Acompanhe o blog Perdi meu bebe. Basta clicar no quadrinho ao lado.

Quem sou eu

Minha foto
São José do Rio Preto, São Paulo, Brazil
Meu nome é Cecylia sou casada há 14 anos com o Paulo Henrique, tenho uma menina que se chama Débora hoje ela está com 12 anos. Sei exatamente como você esta se sentindo, porque já passei por isto também, perdi o meu bebê quando estava grávida de 7 meses e meio, foi morte intra-uterina no dia 09/10/2007 seria o meu segundo filho um menininho. Eu tive dengue com três meses de gestação a geneticista que me atendeu disse que o vírus da dengue pode ter entrado através da placenta e atingindo o feto e com 7 meses e meio ele desenvolveu hidrocefalia, juntou água na cabecinha dele. Como você eu sofri muito e até hoje sofro, porque não é fácil aceitar. Dói muito amiga, é uma dor que parece que não tem fim. Se você precisar conversar sobre tudo que lhe aconteceu estou a disposição. Se você já passou por isto escreva contando como você superou esta perda, e se teve outro bebe. O seu depoimento é um ato de amor, para outras mamães que estão passando pelo que você passou. Amiga (o) seja bem-vinda (o), agradeço sua visita. Deixe seu comentário.

NOSSOS ANJOS, AMOR ETERNO!

NOSSOS ANJOS, AMOR ETERNO!
Passe o mouse sobre o texto para parar de correr
"Meu Bebe, eu queria cantar para embalar seus sonhos, agora sei que os anjos do céu farão isso por mim... Eu queria olhar nos teus olhinhos a brilhar e dizer que te amo, agora farei isso olhando as estrelas... Eu queria te pegar no colo e te envolver no meu abraço, mas sei que nos braços do Pai você estará bem mais protegido do que nos meus... Por mais que o tempo passe, nunca vou me esquecer de você porque o meu amor é eterno."
SE QUISER PARAR A MÚSICA CLIQUE NOS DOIS TRACINHOS (II) LOGO ABAIXO NO MIXPOD, PRINCIPALMENTE SE VOCÊ QUISER VER ALGUM VÍDEO QUE ESTÁ NAS HOMENAGENS DAS MÃES DE ANJOS OU NO BLOG.

VISITANTES HOJE

"Muitas mulheres geram filhos, nós geramos anjos, por isto somos especiais para Deus."

QUEM PASSOU POR AQUI RECENTEMENTE

TRADUTOR DE IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Cadastre-se e receba artigos do Blog por e-mail! Clique no link que irá para seu e-mail e confirme.

Digite seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

"A mulher que diz que não existe dor maior do que a dor de parto, com certeza nunca perdeu um filho!"

CONTE SUA HISTÓRIA TAMBÉM

Nossos anjos existiram, se fizeram presentes em nossa vida, mesmo que por pouco tempo, vamos eternizar estes momentos mágicos que vivemos fazendo esta homenagem para nossos bebes tão amados. A sua história pode ajudar outras mães de anjos que estão passando pelo mesmo que você. Basta publicar sua história nos comentários de cada postagem, só não será possível postar fotos.
Cecylia

quarta-feira, 11 de março de 2009

A FRUSTRAÇÃO DE PERDER UM BEBE DESEJADO


A Frustração é mais intensa quando o desejo de ter um filho for maior, mesmo que você já seja mãe.
A gravidez para muitas de nós é uma realização, pois já desejavamos esta criança bem antes de engravidar, na verdade às vezes era um sonho adiado pelas circunstâncias financeiras ou a espera de um grande amor. Sonhamos desde o momento em que pegamos na mão o resultado com o positivo, começamos a construir nosso castelo de sonhos com a chegada do bebe. De repente o castelo desmorona, perdemos o nosso bebe e tudo o que sonhamos e planejamos simplesmente deixa de existir, dando lugar a um grande vazio, físico e emocional. Muitas mulheres entram em conflito existencial, se condenam e não aceitam a perda do bebe. Muitas entram em depressão e se fecham para o mundo e para a própria família.
Entra em ação os muitos porquês sem respostas e obviamente a sensação de estar faltando algo para completá-las. É aí que entra a frustração, você se sente impotente em relação a um desejo, querer ter um filho e não poder, digo isto porque nem sempre todas conseguem engravidar novamente, por questões de saúde ou de idade, e se conseguem ficam atordoadas com seus medos interiores. Medo de acontecer novamente, de passar pelo mesmo sofrimento.
É importante resgatarmos a nossa autoconfiança novamente, para podermos tomar uma decisão na vida consciente. Toda ação tem uma reação, e o sucesso de cada uma delas depende muito do nosso estado emocional.
Para muitas mulheres, um simples “basta” finalizando o sonho de ser mãe novamente é o suficiente, para outras ficará sempre aquela dúvida se eu não tentar de novo nunca saberei se tomei a decisão mais correta.


DEZ PASSOS PARA VENCER A FRUSTRAÇÃO

1º - Não se condene pelo o que aconteceu. É um fardo muito pesado para você carregar.
Já sofremos demais por termos perdido nossos bebes.

2º - Aprenda a perdoar a você mesma ou a quem provocou esta perda, mesmo que você ache que o responsável seja até mesmo Deus. Não sabemos o porque mas tenho certeza absoluta que Deus fez o melhor por mim, por você e pelos nossos bebes. Porque Deus conhece o nosso passado, nosso presente e nosso futuro e nós o que conhecemos desta vida, com certeza “nada” se não teríamos todas as respostas que desejamos.

3 º - Procure não ficar o tempo todo remoendo as dores que você vivenciou isto não vai ajudar você em nada, pelo contrário só lhe trará mais sofrimentos. Não fique se torturando, vendo os DVDs com os ultrassons do seu bebe, ficar olhando suas roupinhas. Deixe o tempo passar até que você esteja emocionalmente mais forte.

4 º - Se você não tem uma religião, procure ter, se com Deus é ruim, pior é sem Ele.
Entregue seus caminhos a Deus, confie Nele, busque a sua paz interior.

5 º - Aprenda a si amar, levante a sua auto-estima, se você olhar no espelho verá uma mulher triste, desanimada e sem motivação para nada. A vida ainda continua, e temos que continuar vivendo. Corte o cabelo, mude a cor dele, compre novas roupas, dê um novo animo para você mesma. Você não pode morrer junto com o seu bebe, volte a sonhar, faça planos, toque a sua vida para frente.

6 º - Se você é casada viva para o seu marido, lembre-se que ele, mesmo não demonstrando seus sentimentos, sofre tanto quanto você se existe a possibilidade de vocês terem outros filhos, vá à busca do seu sonho de ser mãe. Faça todos os exames necessários, e acima de tudo confie em Deus. Lembre-se o sopro de vida somente Deus pode dar.

7 º - Se você já tem outros filhos, nunca se esqueça de agradecer a Deus pelo presente que Ele te deu, o presente de poder ser mãe enquanto muitas mulheres talvez nunca possam ser. Nestas horas precisamos ser fortes, aprendendo a superar nossas fraquezas,
para ensinar aos nossos filhos que a vida continua.

8 º - Pare de se lamentar pelo o que aconteceu, isto não vai trazer o seu bebe de volta, infelizmente a realidade é esta. As pessoas tende a se afastar de pessoas negativas, pessimistas. Por outro lado com as lamentações atraímos para nós maus fluídos, que nos desanimam ainda mais. Seja luz mesmo em um ambiente de trevas. E verá que isto lhe fará muito bem.

9 º - Dedique-se ao seu trabalho, trabalhando você esquece mesmo que seja por um breve momento o sofrimento que passou. Se você não trabalha, seja voluntária em alguma obra de caridade, ou faça algum artesanato, é importante que você tenha alguma atividade. Ocupe sua mente com coisas saudáveis, tem um ditado que diz: Que mente vazia é oficina do diabo.

10 º - E o mais importante de tudo seja otimista. Se a gente for pensar somente nas coisas ruins que aconteceram, à gente não vê tudo de bom que temos para viver ainda.

Um dia tenho certeza que a resposta virá, e saberemos o real motivo.
Deus há seu tempo, lhe dará motivos para você se alegrar novamente.
No momento é tempo de se aquietar, deixar o tempo cuidar de você.

De sua amiga de sempre Cecylia

156 comentários:

  1. Oi Cecylia,

    que bom receber suas mensagens.
    Em momentos como este é bom saber que podemos contar com pessoas
    como você. Pessoas que entendem o que é essa dor.
    Sua mensagem descreve exatamente o que tenho passado nestes ultimos
    meses.
    Estou um pouco afastada de tudo e de todos desde que meu gustavinho se
    foi.
    Evito amigos e parentes. E por meu filhinho ter nascido e ter
    sobrevivido tres dias,
    infelizmente tive que tirar a licença maternidade, o que me afastou um
    pouco mais de tudo
    e de todos. Sou professora e estarei voltando ao trabalho daqui duas
    semanas(fim da licença).
    As crianças já sabem que voltarei e estão ansiosas pelo meu retorno.
    Estou tentando ser otimista nas coisas e pessoas e tentando ficar menos
    ansiosa, pois
    eu e meu marido estamos tentando engravidar. Porem no primeiro mes
    (fevereiro) não deu.
    Chorei, chorei, chorei e chorei. Minha médica diz que esta tudo bem
    comigo(não tenho problemas
    para engravidar) e só o tempo e paciência poderá me ajudar a engravidar.
    Mas sabe quando
    fica aquela sensação de impotência, de não ter o controle de seu proprio
    corpo?!! Pois é ,
    é assim que me sinto, querendo engravidar e ficando frustada quando não
    consigo.
    Estou colocando na minha cabeça que não ficarei gravida rápido, assim
    acho que
    fico menos ansisosa e quem sabe aconteça.
    Ainda tenho as roupinhas do meu bebe e todos os ultrasons , porém minha
    mãe levou para casa della e guardou sem que eu saiba onde está(ela diz
    que
    eu usarei para o meu proximo bebe). E se eu engravidar novamente e for
    um menino novamente
    pretendo colocar o mesmo nome.
    Tenho 28 anos e acho que muita vida pela frente e tenho certeza que não
    desistirei deste
    sonho jamais.

