para eu cuidar

      Excluir
    5. imagino a dor que voce esta passando eu tambem perdi um filho so faz dois meses sofro muito que deus abençoe sua gravides e sua vida dessa fez vai dar tudo certo e so confiar em deus

      Excluir
    6. Só entende essa dor que for mãe de anjo! Parabéns pelo seu bebê Cristiane, saiba que neste mundo somos emprestados por Deus por tudo é por Ele e para Ele o nosso coração e que se engana se Deus te deu essa alminha para cuidar alegre-se as vc terá essa oportunidade e um dia verá seu anjinho as misericórdias de Deus são infinitas e por elas somos sarados

      Excluir
  22. Um anjo foi pro céu,
    Depois de visitar a terra,
    Não gostou do mundo,
    Que se prepara pra guerra.

    Nasceu pra vida,
    E não resistiu,
    Diante de tanta maldade,
    Pro seu subiu.

    Para a tristeza da família,
    Que nada pode fazer,
    Quanto a morte de um anjo,
    Que na terra foi viver.

    Em homenagem aos anjos,
    Que no céu foi morar,
    Escrevi tamanhos versos,
    Para este anjo dedicar.

    Que o eterno Yaohúshua,
    Possa o nossos erros perdoar,
    E não olhe pro nosso pecado,
    Que não sabemos como evitar.

    Vosso pai do céu ouvirá,
    A sua oração será ouvida
    Yaohúshua é o nosso porto seguro,
    Nos protege por toda vida.

    A sua oração assim seja amém,
    Como Yaohúshua nos ensinou,
    Oremos todos oh! pecador,
    A oração do pai nosso nos faz bem.

    Quem crer aceite o rei de Israel,
    Quem numa cruz se deixou pregar,
    Yaohúshua sinônimo de salvação,
    Se errou não volte a errar.

    O perdão faz parte do amor,
    Basta querer do seu erro se desculpar,
    Ame uns aos outros,
    Que o inimigo possamos de fato perdoar.

    Eterna saudade um anjo foi pro céu,
    Pude prever a sua morte não se pode evitar,,
    Foi morar junto de Yaohúshua,
    O anjo que nasceu pra além do sol morar.

    Sua morte pude prever,
    Nesta noite antes de acordar,
    Vi em sonho sua morte,
    Que me fez tanto chorar.

    Impossível esquecer,
    Quem meu coração sente amar,
    Sem razão você brigou comigo,
    E eu pude seu erro perdoar.

    Fui seu amigo o bastante,
    Pra não querer com você brigar,
    O perdão faz parte do amor,
    Só resta do seu erro se desculpar.


    O amor faz parte do perdão,
    Quem errou fui capaz de perdoar,
    Nunca seja como um inimigo,
    Busque sempre amigos conquistar.

    Quem é incapaz de liberar o perdão,
    Perde o direito a felicidade,
    O amor não tem idade,
    Basta querer começar não diga não.

    Diga sim pro seu coração ser feliz,
    Que se dê razão pra quem tem razão,
    Se errou busque do seu erro se desculpar,
    Pra ter o direito a conquistar a salvação.

    Sua morte eu previ,
    Nesta noite antes de acordar,
    Vi em sonho sua morte,
    Que me fez tanto chorar.

    Neste momento eu chorei,
    Por não querer te perder,
    Fui seu amigo o bastante,
    Pra não querer te ver morrer.

    Como poeta escrevi tamanho verso,
    Pra essa história aqui lembrar,
    Como é triste saber da morte de alguém,
    Que a gente sente muito amar.

    Foi esperando neném,
    Que vi esse amor morrer,
    Esta noite tive um sonho,
    Impossível de esquecer.

    Como é triste esse sonho,
    Não desejo ver realizar,
    Quero com as forças do meu amor,
    Te fazer da morte se livrar.

    Como poeta aqui estou,
    Para esse meu talento divulgar,
    E nesse meio tempo,
    Quero esse meu sonho revelar.

    Do poeta: Paulo de Andrade

    Um dia você vai descobrir que as pessoas só te atacam quando se sentem ameaçadas. E que o principal motivo que leva alguém a não gostar e criticar você, é a inveja e a incapacidade de ser igual a você. Porque quem acha feio, simplesmente ignora, não critica. Quem acha chato/falso, também ignora, não difama. Quem detesta/odeia, ignora, não tenta cuidar da sua vida e te vigiar 24 horas por dia. Mas a pessoa que critica, difama, vigia, só faz isso porque sabe que nunca chegará aos seus pés, e tem medo de que todos prefiram você à ela, Uma possível resposta contra quem errou, Busque se possível perdoar, Não julgue pra não ser julgado, Se errou busque querer se desculpar.

    Do poeta: Paulo de Andrade
    Aos 3 anos: "Mamãe, te amo."
    11 anos: "Mãe, não enche."
    16 anos: "Minha mãe é tão irritante."
    18 anos: "Eu quero sair de casa."
    25 anos: "Mãe, vc tinha razão."
    30 anos:" Eu quero voltar pra casa da minha mãe."
    50 anos: "Eu não quero perder a minha mãe."
    70 anos: "Eu abriria mão de TUDO pra ter minha mãe aqui comigo."

    ResponderExcluir
  23. Do poeta: Paulo de Andrade

    Quero em versos,
    Uma triste história aqui contar,
    Como poeta escrevo esta história de vida,
    Tal como eu consigo imaginar.

    Caso tal história aconteceu com você,
    Não fique triste tente não chorar,
    Um jovem rapaz se fez presente,
    Na igreja o seu casamento realizar.

    Três horas de espera,
    Pela noiva tão desejada pra se casar,
    E ela não apareceu,
    Uma fatalidade a morte fez tudo acabar.

    No caminho um caminhão,
    Na contra mão destruiu a felicidade,
    Um telefonema o noivo recebeu,
    A respeito dessa triste fatalidade.

    Nesse mesmo dia pude saber,
    Que uma noiva desistiu de casar,
    Se achava grávida de um outro,
    E não podia essa união aceitar.

    Na hora do sim, ela disse não,
    E assim se desfez o casamento,
    Que não pode acontecer,
    Era preciso esse rompimento.

    Neste mesmo dia em outra cidade,
    Uma mãe esperava o nascimento,
    Do seu primeiro bebê que nasceu,
    Pra morrer neste exato momento.

    Triste destino de uma vida,
    Que nasceu pra morrer,
    Muito triste eu fiquei,
    Por essa história saber.

    Quando a gente ama alguém,
    Que não podemos conquistar,
    E ainda se ouve essa notícia,
    Que faz quem ama chorar.

    Como é triste essa história,
    Que nos deixa ainda perdido,
    Como se estivesse pagando,
    Por um erro não arrependido.

    O perdão faz parte do amor,
    E devemos de um erro se desculpar,
    A dor de uma perda,
    Faz qualquer um sem ar pra respirar.

    Como poeta aqui estou,
    Para esse meu talento divulgar,
    Não deixe a distancia,
    Com a nossa amizade acabar.

    Não seja como um espião,
    Que entra e sai sem comentar,
    Sou apenas um poeta,
    Quero assim amigos conquistar.

    Fiz dos meus versos uma canção,
    Como não sei cantar,
    Canto em pensamento,
    Pra melhor me inspirar.

    ResponderExcluir
  24. Do poeta: Paulo de Andrade

    Uma fatalidade da vida,
    Que não podemos escapar,
    O nosso destino nos leva,
    Pro mesmo caminho cruzar.

    Essa pessoa me inspira,
    Amizade, confiança e simpatia,
    Diante da sua beleza,
    Pude escrever esta poesia.

    Ser amigo não tem idade,
    Basta querer começar,
    Como poeta aqui estou,
    Para este verso te dedicar.

    Mais de treze mil versos escrevi,
    Alguns eu pude registrar,
    Não deixe a distancia,
    Com a nossa amizade acabar.

    Só o amor nos traz a paz,
    O desamor, pode uma briga provocar,
    Que o eterno Yaohúshua,
    Possa de toda maldade te livrar.