    Espero receber sempre seus e-mails.

    Um grande abraço de sua mais nova amiga,
    Fabíola

    ResponderExcluir
  2. ESTOU MUITO MAL, POIS PERDI MEU BEBE, MINHA SEGUNDA GRAVIDEZ NO DIA 03/07/09 EL ESTAVA COM 6 SEMANAS E ONTEM FEZ 2 ANOS QUE PERDI MEU OUTRO BEBE COM 11 SEMANAS, ESTOU MUITO MAL, POIS MINHA UNICA RAZAO DE VIVER ERA ESSE BEBE, MEU CASAMENTO ESTA ACABADO NEM VONTADE DE TRANSAR NEAO TENHO, EU QUERO MORRER ESTOU MUITO MAL PRECISO DE AJUDA , O MES QUE VEM É MEU ANIVERSARIO NAO TENHO MUITO O COMEMORAR FAREI 29 ANOS NO DIA 30 DE AGOSTO. OBRIGADA PELO ESPAÇO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amiga não fique assim eu tambem perdi uma gestação de 4 meses e uma com 2 meses e tenho um filho de 5 anos que fiva me perguntando mãe que dia que minha irmãzinha vai sair da sua barriga por que eu não vejo mas ela brincando comigo quando boto a minha mãe e muito triste bjuss espero te ajudado por que eu tambem estou sofrendo não pense em morre vc vai conseguir ainda e nova enconto a vida e esperança bjinhooooooo

      Excluir
  3. Oi Alexandra, sei que você esta bem triste, todas nos sentimos assim quando acontece um aborto expontâneo, nos sentimos bem mal, até nossas relações acabam ficando abaladas pela sensação de termos falhado. Os homens são diferentes, menos emotivos, mas eles sofrem calados, procuram não tocar no assunto até mesmo para evitar que a gente fique ainda mais triste.
    O seu bebe, não pode ser a única razão de seu viver, pois a vida continua, e você terá ainda muitos momentos mágicos que vão fazer você sorrir para a vida. Amiga não deixe que este momento difícil acabe com seu casamento, lute pelo seu "Sonho de ser Mãe", procure um médico, investigue o que esta provocando os abortos e confie em Deus acima de tudo.
    Enxugue suas lágrimas, lave seu rosto e comemore seu aniversário com as pessoas que realmente gostam de você.
    Tenho certeza que em breve você estará escrevendo para me dar boas notícias.
    Escreva-me sempre que desejar.
    De sua mais nova amiga
    Cecylia

    ResponderExcluir
  4. Oi Alexandra,

    sou márcia, tenho 39 anos e sei exatamente como é a sua dor. No dia 19/09/07, fui ter a minha filha Allice, de parto cesárea, com 39 semanas, tudo certinho. Na hora que a médica tirou ela, estava morta. Eu tinha ido na véspera na consulta e estava tudo bem. Ouvimos o coração dela normal. O parto foi marcado porque eu já estava com dilatação. Você imagina como fiquei? muito mal. Eu tenho tudo filmado porque meu marido estava filmando o parto. Não sabíamos que ela tinha morrido. Foi um choque. O meu chão abriu e eu entrei numa tristeza profunda. Uma dor na alma sem fim. Tomei antidepressivo, remédio pra dormir. Fiquei acabada. Orei muito. Sou evangélica da igreja presbiteriana do brasil. Tive o apoio dos irmãos da igreja. Chorei, chorei. Tenho dois filhos adolescentes e eles sofreram demais. Foi uma dor terrível. Fazer o sepultamento dela doeu demais. Seis meses depois, eu e meu marido decidimos ter outro filho. Engravidei. Eram gêmeos, dois meninos. Com 18 semanas eles morreram no útero. Tive que fazer curetagem depois de induzir o parto normal. Mês que vem, dia 05/08, faz um ano que isso aconteceu. Eu fiquei arrasada. Em um ano eu passei por um parto cesáreo, o bebê morreu, um parto induzido e uma curetagem. Perdi 3 bebês. É muita dor. Sei como você está. Mas peça a Deus para te levantar e te dar forças. Só ele pode fazer isso. Foi a minha fé que me levantou desse momento tão terrível que passei. Hoje eu estou bem melhor. Todos os dias penso nos meus filhos e morro de saudades. Não entendo nada disso que passei. Não sei dizer porque tudo aconteceu assim. Mas acredito que Deus não erra, que ele é bom e sabe o que permite. Se desejar escreva pra mim. Email remar17@bol.com.br. Viva o seu luto, chore, ponha pra fora. Converse com pessoas que vão te entender. Acredite que muita coisa boa ainda acontecerá na sua vida. Que Deus console o seu coração, tire a dor da tua alma e te faça sorrir. Com muito carinho de uma amiga que sofreu muito. Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Chamo-me Alexandra, tenho 24 anos.. não sei o que procuro ao certo ao escrever mas senti necessidade de ser compreendida e acho que so encontrarei isso com alguem que tenha passado pelo mesmo que eu...
    Sempre fui uma jovem sonhadora, apaixonada por alguem que nao merecia esse sentimento. Por amor vivi a minha e unica relação. O rapaz sumiu e eu engravidei. É um sentimento tao dificil.. o Ser usada, esperar um filho sem o planear... Mas apesar do medo eu nunca vi o meu bebe como um erro. Desde que soube que tinha engravidado que fiquei determinada a ter o meu bebe. Mas ainda não tinha tido coragem para contar a ninguem, nem ao pai do meu filho. Já tinha escolhido os nomes, comprado a primeira roupinha.. Com 5 semanas tive um aborto espontaneo. o mundo desabou.. tinha perdido o que mais tinha amado.. o que mais amo... Passei por tudo isso sozinha, so com o apoio de uma amiga que estava longe... Passou quase três meses e dor nao passa... Sempre que falo com alguem me dizem que foi melhor assim... pq nao tinha casa propria, por nao ter o pai do bebe, por questoes de saude.. Mas parece que ninguem entende que era o meu bebe... meu filho e nada tem importancia perante isso... Eu tento seguir em frente mas eu nao consigo. Nao aguento mais sofrer escondida, em silencio. Não consigo mais calar o grito que me sufoca.... So queria voltar a ter o meu bebe de volta....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Noossa, eu to passando pela mesma coisa que voce.eu nao sei se vc ja superou isto, mais eu to passando por isto e foi recente, lendo o seu post aqui eu xorei muito, eu me vi em você.nosas historias sao muito parecidas..eu engravidei do cara que eu amo muito, e namorei com eles 05 anos.quando eu engravidei ele sumiu, nao me ajudou com nada..e ainda por cima pela permissao de deus, eu engravidei de gemeos, mais deus nao permitiu que fosse a hora certa ainda de eu ter os meus bebes, a sensação de escutar o coraçãozinho do meus bebes, foi maravilhoso desde aquele instante eu ja tive um amor de mãe, eu perdi os bebes com 04 meses, até hoje eu sofro muito com isto, nossa nigm sabe do meu sofrimento mais ate hoje eu xoro e penso o quanto eu poderia estar feliz com meus bebes.eles eram td pra mim, eu ja os amava incondicionalmente!! certas coisas nao entendemos o porque, mais eu preferi tentar deixar a dor um pouco de lado e tentar entender quais sao os planos d deus pra mim, mais é dificil lutar contra um sentimento de dor, hoje escrevo isto aqui pra voce chorando, pois nunca desabafei com ningm sobre isto! nem mesmo com meus pais.guardo esta dor comg ate hoje, mais sinto que nao sou a mesma pessoa...eu só queria ter os meus bebes de volta, eu tive a chance de ter gemeos, mais ao mesmo tempo DEUS nao perminitu.isto e muito triste, foi muito doloroso passar por tudo que passei, sozinha..eu me sinto uma guerreira sabe por ter lutado por tudo isto sozinha, ter passado por tudo isto sozinha, lutando e se virando para dar a vida aos meus bebês! mesmo assim nao foi o suficiente, hoje eu sou uma pessoa fechada, amarga cmg mesmo! negativa! :( eu so pesso força pra deus todos os dias de minah vida, para esquecer oq passou e oq eu vivencei! acredito e tenho fé que um dia eu irei ser muito feliz sim.

      Excluir
  6. Oi Alexandra, sinto muito pelo bebe, entendo você sim, com a gravidez um belo arco-íris se abre a nossa frente, vemos o mundo com outros olhos, nos sentimos especiais, e quando vem o aborto, mesmo que seja no começo é uma grande decepção.
    Esquecer é impossível, como podemos esquecer de nós mesmo este bebê fez parte de você, agora ele faz parte de suas lembranças. Amiga eu sei que você esta triste,
    que você esta sofrendo, todas nós queriamos nossos bebes de volta, mas você sabe que isto não é possível, o seu bebe agora é um anjinho de Deus. Como você diz, você é jovem, tem uma vida toda pela frente, e certamente Deus te enviará um homem que seja digno do seu amor, que seja digno de um filho seu. Espero que minhas amigas possam estar escrevendo para você também, todas te entendem e sabem o quanto é doloroso perder um bebe. Você não esta só, muitas de nós também sufocam as lágrimas em travesseiros
    porque ninguém entende o quanto esses bebes foram importantes para nós, por isto este cantinho é tão especial, porque aqui podemos conversar com quem sabe o quanto dói perder um filho, ainda que esteja no ventre. E eu sei o quanto foi importante para você.
    Escreva sempre que quiser.
    De sua amiga
    Cecylia

    ResponderExcluir
  7. Cecylia,
    obrigada pelas suas palavras.. Pela primeira vez em quase três senti que alguém consegue entender o que sinto. Eu sei que jamais esquecerei mas não está fácil seguir em frente.. Estou tentanto.. Achei que um modo de o conseguir é fazer como você faz, partilhando, por isso comecei um blog, Espero que possa passar por lá.
    http://anjoquevoou.blogpot.com
    Esse é o endereço. Voltarei mais vezes. Obrigada mais uma vez..
    Alexa