    Abençoada você se sentir,
    Mesmo com essa fatalidade,
    Que a vida pode te trazer,
    Possa ser só de felicidade.

    Como seu amigo aqui estou,
    Pronto pra te ajudar,
    Sempre se possível,
    Quero como um anjo te guardar.

    Serei seu anjo de guarda,
    Distante ou perto quero estar,
    Sempre disposta pra te ver,
    Sempre feliz diante de mim ficar.

    Se sinta acolhida nesse frio,
    Como num dia de verão,
    Que a nossa amizade,
    Possa ser ardente como a brasa de um vulcão.

    Que você possa nunca se sentir,
    Sozinha entre a multidão,
    Serei seu anjo de guarda,
    Como Yaohúshua a nossa salvação.

    Carinho é sentir o toque dos meus olhos,
    O seu coração tocar,
    É o toque das minhas mão em seu corpo,
    Mas para te abençoar.

    Que a cada encontro,
    Eu possa te ver feliz ficar,
    Aceite Yaohúshua em sua vida,
    O rei de Israel possa te guiar.

    O único nome salvador,
    Que numa cruz se deixou pregar,
    Yaohúshua sinônimo de salvação,
    Nome esse capaz de nós salvar.

    ResponderExcluir
  25. Carinho é uma doce paixão,
    Que sentimos pra dividir,
    Com quem a gente ama,
    E aprendemos a ouvir.

    Que esse amor é eterno,
    Pode a vida inteira durar,
    E pra isso acontecer,
    É preciso nos entregar.

    Ninguém é dono de ninguém,
    É preciso saber amar,
    A mulher tem o dom da conquista,
    Quem é capaz de nos conquistar.

    O homem tem a liberdade,
    A rua pra na luta, trabalhar,
    A mulher a casa pra dormir,
    E na cama o homem, amar.

    Carinho é tudo isso,
    E muito mais,
    É saber viver esse amor,
    Que a cada madrugada se faz.

    Carinho é o toque das mãos,
    Por todo nosso corpo,
    Quando se está amando,
    A mulher que conquistamos.

    Carinho é ceder as razões,
    Que se vive a cada encontro,
    É olhar fundo nos olhos,
    E dizer eu te amo.

    Carinho se sente em cada verso,
    Que se ouve numa canção,
    É se entregar por inteiro,
    É viver essa doce paixão.

    Carinho é tudo isso,
    E muito mais,
    É saber viver esse amor,
    Que na madrugada se faz.

    Carinho é o toque das mãos,
    De uma linda mulher,
    Que com suas palavras de amor,
    Nos faz feliz viver.

    Nessa mesma medida,
    Podemos uma mulher amar,
    Trocando carícias,
    Que faz a gente se encantar.

    Carinho é vida,
    É a energia, um olhar,
    Que nos ilumina,
    A viver, a sonhar, a amar.

    Basta não ter esse carinho,
    Para uma grande paixão se esfriar,
    Carinho é essa rima,
    Que um poeta descreve pra falar.

    De carinho, de amor, de sonhos, de tudo,
    Que nos conduz a viver, a respirar,
    É essa energia doce desejo,
    E o carinho respiro, minha vida, meu ar.

    Do poeta: Paulo de Andrade

    ResponderExcluir
  26. Caminhando pela vida,
    Busco desenvolver a história,
    Da nossa vida em versos e prosa,
    Pra ficar em nossa memória.

    Se a poesia me levasse,
    A ser rico como um cantor,
    Com os meus versos eu seria rico,
    Inspirado na beleza do amor.

    Porque trabalhei a vida inteira,
    Na intenção de querer um dia me aposentar,
    E como trabalhador me sinto pobre,
    O governo usa o poder pra nos prejudicar.

    Trinta anos trabalhei,
    Dez salários mínimos pude ganhar,
    Dezoito anos depois,
    Com menos de três salários ficar.

    O rico ficando mais rico,
    Como os políticos capaz de nos enganar,
    Como os ricos ganhadores da loteria,
    Mudaram a sua vida depois de trabalhar.

    O pobre através do trabalho,
    Não puderam se quer a riqueza conquistar,
    Vivem a vida inteira como escravo,
    Nas mãos de quem estão a nos governar.

    Do poeta: Paulo de Andrade

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Meu bebê imaginei,
    Muito antes de nascer,
    Uma menina nasceu,
    Não pude esquecer.

    Seu nome uma canção,
    Que eu ouço cantar,
    Andressa morena,
    Bem vinda vou te amar.

    Essa menina cresceu,
    Numa mulher se transformou,
    O seu príncipe encantado,
    Ela conquistou.

    O meu bebê nasceu,
    E me conquistou,
    Com sua simpatia,
    Este verso me inspirou.

    Quanta alegria,
    Ter uma filha como ela,
    Que se casou, é feliz,
    Aqui eu penso nela.

    O destino porém,
    Nos levou a triste recordação,
    Perdeu o seu primeiro bebê,
    Como dói meu coração.

    Só de pensar nessa mulher,
    Que deixou uma lembrança,
    O seu sorriso lindo,
    Seu jeito ser, uma criança.

    Perdeu o seu bebê,
    Não consigo aceitar,
    Que uma filha possa perder,
    Quem ela tanto pode sonhar.

    Ela amou esse bebê,
    Desde a sua gravidez,
    Porque tanto amor se desfaz,
    Como se desfez.

    Numa relação de felicidade,
    Quem sofre é a mulher,
    Quando perde um bebê,
    Assim na sua pouca idade.

    Como poeta aqui estou,
    Nessa história pude me inspirar,
    O que aconteceu,
    Eu ainda não consigo aceitar.

    Eu te amo meu bebê,
    Ela devia assim pensar,
    Como agora penso,
    Só de nela me inspirar.

    Do poeta: Paulo de Andrade


    ResponderExcluir
  29. 5,7 % é uma vergonha,
    Querer essa mínimo aprovar,
    Quando perdi mais de cem por cento,
    Este governo não sabe governar.

    O povo é quem deveria,
    No salário do presidente votar,
    Eu seria o primeiro a conceder,
    Esse mesmo 5,7 % pra começar.

    Quisera eu está no poder,
    Para um salário mínimo aprovar,
    Pra todos os presidentes,
    Que só fizeram querer nos prejudicar.

    R$ 724,00 para este governo,
    Seria o suficiente,
    Porque não soube governar,
    Só fez brincar de ser presidente.

    Quando o Senado e o Deputado Federal aprova,
    A favor dos aposentados, a Dilma busca negar,
    O direito dos trabalhadores,
    E de quem pode com direito se aposentar.

    Desde o tempo do Fernando Collor,
    Nada se fez pra nos ajudar,
    Lula era a esperança,
    E se uniu a corrupção pra nos prejudicar.

    Copiou os erros do Fernando Henrique,
    Só me deixou com contas pra pagar,
    Mais de R$ 3.214,00 por mês de dívidas,
    E não sei como minhas contas poder quitar.

    Compras, Casa, Condomínio, Energia, Água,
    Gás de rua, TV por assinatura, Celular,
    Telefone residencial, Crediário, Seguro, IPTU, IPVA,
    Passagens, como posso tudo isso pagar.

    Nessa altura tenho duas opções,
    Após ouvir Paulo Paim,
    Que sempre teve suas razões,
    E nunca foi contra mim.

    Se Dilma não sair do muro,
    E não querer nos ajudar,
    Aprovando o direito dos aposentados,
    Só nos resta contra ela ficar.

    Paulo de Andrade tem a solução,
    Devemos todos o Garotinho apoiar,
    Ou o Partido da Causa Operária,
    Que ainda pode no poder nos ajudar.

    Ou um novo partido deverá ser formado,
    Que seja de fato mais competente,
    Um partido capaz de chamar a atenção,
    Como o Partido da Comunidade Carente.

    Como poeta aqui estou,
    Pra ensinar o povo a votar,
    Vote em quem não esteja no poder,
    Que pode com a corrupção acabar.