    ResponderExcluir
  8. descobri que minha bebe estava com uma sindrome rara[sindrome de patau]fiquei tao desesperada nao sabia o que fazer os medicos deram100% decerteza que ela nao viveria entao fiz uma coisa de que me arrependi muito pedi a justiça para interromper aminha gravidez ojuiz autorizou diante do laudo dos medicos estava com quase sete meses de gravidez me internei e induziram o parto meu bebe faleceu nao me perdou mesmo sabendo da cituaçao da minha celina nao me perdou me fiz todas essas perguntas das demais maes tenho medo de engravidar de novo e vir outro bebe com ma formaçao

    ResponderExcluir
  9. OI:MEU NOME E IVANICE TENHO 33 ANOS JA TIVE CINCO GESTAÇÃO E NAO SEGUREI NEM UMA,ESTOU MUITO CHATIADA, AGORA EM 2010,FAZ SEIS MESES QUE EU PERDI MINHA FILHA QUE EU TANTO QUERIA,MAS NAO FOI POSSIVÉL DE TER EM MEUS BRAÇOS,É MUITO TRISTE,A JENTE ESTA NAQUELA ESPEQUITATIVA NA HORA {H}DA TUDO ERRADO, MEU CORAÇÃO DOI TANTO, MAS EU NÃO DESISTO EU ESTOU PROCURANDO UM TRATAMENTO PORQUE O MEU SONHO É TÃO GRANDE DE SER MÃE QUE EU NÃO DESISTO MESMO,VOU A LUTA MAIOR E AQUELE QUE ESTAR NO CÉU TENHO CERTEZA QUE ELE ESTAR OLHANDO POR NÓS E ELE JAMAS DESAMPARA NINGUEM, NEM EU E NEM VC QUE ESTAR AI DO OUTRO LADO VC QUE LEU A MINHA PEQUENA ESTORIA ESCREVE A SUA TAMBEM>>>>>>>>>>>>>>>>

    ResponderExcluir
  10. meu nome é dani,o sonho da minha vida é ser mãe, e senti o gostinho de como é bom... Depois de 5 meses de tentativa e muita ansiedade a minha menstruação faltou, fiz inúmeros testes e todos deram negativo (ñ sei o pq) no terceiro mês foi que o BHCG deu positivo, FELICIDADE INCRÌVEL!!! Tive momentos maravilhosos aos quais ñ esquecerei nunca, minha gravidez era ótima, sem problemas tudo normal, por conta da felicidade talvez, eu me sentia mais disposta que o comum, mas infelizmente com 23 semanas de gestação, começei a sentir contrações e minha linda princesinha nasceu morta. Sofri e sofro muito sinto o amor que nutri por ela dentro do meu coração. è tanta coisa que passa pela cabeça da gente, ficamos sem direção sem esperanças muitas vezes. Sofrimento indescritível, pois só nós que perdemos um bebê tão esperado pode saber...
    Apesar de toda essa dor, consegui caminhar p/ frente e vou continuar assim...
    Deus através de sua infinita misericórdia tem me dado força, através dos meuis amigos e minha família vivo na esperança de um novo dia para que eu possa ver um lindo rostinho que vai fazer de mim a mulher mais feliz do mundo.
    Tenho medo sim de acontecer de novo, é normal sou um ser humano e sou falha longe da perfeição, mas a esperança da vitória é maior do que o medo não vou desistir assim...
    Sou fraca, sou forte, sou instrumento de Deus quando entrego minha vida em suas mãos, ele proverá na minha e sua vida é só vc querer.
    Sou espírita, mas não importa a sua religião o importante é acreditar que Deus existe e ele quer luz e não trevas em sua vida.

    ResponderExcluir
  11. Olá

    Meu nome é Michel. Tenho 21 anos e minha noiva perdeu o bebê ontem pela manhã. Ela estava saindo do banheiro e caiu de barriga pra baixo, começou a sangrar muito e pedeu. Aconteceram algumas coisas entre nossas famílias e não posso ir para onde ela está hoje. Ela fez a raspagem,m e me ligou logo após, falando que viu tudo... as mãozinhas e pézinhos e tudo. Não sei o que dizer a ela. Estou perdido. Parece que meu chão desmoronou. Não sei o que pensar e não sei o que dizer a ela. Por favor me ajudem!

    ResponderExcluir
  12. Oi Michel, sinto muito pelo seu bebe.
    O que aconteceu foi uma fatalidade, um triste acidente. Sua noiva deve estar bem triste, mas diga para ela que você sente muito pela perda do bebe, e que você gostaria de estar ao lado dela nesta hora tão difícil, que ela é importante na sua vida e que a perda do bebe não vai separar você dela. É importante você demonstrar seu amor, após a perda do bebe nos sentimos muitos sensíveis, choramos com mais facilidade é difícil de controlar as emoções. Assim que vocês se casarem vocês poderão ter outros filhos, o que une um casal é o amor. E esses contratempos com a família no final tudo se resolve. Quando namorava meu marido também tivemos conflitos na família, no final me casei e tenho uma filha linda. Fique com Deus!
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  13. oi estava com 23 semanas de gestação (super feliz) qndo no dia 10 de jan de 2010 senti sair algo de mim qnd fiz força para ir ao banheiro , mas não senti dor nenhuma nem sangrei , no dia 11 liguei para omeu médico e ele disse q eu tinha perdido o liquido aminiotíco todo e q teria que fazer o parto naquele dia
    meu mundo desabou
    enfim meu bebe nasceu com 590 grs bem pequeneninho (mas era a coisa mas linda do mundo ) mas só sobreviveu 2 dias
    fiquei mal pois me senti culpada , d+ hj não me culpo tnto estou bem melhor mas essa dor não saíra numca do meu peito
    tudo q eu queria era estar com meu bebe aaqui no meu utero mas se Deus não quia assim tenho q aceitar e me confortar q ele tá lá em cima ao lado do pai celestial tomando conta de mim e do seu paizinho lindo
    peço por nossa senhora q me confote todo dia e é ela q me dá essa força

    ResponderExcluir
  14. oi faz um mes q perdi meu bebe meu casamento acabou por causa disso e eu ate hoje nao sei como vou sobreviver por causa disso desenvolvi o transtorno bipolar de humor sinto saudades dela queria esta com ela ainda no meu ventre,ate dos enjoos sinto saudades pq eles significavam q ela estava ali comigo sonho muito com ela ate hoje..mais no sonho ela tem um ano de idade ela iria se chamar rafaella hoje ela e meu anjo o pai dela e eu nos falamos,de vez em quando mais estamos longe cada um com sua dor.era nosso sonho sermos paiseste ano ela nasceria em agosto agora nao vira mais choro muito ate hoje..mais algo me consola acho q e ela q me ajuda a superar tudo amo muito esse bebe e vou amar por toda minha vida...minha estrela hoje brilha no ceu

    ResponderExcluir
  15. Oi Ziliane, sinto muito pela Rafaella.
    Amiga temos todos os motivos do mundo para nos sentirmos tristes, com mudanças de humor porque passamos por um turbilhão de sentimentos todos ao mesmo tempo. Entendo você, entendo o quanto você esta triste por perder seu bebe, mas tente colocar no seu coração que Deus fez o melhor por você, para o seu marido e para o bebe. Só desde modo você vai se sentir melhor e encontrar a paz para continuar vivendo. Li um pouco sobre o "Transtorno Bipolar de Humor" acho que no fundo toda mulher que perde um bebe passa por isto, quem não sente revolta, tristeza, momentos em que estamos bem, e momentos que estamos muito mal, mas é importante vencer tudo isto, buscar força, respirar fundo e lutar muito para viver. Se for necessário fazer um tratamento com medicamentos faça o importante é você se recuperar. Quanto ao seu casamento também é outra etapa a ser vencida, mas onde existe amor com certeza a união prevalece. Para os homens é muito difícil entender o que estamos passando, porque eles muitas vezes não conseguem avaliar a dimensão de nosso sofrimento, eles querem que a gente se levante logo e volte à vida normal. Mas não é tão fácil assim, eu mesma no começo não queria que meu marido chegasse perto de mim, o sexo me remetia imediatamente a lembrança de meu bebe, mas graças a Deus ele teve paciência comigo. Converse muito com seu marido, diga que você precisa da ajuda dele, que ele é importante na sua vida, a perda do bebe não pode separar vocês. Mesmo porque ele também deve estar muito abalado emocionalmente, já que era um bebe desejado e sonhado pelos dois.
    Tenha força minha querida, que Deus possa confortar seu coração e que você possa se recuperar logo.
    Escreva sempre que desejar.
    Sua mais nova amiga
    Cecylia

    ResponderExcluir
  16. OI, MEU NOME É PRISCILA, TEM TRES MESES QUE PERDI O MEU BEBE, OU SEJA TIVE QUE FAZER UM PARTO COM URGENCIA PARA TENTAR SALVA-LO. ESTAVA COM 29 SEMANAS E AINDA HOJE ME CULPO MUITO POR TUDO, PORQUE DESDE O SEGUNDO MES SENTIA DORES NA BARRIGA, MAS ATÉ MESMO O MÉDICO DIZIA SER NORMAL, E NUNCA PAREI DE TRABALHAR. TEM DIAS OU NOITES QUE ESTOU ARRASADA, PARECE QUE EU PREJUDIQUEI O MEU BEBE E FIZ COM QUE ACONTECESSE ESSE PARTO PREMATURO.
    É UMA DOR INSUPORTAVEL. PERDI O LÍQUIDO E NAO TINHA MAIS COMO SEGURA-LO NA BARRIGA. NAO SEI O QUE POSSA TER FEITO DE ERRADO, MAS PEÇO PERDAO A DEUS E AO ESPIRITO QUE SOBREVIVE DO MEU BEBE TODOS OS DIAS.
    QUERIA MUITO PODER TER OUTRO BEBE, MAS PARECE QUE NADA QUE EU FAÇA VAI RECOMPENSAR TER PERDIDO O GABRIEL.
    ELE VIVEU DOIS DIAS NA UTI, PROCURO NAO LEMBRAR DELE RESPIRANDO POR APARELHOS É MUITO DOÍDO.
    PEÇO A DEUS QUE ME AMPARE NESTA HORA.
    QUERO AMIGAS PARA CONVERSAR SOBRE ISSO
    MEU EMAI E MSN PRISCILADAROLT@HOTMAIL.COM
    OBRIGADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila nao fique assim hoje faz 16 dias que perdi minha filha estava com 34 semanas tive deslocamento de placenta com 26 semanas comecei a ter pressao alta e nao me preocupei achava que nao era tao serio agora depois de tudo que passei me sinto muito culpada sabe eu tive deslocamento de placenta devido a pressao alta quase morri no parto tive eclampse eu todos os dias me condeno pois se eu tivesse dado importacia pra pressao eu hoje estaria com minha filha no colo.
      Sabe eu sempre falava nossa vou passar noite acordada com menino chorando no pe do ouvido hoje passo as noites acordadas chorando pensando como eu queria ver minha filha chorando doi e muito ruim.

      Excluir
  17. Oi Priscila, sinto muito pelo Gabriel.
    Amiga não se condene pela perda do seu bebe, já basta à tristeza que você esta sentindo de não tê-lo mais ao seu lado. Tenho certeza absoluta que não dependia de você segurar ele ou não, você não fez nada de errado. Muitas vezes o bebezinho não esta bem desde o começo, nós como mães não aceitamos e procuramos um monte de motivos para justificar o que aconteceu. Se Deus levou seu anjinho é porque era melhor para ele. E quanto a ter outro bebe se permita ser feliz novamente, é claro que não vai substituir o Gabriel, mas com certeza te trará muitas alegrias.
    Que Deus possa confortar seu coração.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  18. obrigada Cecília pelas palavras de conforto. tenho mta fé em Deus e na vida apos a morte e segundo a minha doutrina tudo isso tem uma explicação. so q as vezes a gente, pelo sentimento de perda, esquece tudo e duvida da propria fé. um dia queria ter a resposta espiritual que vc tambem conseguiu ter. um bjo a todas as maes que assim como eu, sentiram essa dor insopurtavel que chega a doer fisicamente, tendo como unico remédio a esperança e o amor de Deus.
    prisciladarolt@hotmail.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Priscila, de fato tudo tem uma explicação, você também vai encontrar a sua resposta é só uma questão de tempo. Depois que ela vier, com certeza você não vai mais questionar, porque você vai sabe que acima de qualquer motivo, Deus permitiu. A princípio nos sentimos injustiçadas pois não conhecemos os motiovs reais, mas quando a gente recebe uma reposta aceitamos com resignação, pois sentimos por dentro que é verdade. Hoje estou em paz, não quer dizer que esqueci meu filho, esquecer a gente não esquece nunca, mas com o tempo a dor passa e fica apenas a saudade. Espero que Deus possa te enviar outro anjinho do céu logo.
    Fique com Deus e escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  20. BOM DIA!!EU TENHO 42 ANOS, DIA 24 DE FEVEREIRO FOI INDUZIDO MEU PARTO PORQUE MINHA FILHA MORREU DENTRO DE MIM, ESTAVA COM 33 SEMANAS COMPLETAS..NO DIA 20 FUI AO HOSPITAL, POIS ELA JA NAO ESTAVA MECHENDO, MAS O ULTRASOM MOSTROU O CORACAOZINHO DELA AINDA ESTAVA BATENDO..MAS ELA NAO MECHIA MAIS...ME DERAM OPCOES, A DE FAZER O PARTO E TENTAR MSOBREVIVENCIA, FAZER ALGO QUE PUDESSE REANIMA-LA,OU DEIXA-LA DENTRO DE MIM E ATE ONDE ELA AGUENTASSE E ATE ONDE DEUS QUISESSE..EU OPTEI POR DEIXA-LA DENTRO DE MIM E ESPERAR A VONTADE DE DEUS...PORQUE AOS 5 MESES DESCOBRIMOS QUE ELA TINHA UM SERIO PROBLEMA DE CORACAO,E 3 SEMANAS DEPOIS DISSO DEU NO ULTRASOM QUE ELA TINHA LIQUIDO EM VOLTA DO CORACAO E DO PULMAOZINHO DELA..AI OS MEDICOS DISSERAM QUE ELA IRIA MORRER, ERA SO QUESTAO DE DIAS..ISSO FOI NO DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2009, VC IMAGINA COMO FOI MEU FIM DE ANO..MAS EU FIQUEI TAO ARRASADA, MAS UM AMIGO NOSSO QUE E UM PASTOR CRENTE VEIO A NOSSA CASA E OROU COM TANTO FERVOR COM A MAO DELE NA MINHA BARRIGA QUE EU SENTI UMA PAZ , UMA FORCA, UMA CERTEZA QUE TUDO IRIA DAR CERTO..AI ME LEVANTEI DA TRISTEZA E CONTINUEI A IR EM LOJAS, COMPRAR ROUPINHAS ETC...E TUDO CONTINUOU BEM ATE ESTE MES DE FEVEREIRO,QUANDO FUI FAZER OUTRO ULTRASOME ELES ME DESANIMARAM MAIS AINDA, O CORACAO DELA JA ESTAVA FALHANDO, SEM CHANCES DE SOBREVIVENCIA.MAS EU QUERIA TENTAR, TINHA A CERTEZA QUE ELES ESTAVAM ERRADOS(VIVO AQUI NO USA, ESTAVA SENDO MEU PRE-NATL NUM HOSPITAL ESPECIALIZADO NESTE TIPO DE PROBLEMA, O COLUMBIA HOSPITAL EM NY)MESMO SABENDO QUE ELA ERA UM DOS MELHORES HOSPITAIS, OS MELHORES MEDICOS, EU AINDA TINHA A CERTEZA QUE ELS IRIAM SE SURPREENDER COM O NASCIMENTO DA MINHA FILHA( ANA JULIA)..MAS LA PELO DIA 18 DE FEVEREIRO COMECEI A NOTAR QUE A JULIA ESTAVA MECHENDO MENOS, ISSO FOI NUMA QUINTA FEIRA,NA SEXTA MENOS AINDA, E AI NO SABADO DECIDI IR AO HOSPITAL..E LA COMECOU MEU SOFRIMENTO..VOLTEI PRA CA DE NOITE..NO DOMINGO FOI UM DIA HORRIVEL, COM DORES, NAO DORMIA,MINHA BARRIGA DOLORIDA. A TRISTEZA DE NAO SENTI-LA MECHER..ENFIM, NA SEGUNDO LIGUEI LA E DISSE QUE A JULIA NAO TINHA MECHIDO MAIS, FUI ATE LA, FIZERAM O ULTRASOM E O CORACAOZINHO DELA TINHA PARADO..MEU MUNDO CAIUY..DEAABOU..ABRIU O CHAO DEBAIXO DOS MEUS PES!!NUNCA NINGUEM VAI SABER OU MESMO IMAGINAR A DOR QUE PASSEI,POIS CADA UM SENTE DIFERENTE...MEU MARIDO ESTEVE AO MEU LADO A CADA SEGUNDO..INTERNEI NA SEGUNDA DIA 22 DE FEVEREIRO E COMECOU A INDUCAO DO PARTO..NA QUARTA DIA 24 AS 5.22DA MANHA ELA NASCEU, SOFRI MUITO ESSES DIAS, MUITA DOR, DOR FISICA E EMOCIONAL..PEDIMOS PRA VE-LA ,SEGURAMOS ELA NO COLO, MEU MARIDO ESTAVA TENTANDO ACORDA-LA. ELE TAVA TAO COM CERTEZA QUE ELA ESTAVA SO DORMINDO..MAS ELA TAVA MORTA..FOI DIFICIL DEMAIS..ELA ERA TAO LINDA..PARECIA COM ELE..PARA RESUMIR, VOLTAMOS PRA CAS NA QUINTA FEIRA A NOITE, E AO SAIR DO HOSPITAL, COM AQUELE VAZIO DENTRO DE NOS, SEM ELA NOS BRACOS, AQUELA NEVE LA FORA, O FRIO, TUDO AJUDOU A MINHA TRISTEZA AUMENTAR..CHEGUEI EM CASA E NAO TIVE A CORAGEMDE ENTRAR NO QUARTO..DEMOROU MUITO..MAS NOS ENTARMOS E CHORAMOS MUITO...ME AFASTEI DE TODOS E DE TUDO..SO MEU MARIDO ME BASTTA AGORA..TENHO UMA FILHA LINDA DE 25 ANOS, MAS ATE COM ELA NAO CONSEGUI FALAR NO TELEFONE, SO MANDEI EMAIL, MAS ELA ENTENDEU E ME DISSE PRA TER MEU TEMPO..E ASIM QUE ME SENTISSE MAIS FORTE, LIGARIA PARA ELA..RECUSEI MUITAS VISITAS DE AMIGOS,NAO QUERO VER E NEM FALAR COM NINGUEM, E QUANDO SAI DE CASA A PRIMEIRA VEZ DEPOIS DE TUDO, PARECEIA QUE O MUNDO NAO TINHA MAIS SENTIDO..OLHAVA EM VOLTA, VIA TUDO MAS NAO VIA NADA. SENTIA TUDO E NAO SENTIA NADA..SO O MEDO DE ENCONTRAR ALGUEM QUE VIESSE ME PERGUNTAR SOBRE A JULIA..E ISSO ACONTECEU E EU DESABEI A CHORAR..MEU MARIdo ESTA AO MEU LADO..MUITO CARINHOSO E PACIENTE, ELE DIZ NAO TOCAR NO ASSUNTO PRA NAO ME FAZER MAIS TRISTE.
    brancany@hotmail.com