    Do poeta: Paulo de Andrade

    ResponderExcluir
  30. olá perdi meu filhinho a 3 anos mas ainda não consegui engravidar tenho insegurança de chegar no ato meu ''marido'' nem m procura mais não sei o que ta avendo nosso caso foi falha de atendimento no momento q cheguei no hospital foi30 de maio de2010 as 15:45 da tarde com a bolsa ja rompida a enfermeira me analizou e disse q tava tudo bem e o médico plantonista nem m medicou se quer me olhou então m liberaram para ir para casa não sabia que tava abortando mu filho pois fui tranquila para o trab cheguei de volta no hospital 23:50 tendo q ser enternada e fazer meu filho nascer com muito soro na veia vieram as dores e contrações e no outro diaq era 31 ele nasceu mas em óbito por falha médica

    ResponderExcluir
  31. tenha fé querida faz 8 meses que perdi meu bebê também tenho muita insegurança de ter outro mas Deus é quem sabe se mereço ou não poriço coloquei tudo nas mãos Dele, lembre-se que seu marido também sofre e te ama então não desista do seu casamento previna-se e peça a Deus para te mostrar o tempo certo abraços querida que o Senhor seja sua força!

    ResponderExcluir
  32. Aqui mais uma vez estou,
    Quero homenagear alguém,
    Que perdeu o seu neném,
    Que como um anjo voltou.

    Só veio ao mundo pra ver,
    Como o mundo se sente vivendo,
    E como seu porta voz,
    Tamanhos versos vivo escrevendo.

    Não pra deixar quem perdeu seu bebê,
    Possa se sentir triste só de lembrar,
    A morte é uma recompensa de vida,
    Que nos faz melhor a vida recordar.

    Basta dormir pra gente morrer,
    E em sonho poder lembrar,
    Como é a nossa vida,
    Sem quem a gente pode amar.

    Não temos outra saída,
    Mesmo um anjo sente o seu fim,
    Morre para o mundo,
    E retorna para onde veio enfim.

    Busca escapar da terra,
    Onde a morte nos mata,
    Só nos resta a saudade,
    O ouro, o diamante e a prata.

    Quando partimos pro outro lado,
    Acordamos sem nada ,
    Que se pode construir,
    Com a nossa amada.

    A gente lamenta,
    Pela perda de um bebê,
    Que na morte se torna um anjo,
    Capaz de ser como você.

    Aqui estou como poeta,
    Quero com saudade poder recordar,
    De tudo que eu conquistei,
    Jamais quero me ver a lamentar.

    Amo a vida como a morte,
    Quero da morte poder viver, caminhar,
    Depois conquistar a minha salvação,
    Que tudo isso possa acontecer, brilhar.

    Como uma estrela nas noites de lua cheia,
    Vivendo do lado de cá, a riqueza alcançar,
    Como rico a chance de ter de tudo,
    E na minha morte para minha família deixar.

    Do poeta: Paulo de Andrade


    ResponderExcluir

1- Escreva no quadro em branco a sua mensagem.

2- Se você tiver uma conta no Google (gmail) digite em NOME DE USUÁRIO: o seu e-mail, e em SENHA: a sua senha (só você tem acesso). Não esqueça de clicar no quadro: Enviar por e-mail comentários de acompanhamento para o seu e-mail, assim se alguém postar uma resposta irá direto para sua caixa postal.

3- Caso você não tenha uma conta no google, escolha a opção Nome/URL.

• no quadro Nome escreva seu primeiro nome
• na URL (opcional) escreva o endereço do seu blog se você tiver, por exemplo: www.seubog.blogspot.com (se não deixe em branco)

4- Clique em visualizar.

5- Se estiver tudo "ok" clicar em publicar comentário.

Prontinho agora é só esperar uma resposta.

Obrigada por deixar o seu recado no blog Perdi meu bebe.

Observação: Peço a gentileza de não mencionar telefones e celulares nos comentários, pois comentários com números de telefones não serão mais publicados, caso desejem apenas divulguem o endereço de e-mail, lembrando que ficará disponível para qualquer pessoa ver. O blog não se responsabiliza pelos contatos feitos a partir do e-mail divulgado.
Cecylia