    ResponderExcluir
  21. Oi querida, sinto muito pela Ana Julia.
    Sei que a dor de cada uma é diferente, mas consigo imaginar sim a dor que você sentiu, pois também perdi o meu bebe com 34 semanas.
    Passei por tudo o que você passou, também tive um laudo que o meu bebe não estava bem, orei, pedi com todas as forças que ele fosse curado. Enchi-me de esperanças crendo que tudo ficaria bem no final, passei por períodos de revolta, períodos em que não queria ver a cara de ninguém, eu queria me isolar do mundo.
    Sentia o peito latejar pedindo o meu filho, olhava para o espelho e chorava em baixo do chuveiro ao ver que a minha barriga não estava mais lá, tive que passar pela recuperação da cesárea, sentir todas as dores da cirurgia sem ter o meu filho nos braços.
    Passei pela frustração de ter o sonho interrompido com uma gravidez aos 39 anos, também era o meu segundo filho. Sempre desejei ter outro filho, mas sempre adiei por diversos motivos e hoje me arrependo muito de não ter arrumado pelo menos uns cinco filhos.
    Para nós é ainda mais dolorido, pois não temos mais o tempo ao nosso favor, mas não significa que não podemos tentar de novo, acreditar de novo, sonhar de novo pois a vida continua. Tem uma amiga minha que teve seu primeiro filho, concebido de forma natural aos 45 anos. Tem um blog que acompanho em que a esposa de um tetraplégico perdeu uma menina com cinco dias de nascida e mesmo na circunstância que eles estavam, ela aos 40 anos e ele cadeirante, eles não desistiram do sonho de ter filhos eles tiveram quadrigêmeos por inseminação os quatro bebes nasceram perfeitos e saudáveis.
    A perda da sua bebe, é muito recente é difícil assimilar qualquer coisa que ouvimos, pois você esta com o coração ferido e só o tempo pode amenizar sua dor. Eu entendo o seu sofrimento, mas procure colocar no seu coração que Deus fez o melhor por você e pela Julia. Eu sei que você queria que fosse diferente, todas nós queríamos que nossos bebes estivessem aqui.
    Que Deus possa confortar seu coração.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    Que Deus possa confortar o seu coração.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  22. Oiii..meu nome é Fernanda (fe.tedy@hotmail.com)!!!
    Num dia soube que estava grávida, eu, meu marido e meu filho Leonardo escolhemos os nomes: Vitor ou Manuella...foi um dia lindo, de muita felicidade...MAS no outro dia fiz uma acografia e descobri que meu bebê estava FORA DO ÚTERO e que estava com 6 semanas, liguei para meu médico com a esperança de uma resposta positiva, mas foi em vão, ele disse que não teria outra solução a não ser tirar o bebê...quando ele me disse isso minhas esperanças acabaram e meu mundo desabou, porque por mais que fosse tão pequenino, era MEU e estava dentro de mim, então começaram as lágrimas cair, o desespero bater, a tristeza de não entender e não aceitar o porque?.
    Foi então que no dia 23/02/2010 (O DIA MAIS TRISTE DA MINHA VIDA) fiz uma cirurgia para retirada da minha trompa onde estava o bebê, foi a mesma coisa que uma cesária, toda vez que dormia e acordava a sensação que eu tinha era que acabara de ter um pesadelo, olhava para os lados a procura do meu bebê e não o encontrava...porque não era um pesadelo...era a realidade, está sendo muito difícil de conviver com essa realidade...sinto que preciso entender e aceitar...é o que estou tentando buscar..Conto com vocês...Beijos...Fê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oii Fernanda aconteceu o mesmo comigo so que me deu hemorragia interna eu quase morri..

      Excluir
  23. Oi Fernanda, sinto muito pelo seu bebe.
    Eu entendo a sua dor querida, todas nós queriamos que nossos bebes estivessem aqui. Mas temos que aceitar o que aconteceu, temos que colocar no coração que Deus é sábio em tudo o que faz. Você ainda tem a outra trompa, quando estiver melhor, você pode tentar novamente. agradeça muito a Deus por você ter o seu filhinho o Leonardo, tenho certeza que ele é a razão do seu viver não é mesmo? Também tenho uma menina, fiquei muito triste de perder meu bebe, mas sou feliz por tê-la ao meu lado. Se Deus me enviar outro anjinho amém, senão vou viver para minha filha que amo tanto. Apesar de tudo temos muitos motivos para sorrir.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  24. oi eu acabei de perder meu bebe estava com 7 meses,terça 16/03/2010 fui fazer os ultimos exames e na consulta do pre natal não conseguimos ouvir o coraçãozinho do theo,meu mundo desabou,minha sorte foi que meu marido estava comigo pois ñ sei como seria minha reação,bati uma ultra p/confirmar e meu anjinho parecia que estava dormindo.foi um sofrimento enorme pois teve que induzir o parto sofri durante tres dias mais deus sempre tem um proposito para cada um se eu tive que passar por isso e porque ele achou que eu teria forças para aguentar,mais esta sendo muito dificil aceitar.ja estava com tudo comprado pois meu primeiro filho nasceu de 7 meses tbm,so que esse ñ tive sorte.como ainda esta muito recente eu ñ tenho forças p/ nada tento evitar as pessoas,ñ tenho fome se eu pudesse eu so dormia p/ ver se o tempo passa e me faz esquecer um pouco.

    ResponderExcluir
  25. Oi Tati sinto pelo Theo.
    Imagino como deve estar seu coração neste momento de tanto sofrimento. Também soube que o coraçãozinho do meu bebe não batia mais em uma consulta do pré-natal, dói demais saber que eles nos deixaram. Mas como você mesmo disse acredito também que Deus tenha seus propósitos e que Ele sabe o que é melhor para cada um de nós mesmo que a gente não aceite ou concorde. Querida, apesar de todo sofrimento, você precisa ser forte, precisa se levantar desta cama, se alimentar bem, porque você ainda tem um anjo que depende de você, de seus carinhos e de todo o seu amor. Sei que é difícil nesta hora assimilar qualquer coisa que alguém te fala, mas Deus vai confortar seu coração, assim como Ele tem confortado o meu. O Theo será sempre o seu anjo, e onde quer que ele esteja estará sempre olhando por você e por toda a sua família.
    Escreva sempre que desejar
    Cecylia

    ResponderExcluir
  26. oi .. eu sei como é dificil...perdi uma bebe com 7 meses de gestaçao com ascite fetal conhecida como barriga d agua (contraida por uma toxoplasmose)fiquei mto triste pois ja havia comprado o exoval todo !! .. fiquei enternada uma semana pra segurar ela mais ela nao resistiu ! queria mto ter outro mais tenho medo ! Deus é maravilhoso pq hoje eu sofro mais sofro menos !!
    sera q corro risco de ter outro bb assim ! ela faleceu dentro da minha barriga ! e permanceu morta dentro de mim por 2 dias ... bjusssss

    ResponderExcluir
  27. Oi querida, sinto muito pela sua filhinha. Entendo toda a sua tristeza porque perdi o meu bebe também com 7 meses e meio de morte intra-uterina e sei o quanto dói.
    Como eu queria poder afirmar para você, que não existe risco, que tudo será perfeito na próxima gestação, mas não posso, não tenho o direito de enganar ninguém, a única coisa que posso dizer é que você deve consultar um médico para saber sobre as probabilidades, fazer um tratamento se necessário contra a toxoplasmose, tomar as vacinas recomendadas e acima de tudo confiar em Deus para que tudo corra bem.
    Já vi muitos casos de mamães que perderam seus bebes na primeira gestação por diversos problemas e que os bebes nasceram perfeitos. Também já vi um caso de uma mãe que perdeu novamente na segunda gestação, mas isto não é regra. O importante é você lutar pelo seu sonho, acreditar que tudo vai dar certo apesar de todo medo que passa pela cabeça de que aconteça novamente.
    Eu acredito sinceramente, que quando tem que ser é, vemos tantos casos em que o bebe não tem a menor condição de sobreviver e sobrevive, enquanto tem mulheres que tem a gestação perfeita e do nada seu bebe morre no ventre sem motivo algum que justifique. Acredito que o que temos que passar ninguém passa em nosso lugar e de algum modo tínhamos que passar por isto. Um dia teremos esta resposta, mas por enquanto temos que acreditar que Deus tem algo de muito bom preparado para todos nós e esse algo você só consegue através da esperança. Tenha esperança sempre acredite que tudo vai dar certo e que logo você vai realizar o sonho de ter seu bebe nos braços forte e saudável.
    Que Deus possa te consolar a cada dia.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  28. Ontem perdi o meu bebe, estava gravida de 2 meses e duas semanas. Não sei se algum dia conseguirei ultrapassar esta experiência, era um bebe muito desejado, estava morto dentro da minha barriga, vou ter de causar um aborto. Não sei como enfrentar, esta situação, eu e o meu marido estamos desfeitos. É a pior sensação que alguma vez tive de enfrentar na minha vida. Eu sei que o meu bebe está feliz pois está junto de Deus, e um dia havemos de nos encontrar...
    Mas por mais que eu saiba tudo isto, a minha dor é profunda.
    Vou lembrar-me e amar o meu anjinho para o resto da minha vida.

    ResponderExcluir
  29. Boa noite. Acho que nunca sofri tanto em minha vida após receber hoje, a notícia de que meu filho não nascerá mais. Ele teria hoje 8 semanas e só eu sei a dor que estou passando.

    Quando eu e minha mulher soubemos que ela estava grávida, foi o melhor momento que tive. Sempre foi um sonho para mim, afinal, fui adotado quando tinha um dia e vi no meu filho a possibilidade de formar minha primeira geração.

    Porém, tudo foi interrompido por Deus. Não sei nem o que pensar, meu sentimento é de revolta, a dor é muito grande e não sei quanto tempo irá durar. Só sei que nunca sofri tanto. Ver meu sonho, minha esperança sumir em um passe de mágica.

    Há 7 dias tive a maior felicidade da vida vendo o coração do meu filho bater e agora, uma semana depois, ouvir que o coração parou de bater é revoltante. Mes questiono como alguém pode dar esperança e depois retirá-la. É muito injusto isso e machuca demais.

    Ainda bem que existem espaço como o seu que nos dão força para enfrentar a situação e ver que muitas pessoas passaram por isso. Alguns casos até piores, quando a criança já nasceu ou no fim da gravidez.

    Só sei que estou triste e já morro de saudades de nosso bebê.

    Obrigado

    ResponderExcluir
  30. Oi Rodolfo, sinto muito por seu bebezinho.
    Entendo você meu amigo, e não tiro sua razão de ficar revoltado, como escrevi na postagem atual “Pais que choram por seus filhos”, os
    homens também sofrem e devem demonstrar a sua dor, nesta postagem falo um pouco sobre o meu marido também. Quem disse que homem não deve chorar?
    Eu mesma fiquei muito revoltada quando perdi o meu filhinho com 7 meses e meio de gestação, procurei uma resposta em todos os lugares, questionei o mundo, questionei a Deus, cheguei a ficar doente, com dores em todas as articulações. Só consegui encontrar paz quando coloquei no meu coração que Deus fez o melhor por mim e pelo meu bebe.
    Sei que você queria muito ter seu bebezinho ao seu lado, eu também queria o meu estivesse ao meu lado, assim como todas nós mães de anjos. Mas eu creio que Deus é sábio no que faz, nós conhecemos apenas nosso presente, mas e Deus?
    Deus conhece nosso passado, nosso presente e nosso futuro, Ele sempre sabe o que é melhor para nós. Nem sempre tudo o que acontece, é culpa de Deus, sei que Ele permite, pois não cai uma única folha da árvore sem a autorização Dele. A natureza por si própria toma suas providências e faz uma seleção natural nem todos os frutos se desenvolvem, alguns crescem um pouquinho depois caem. Mas em seguida vem uma nova florada e aquela mesma árvore, enche de frutos saborosos. Com a gente não é diferente, por algum motivo que desconhecemos nossos bebezinhos não estavam bem, e Deus os levou para pertinho Dele, no céu eles são frutos perfeitos, Eles não vão sentir dor, nem vão ficar em uma UTI sendo espetados por agulhas.
    Tenha confiança, em breve Deus te enviará outro anjinho do céu, perfeito e saudável. Tem muitas mamães e papais do blog que perderam seus filhinhos na primeira gestação e hoje já estão com seus bebezinhos no colo. E com você e sua esposa não será diferente.
    Esquecer de seu bebe, você não vai esquecer nunca essa saudade vai durar a vida toda, mas quando você estiver com outro bebe no colo toda essa tristeza vai se transformar em alegria.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cecylia, tudo bem? Lembrei hoje do meu anjo que foi para o céu no dia 20 de abril de 2010 e voltei aqui para ler um pouco sobre aquele dia tão triste. Porém, hoje gostaria de falar algo feliz. Há 23 dias nasceu minha primeira filha, Maria Eulália, que veio para preencher esse espaço que nosso primeiro filho havia deixado. Não tenho palavras para descrever o quanto estou feliz e, principalmente, incentivar as pessoas que acabaram perdendo um filho para que tentem novamente. Infelizmente, a vida nos prega algumas peças e temos que aceitar, mas Deus sabe de todas as coisas e tem os seus motivos. Agora tenho uma razão para viver diariamente e, um dia, quem sabe, encontrarei nosso anjinho que está olhando por nós lá no céu. Um beijo e obrigado pelas palavras de conforto e carinho!

      Excluir
  31. Olá, Cecilia... Meu nome é fabiola e tenho 23 anos. Estava tentando engravidar fazia 5 meses ate que eu comi um maldito pastel que estava estragado...(neste dia que eu ingeri esse pastel, eu havia tido relação sexual). Acabei ficando com uma intoxicação alimentar fortíssima, que os médicos chegaram a confundir com cólicas de rim... Fiquei indo pro hospital durante uma semana(detalhe- tenho plano de saúde, imagina se nao tivesse)até que o médico descobriu que eu estava com essas dores todas por causa do pastel que eu havia comido. Tomei muitos remedios, um deles, tremedol - um remedio para dores muito forte, e foi assim que eu ovulei e engravidei... Duas semanas depois, eu estava com uma colica muito forte e nao descia , somente aquela "borra de café"... Foi ai que fiz um Beta HCG que deu positivo!! Nossa eu nao soube o que fazer... Nao sabia se chorava, se ria ... Fiquei assustada. Na minha cabeça iria demorar muito pra eu engravidar...
    Fui na ginecologista, expliquei o que tinha acontecido, e ela disse que como eu estava com esse corrimento pra mim ficar deitada pra segurar a gravidez, tomando progesterona...
    Nossa, eu era a pessoa mais feliz do mundo... Ninguem podia tirar aquela felicidade de mim... Ate ficar enjoada, por mais que era ruim, eu ficava feliz, pois eu sabia que estava tudo bem dentro de mim... E com 5 semanas fizemos um ultra som que deu pra ouvir e ver o coraçãozinho dele batendo... Eu ria igual uma tonta e meu marido tambem... Todo orgulhoso... Ate que, com 1 dia faltando pra completarem 10 semanas, eu fui no banheiro e, como sempre com o intestino muito ressecado, fiz um pouquinho de força pra evacuar e, saiu uns pedacinhos cor da pele... Nossa eu ja liguei pro consultorio da medica e marquei... Cheguei la, ela me tranquilizou... Disse que se tivesse que acontecer alguma coisa ja era pra ter acontecido, mais que mesmo assim, era pra eu fazer um ultra som... Nossa, quando saí de lá, estava super calma... Mais assim que cheguei em casa, começou a aumentar a minha colica... Tomei um remedio e dormi... quando acordei, meu absorvente estava cheio... Fomos pro medico e ... Nao dava pra ver nada... Somente aquela bola preta... Nossa, foi a pior coisa que eu ja vi na minha vida... Nunca vou me esquecer daquele dia 22/04/2010. Foi o pior dia da minha vida... Fiz curetagem e fiquei internada, pois foi um aborto incompleto.. A medica disse que foi uma má formação, pode ser por causa daquele monte de remedio que eu tomei...
    Eu nao desisti, quero ser mãe.. Tenho que esperar no minimo 4 meses para depois tentar engravidar novamente... Eu já sou mãe... Meu filho se chama Pietro Henrique, só nao esta aqui comigo, mais eu sinto ele de vez em quando... Sinto uma coisa tao gostosa... Tenho certeza que é ele que esta aqui comigo me dizendo que esta tudo bem com ele... Eu vou amá-lo pra sempre... Ele é e sempre será a razao da minha vida...
    Quero ter outros filhos pra poder dar carinho, amor, pegar no colo, dar mamá... E completar a minha vida aqui na Terra e ser muito feliz... E, quando estiver velhinha ou quando chegar a hora que Deus quiser que eu vou encontrá-lo, vou com o maior prazer e a primeira coisa que quero fazer lá na minha proxima vida, é abraçar e beijar o meu anjinho!!!

    ResponderExcluir
  32. Oi Fabíola sinto muito por seu bebezinho.
    Você sabe amiga que a morte, não é o fim, é apenas um breve intervalo e um dia com certeza, reencontraremos nossos anjinhos no céu, pois o espírito é eterno ele não morre.
    A Bíblia diz que existe o livro da vida, nele está escrito que um dia você gerou um bebe, mesmo por pouco tempo, e que você o recebeu com muita alegria e que você desejava muito que ele estivesse ao seu lado. A sua missão de ser Mãe de um Anjo foi cumprida.
    Lá também está escrito o motivo de Deus ter levado nossos anjinhos e um dia saberemos o verdadeiro motivo diretamente do criador da vida e da morte. Às vezes não foi o maldito pastel, nem a dengue que eu tive, nem as diversas desculpas que arrumados para justificar a morte. Cada um tem o seu tempo aqui na terra, uns morrem mais cedo e outros mais tarde, no caso de nossos bebes, o tempo deles era só estes, é o tempo que eles precisavam para concluir a sua missão e se tornar Anjos de Luz. Devemos respeitar a decisão de Deus, aceitando com mansidão a partida de nossos bebes, crendo que Deus sempre faz o melhor por nós e por nossos anjos.
    Deus é tão bom que nos dá uma página em branco todos os dias, para que possamos escrever uma nova história de vida. Uns preferem não virar a página, e continuar sofrendo. Outros assim como você já estão escrevendo uma nova história, desejando ter mais filhos, para lhes dar amor e carinho. Tenho certeza que você está em um ótimo caminho e logo Deus te enviará outro anjinho. Quanto mais questionamos, maior se torna nosso sofrimento. Digo isto por experiência própria. Muitas vezes aprendemos o verdadeiro sentido da vida passando pela dor da morte.
    Escreva sempre que desejar
    Cecylia

    ResponderExcluir
  33. Olá, meu nome É Cláudia, há 19 dias eu perdi meu bebê, Meu Miguel.
    Meu namorado, ou melhor, meu ex namorado, não me apoiou em momento nenhum, pelo contrário me fez sofrer muito, me magoou demais com palavras e atitudes. Namorávamos há 4 anos, mas quando ele soube que eu estava grávida mandou eu tirar Meu Filho. Não passava pela minha cabeça a possibilidade de fazer isso... Recebi todo apoio da minha família, dos meus amigos... Mas por mais apoio que nós temos, não adianta, uma parte de nós foi arrancada, não há como não sofrer.
    Há poucos minutos atrás liguei p/ minha sobrinha de 7 anos e disse a ela que ia visita-la, então ela falou: "Traga Miguel, Titia!"
    Ela esqueceu que perdi ele... Essas palavras que ela falou acabou comigo... Me senti impotente...Fraca...
    É um turbilhão de emoções, dias "felizes", dias de uma tristeza sem fim...
    Uma amiga me disse uma coisa que servir p/ todas vocês, Mamães de Anjinhos, assim como eu.
    "Algumas de nós temos o privilégio de conhecer anjos, e por menor que seja o tempo que ele passe conosco, não podemos questionar e sim agradecer a DEUS por ter nos abençoado de tal forma que geramos um ANJO em nosso ventre."
    Então é isso, Mamães, somos abençoadas, geramos anjinhos em nossos ventres!
    Beijos no coração de cada uma de vocês!

    ResponderExcluir
  34. Oi Cláudia, sinto muito pelo Miguel.
    Imagino o quanto esta sendo difícil pra você perder o seu bebe, e não poder contar com o apoio do pai do seu filho. Espero que Deus possa preparar pra você uma pessoa que realmente seja digna do seu amor e que você possa ter uma família maravilhosa com muitos filhos que te fará muito feliz. Espere o tempo de Deus, no momento certo Ele te enviará este presente.
    Bom em relação o que as crianças dizem, temos que perdoar, porque são inocentes, muitas vezes não sabem nem a gravidade do que eles falam. Eu já passei por esta situação também, a filha de uma vizinha de 5 anos, me perguntou: Seu bebe nasceu morto? O meu irmãozinho esta para nascer na semana que vem. Imagine como não fiquei, diante desta pergunta, e ainda tendo que ouvir que o irmãozinho dela ia nascer na próxima semana. Inclusive a mãe desta menina, já no seu segundo relacionamento engravidou deste bebe, e em uma das brigas com o namorado tentou se jogar do carro caiu de barriga no chão, machucou todo rosto, mãos, e não aconteceu nada com o bebe, nasceu perfeito. Fiquei muito revoltada na época eu pisando em cascas de ovos, para não acontecer nada de ruim com meu filho, perdi o meu bebe, e ela que nem valorizou a gravidez o bebe nasceu. Demorou muito tempo para que eu entendesse que o tempo do meu bebe era só os 7 meses em minha barriga, que eu tinha gerado um anjo no meu ventre, e que se o bebe desta vizinha nasceu é porque a missão dele ainda não estava completa, diante de uma situação tão trágica, assim mesmo ele sobreviveu.
    Deus nos escolheu para ser Mães de Anjos, porque nos julga capaz de levantar e recomeçar.
    Escreva sempre que desejar
    Cecylia

    ResponderExcluir
  35. Oi, Meu nome é Adriana e... no dia 24 de abril de 2010 descobri q meu primeiro bebê estava sem batimentos cardíacos. Eu estava na 9ª semana de gestação e ele tinha o tamanho de um embrião de 7 semanas. No dia anterior eu tive um pequeno sangramento, mas o médico disse q não era nada grava. Decidimos fazer uma ultra de emergencia só por desencargo de consciencia. E foi aí q começou meu drama. Chorei uma semana inteira! E sofri porque o médico disse q eu tenho o útero bicorno. Durante uma semana sofri com a idéia de q poderia ser isso a causa do aborto. Mas... Deus é grande e misericordioso! Voltei ao médico e ele disse pra me tranquilizar porque o q aconteceu foi uma má formação fetal. Graças a Deus não precisei de fazer curetagem, apenas tomei um remédio para a indução do aborto. E dentro de dois meses posso engravidar novamente.
    Não direi q estou feliz agora, porém sofro menos. Alterno dias de desanimo e dias de muita esperança. Afinal preciso ser otimista para superar e poder ser mãe novamente. E o q eu desejo a todas q frenquentam esse blog é q não desanimem, lute por esse sonho tão precioso! E tenha fé. É isso q tenho tentado todos os dias e o q me dá forças. Até fiz um blog para desabafar, e depois de reler os posts antigos vi q melhorei.

    ResponderExcluir
  36. Olá, sou Marcia. Dia 25/04/10 fui ao Hospital porque não estava sentindo meu bebezinho se mexer e lá tive a triste noticia de que ele já estava sem batimentos cardíacos e que não havia mais líquido aminiótico.
    Foi a maior dor que já senti na minha vida !!! Era um pesadelo. Além de perder meu bebê, precisava me preparar para o parto, pois estava grávida de 7 meses e meu bebê precisava "nascer" para depois enterrá-lo.
    Eu não imaginava que pudesse aguentar tanto sofrimento...
    Após o parto fiz questão de vê-lo. Queria segurá-lo, mas não permitiram. Só voltei a vê-lo no Cemitério, para arrumar o caixãozinho dele, é uma lembrança muito triste que vou levar na memória para o resto da vida.
    Sinto muito, muito mesmo ! Rezo por ele todos os dias e peço perdão se fui culpada por isso ter acontecido.
    Tenho recebido muito apoio da minha família e de amigos. Estou de licença, mas não consigo ficar em casa. Não consegui arrumar as coisinhas dele. Ainda me dói ver o quarto arrumado, as roupinhas, o carrinho, as lembrancinhas, tudo que preparamos com tanto carinho...
    Já tenho um filhão de 9 anos e uma marido maravilhoso e por eles preciso continuar vivendo e sendo feliz. Eles são minha vida, meus amores.
    Ainda não tenho respostas do que aconteceu. Meu médico disse que ainda aguarda o estudo da Placenta, mas que não tem certeza se descobriremos o real motivo de tê-lo perdido.
    Gostaria de saber quais exames as mães que voltaram a engravidar fizeram para saber que realmente não há nada de errado com elas.
    Tenho muito medo de voltar a engravidar e passar por isso tudo novamente.
    Desde que descobri esse site, entro diariamente e leio tudo o que há de novo. Aqui é um refugio onde vejo quantas mães passam ou já passaram pelo que estou passando e que só elas podem saber o que estou sentindo.
    Inclusive, vejo que muitas conseguiram engravidar novamente e isso me deixou muito esperançosa e mesmo aquelas que não engravidaram, já conseguiram superar esse trauma que é ser mãe de anjinhos.
    Quem quiser me adicionar no msn: marcinha151@hotmail.com
    Um beijão a todas e fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  37. Oi Márcia sinto muito por seu filhinho.
    Também perdi o meu bebe com 7meses e meio de morte intra-uterina, sei muito bem o que é entrar em um centro cirúrgico para ter um bebe e sair com as mãos vazias. Por mais que o tempo passe é impossível esquecer todo sofrimento que passamos, dói demais,
    mas como você disse amiga, a vida continua, temos nossos filhos que sempre nos deram muitas alegrias e são eles que nos dão força para superar tudo. Sei que muitas mamães que perderam seu primeiro filho também sofrem muito principalmente por não ter outros filhos, mas Deus vai confortá-las e logo poderão sentir o prazer e a dádiva serem mãe novamente, porque vocês já são Mães de Anjos.
    Márcia o seu médico esta sendo franco, realmente, por mais exames que se faça no bebe muitas vezes não temos nenhuma resposta convincente, mesmo que seu bebe apresente algum problema genético, esta resposta que você quer somente Deus pode dar. Porque agora? Porque tinha que ser comigo? O que fiz de errado? Porque meu bebe partiu? São muitas as perguntas, é normal o questionamento, a revolta, a tristeza, mas temos que aceitar com mansidão a vontade de Deus, se Ele levou seu bebe, o meu e o de tantas mamães que escrevem diariamente, é porque era preciso. Deus é sábio, pois Ele conhece o nosso passado, nosso presente e o nosso futuro, Ele sempre sabe o que é melhor pra nós e para nossos anjinhos mesmo que a gente não “O” entenda. Todas nós queríamos muito que nossos anjinhos estivessem aqui, queríamos que tudo tivesse corrido bem e que isto fosse apenas um pesadelo, mas infelizmente não é, temos que enfrentar a nossa realidade, por mais que doa. Com o tempo você se sentirá melhor, mesmo porque é tão recente, só o tempo pode amenizar um pouquinho esta dor que você esta sentindo.
    Quanto a engravidar novamente, os exames são os de rotina. O meu médico me disse que não preciso fazer nenhuma investigação genética, porque já sou mãe de uma menina que nasceu perfeita, acredito que seu filho seja perfeitinho também. Eles só pedem exames mais complexo quando você já tem casos na família. Confie em Deus, uma gestação nunca é igual a outra, se o seu desejo for de ter outro bebe, uns três meses antes procure seu ginecologista, você precisará tomar vacinas, ácido fólico ver se os seus exames estão tudo em ordem. Mas lembre-se amiga, que o bebe não vem nosso tempo e sim no tempo de Deus.
    Que Deus possa confortá-la assim como Ele tem me confortado a cada dia.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  38. Oi Adriana, sinto muito pelo seu bebezinho.
    Muitas mamães do blog perderam seus bebezinhos na primeira gestação, muitas estão grávidas novamente, e outras já têm outro anjinho nos braços. Creia em Deus amiga logo você também terá o seu.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  39. Boa tarde,

    Sou Renata tenho 24 anos, nesse dia 26 completo 25 anos.

    No Dia 13 de maio de 2010, perdi a 3ª gestação.
    Não tenho filhos, sou casada a 7 anos e desejo ser mãe.

    Estou pensando em não tentar mais, pois não quero perder nenhum mais nenhum bebê.

    Perdi 2 bebês em 2007, um foi em fevereiro e outro em dezembro.

    Passei por um geneticista no ano de 2008, onde eu e meu marido fizemos vários exames, e o geneticista afirmou que nós não temos nenhum problema genético.

    Mesmo sem termos problemas, não deixamos vir bebê durante 3 anos.

    Neste ano de 2010 em janeiro deixamos vir, quando foi em março engravidei,ficamos tão felizes e confiantes que teriámos esse bebê, porém eu acabei de perdé-lo.

    Peço ajuda, quero investigar porque os meus bebês morem no meu útero e só depois de uma semana é que vai sangrar?

    Se souber de algum médico que atendar aqui no Rio de Janeir, favor me informar.
    N

    ResponderExcluir
  40. Oi Renata sinto muito por seus bebezinhos.
    Amiga, não desista do seu sonho de ser mãe. Às vezes passamos por muitos obstáculos, mas o sabor da vitória é melhor ainda. Quando você tiver seu bebezinho no colo você vai ver o quanto valeu à pena.
    Se o médico já disse que vocês não têm problemas genéticos, o problema pode ser emocional, talvez ansiedade e medo. Converse com seu ginecologista, ele é a pessoa mais indicada para te indicar um médico de sua cidade. Inclusive peça para ele te encaminhar para conversar com um psicólogo, uma boa conversa com um profissional ajuda muito. Mesmo porque se você engravidar novamente ficará apreensiva, e com medo que tudo possa se repetir novamente, tenho certeza absoluta que te fará muito bem.
    Amiga fique com Deus, escreva sempre que desejar.
    Espero que você possa escrever em breve nos dando ótimas notícias.
    Confie em Deus.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  41. Oi Renata..sinto muito minha amada.eu sei o quanto vc está sofrendo.pois assim como as outras mães eu também perdi minha princesa esse ano dia2/3/10 estava c/ sete meses.estava tudo pronto pra sua chegada,fiz todo o seu enxoval.faltava tâo pouco eu contava os dias.foi aí que Deus tinha um outro próposito em minha vida e levou minha filhinha.hoje sei que ele fez o melhor por mim e ela.pois ela tinha hidrocefalia.no começo mim revoltei contra tudo e todos.nâo entendia como Deus não tinha curado a minha filha.mais Deus é bom e fiel.nâo cai um só folha de uma arvore sem que ele permita.Deus sabe de todas as coisas e nóis nada sabemos.resolvi entregar nas mãos de Jesus pois só ele pode nos ajudar.e tenho muita fé que logo logo engravidarei novamente.não que eu vá substituir a minha Yara isso nunca.mais só assim poderei ser feliz novamente.nâo desista minha amada Deus te ama e está sempre c/ vc creia nisso.minha prima também perdeu 2 gravidez ela tem 24 anos.as premeiras duas gestaçôes ela perdeu.mais nâo desanimou achou um ótimo médico ele fez muitos exames nela e no marido.e graças a DEUS hoje ela tem uma linda filhinha de 1 aninho em seus braços.nâo desista do seu sonho insista peça a Deus e creia que em nome de jesus ele vai te dar nâo só um filho[a]mais o quanto vc desejar acredite nisso.procure a igreja seja qual for a sua religiâo,leia livros que falem de Deus escute cds,isso vai te ajudar muito.pois só em Deus vc encontrará a paz.Deus vai te dar forças e corage pra vc tentar novamente.nunca esqueça que Deus é o Deus do impossível!ele tudo pode...irei rezar sempre por vc e eu creio que Deus tem uma vitória muito grande na sua vida e do seu esposo.Deus te abençoe.se vc tiver msn mim add.[ivanicemello@hotmail.com]no orkut também.se vc quiser conversar e dividir nossas dores.um super beiju e um abraço bem apertado meu e de JESUS.BEIJUS VANA MELLO.

    ResponderExcluir
  42. Oi Cecilia, meu nome é Lisiane tenho 29 anos e faz hoje 20 dias que perdi minha princesinha.Estava com 38 semanas, o parto já estava agendado, o seu quartinho pronto e não tenho explicaçoes para o que aconteceu, pois fiz todos os exames e todo o acompanhamento necessario e o seu coraçãozinho simplesmente parou de bater .Está sendo muito dificil aceitar, é uma dor intensa, estou tentando ser forte mas nao consigo.a minha familia está me ajudando muito,eles tiraram da minha casa tudo o que pudesse me lembrar a Luize, mas ela era tao perfeita,pude pega-la no colo e ve-la, jamais vou esquece-la,mas sei com certeza que ela esta nos braços de Jesus, que ela foi o bem mais precioso que carreguei em meu ventre e que vou para sempre ama-la. Sei que agora não tenho respostas, mas que um dia Deus com certeza me dirá o porquê, tenho lido este blog e tenho encontrado consolo...

    ResponderExcluir
  43. Oi Lisiane, sinto muito pela Luize.
    Eu te entendo amiga e sei o quanto você esta sofrendo, perdi o meu bebe também nas mesmas circunstâncias, o coraçãozinho dele parou de bater uma semana antes da data prevista do parto. Mas sei que se Deus levou nossos bebes é porque Ele deve ter um motivo muito forte e justo, tenho certeza que Ele esta vendo as suas lágrimas e sabe o quanto você esta sofrendo. Realmente não é fácil aceitar, mas temos que colocar no nosso coração que Deus fez o melhor por nós e pelos nossos bebes, ainda que a gente não “O” entenda. Deus só quer o nosso bem.
    Quando perdi o meu bebe meus familiares fizeram a mesma coisa tiraram dos meus olhos tudo o que lembrava o meu bebe depois de 30 dias quis saber onde tudo estava. Pegava as roupinhas dele no colo e chorava imaginando ele dentro delas, foi muito difícil pra mim.
    Como não tinha intenção de engravidar de novo decidi doar tudo no hospital que ele nasceu, tenho certeza que alguma mãe carente deve ter ficado muito feliz em receber um enxoval tão lindo, feito com tanto amor. Depois de um ano mudei de idéia quis tentar novamente, mas por enquanto Deus não quis enviar outro anjinho pra mim. Não me arrependi de doar tudo, porque sei que Deus me dará condições de comprar outro enxovalzinho tão lindo quanto o primeiro, tudo me faria lembrar do meu filho pois foi feito especialmente para ele. Tem muitas mamães que preferem guardar para o próximo bebe, mas esta atitude é muito pessoal.
    A morte da Luize ainda é muito recente, mas com o tempo você vai se sentir melhor, não digo que você vai esquecer tudo o que passou, pois é impossível esquecer alguém que se amou tanto, que se desejou tanto. Mas se você ainda desejar ter filhos não desista do seu sonho, uma gravidez nunca é igual à outra. Tem muitas mamães que perderam seus bebezinhos e já estão com outro anjinho no colo. É como você disse, esta resposta que queremos somente Deus pode nos dar, mas confie Nele, pois Ele sabe o que faz.
    Que Deus possa te confortar, assim como Ele tem me confortado a cada dia.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  44. OI CECYLIA.
    Quero contar minha história...
    Meu nome é Sueli tenho 36 anos.
    Depois de 15 anos engravidei novamente,nossa quanta felicidade eu estava esperando por isto a tantos anos.Comecei então fazer meu pré natal,foi ai que começou minha luta,descobri que eu era RH negativo e o pior descobri que não tinha tomado a vacina anti-rh no meu primeiro parto,o médico me pediu um exame chamado combs que deu positivo.Fui transferida para o hospital São Paulo para conseguir salvar minha tão sonhada Julia...Mas no sexto mes de gravidez quando fui ao médico para fazer consultas de rotina ,o coração da minha Julia havia parado de bater,fiquei sem chão confesso que nunca chorei tanto em toda minha vida,nem mesmo na morte da minha mãe,mas a perca da Julia uma menininha tão sonhada ja que eu tenho um menino lindo ,agora uma menina e eu não ia poder ficar com ela,quanta dor.
    Fui enternada no hospital para fazer um parto normal induzido,sofri muito durante seis dias com dores terriveis,mas a dor maior era saber que minha Julia ia sair da minha barriga e não ia para a casa.Esta sendo muito dificil,minha filha ia nascer hoje dia 24 de maio sendo que o meu aniversario é dia 25 de maio,eu ia festejar o maior presente que uma pessoa pode ganhar de aniversario mas não vai ser possivel,pois DEUS a quis no dia 31 de janeiro nos braços dele.Eu aceito a vontade de Deus mas peço que ele conforte meu coração.Sei que não poderei ter mais filhos por ser rh negativo e por incompatibilidade.Sofro muito parece que este sofrimento não vai ter fim.Nunca esquecerei a sena daquela enfermeira trazendo a minha princesa Julia naquela caixinha de vidro ela é linda e seu rostinha ficará pra sempre em minha memória.
    Obrigada por este blog assim tenho alguém que entende tudo o que eu estou sentindo neste momento.
    ABRAÇOS!
    CECYLIA DEUS TE ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  45. Oi Sueli sinto muito pela Júlia.
    Nós todas Mães de Anjos tivemos que passar por esta data, e sabemos o quanto é difícil. Sei o quanto você esta sofrendo, eu também iria ficar com um casal, pois tenho uma menina de 10 anos, o sonho de toda mulher é ter um menino e uma menina, mas infelizmente Deus levou o meu anjinho aos 7 meses e meio de gestação pra morar com Ele. Amiga, sei que ainda é muito recente a perda da sua bebe, mas se você deseja ter outro filho, tome a vacina anti-rh, você já tem um filho perfeito. Esta semana mesmo teve uma mãe do E-family.net que teve seu primeiro filho aos 44 anos, mesmo porque uma gravidez nunca é igual a outra, é claro que existem riscos mas uma gravidez planejada já reduz muito estes indíces. Acredito que tinhamos que passar por isto, vemos tantos casos de bebes que nascem prematuros sem a menor condição de sobreviver e vivem, se Deus levou nossos bebes tenha certeza absoluta que era necessário.
    Espero que Deus possa confortá-la nesta data de hoje e nas próximas que virão.
    confie em Deus Ele sempre sabe o que é melhor pra gente e para nossos anjinhos.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  46. Oi sueli sinto muito por sua filhinha a Júlia.assim como vc eu também dei a minha filha pra Deus no dia 2/3/10.eu estava c/ sete meses.e assim como vc eu também tenho um filho lindo de 5 anos.tenho 27 anos.e também fiquei muito feliz nâo mim continha de tanta felicidade.pois a filha que eu tanto sonhei estava vindo,seu nome é Yara.fiz todo o enxoval e a cada vestidinho que eu comprava eu já imaginava ela vestida.eu tinha sonhado uma vida inteira c/ ela e imagino que vc também e tantas outras mães.mais Deus tinha um outro próposito na minha vida e na da minha princesinha tão amada.eu ao contrário de vc não tive a coragem de ver ela.pois quero lembrar da imagem que vi dela no ultra som viva linda.nâo sei se fiz o certo tem horas que eu choro muito por nâo ter a visto.acredito também que foi a vontade de Deus de eu não ter tido coragem de vêla,pois Deus conhece nossos limites e ele sabe até aonde vamos.se fosse pra mim ver ele teria dado forças.pois acho que eu não teria aguentado...no começo eu sofri muito e achei que nâo iria aguentar,achei que iria enloquecer...mais Deus é amor e misericordia ele mim ergueu novamente.tenho ido muito a igreja,participo de grupo de oração e isso tem mim ajudado muito.leio livros escuto cds de músicas de Deus e isso a cada dia tem mim levantado.por que só Deus pra nos dar força e nos levantar.pois a nossa dor é tão grande nâo é amiga que humanamente seria impossivel aguentar.só Jesus na nossa vida minha amiga..quero te falar uma coisa minha amada tenha fé em Deus ele pode tudo.nâo vai ser esse rh negativo que vai te impedir de ser mâe novamente.CREIA NO DEUS DO IMPOSSÍVEL QUE É JESUS,pois o impossivel para nóis é possivel pra ele.creia nisso minha amada.Deus tem uma obra na sua vida.assim como eu ele nunca te abandonou e é nesse momento de tanta dor que ele mais estar ao nosso lado.Deus te ama e ama a todas nóis.ele mesmo nos fala que tudo que pediremos c/ fé ele nos dar.já vi muitos casos de mulheres que eram estéril e engravidaram.nada pra Deus é impossível eu creio creia vc também.vós somos abençoadas de ter anjos tâo lindas no céu.assim como a minha Yara a sua Júlia estar intercendo por vc no céu.eu tenho colocado muito esse blog nas minhas oraçôes peço por todas as mâes desse blog e todas que sofrem...tenho muita fé em Deus e assim como eu creio que logo logo engravidarei no tempo de Deus vcs também engravidarâo seja qual for a situação que estejam passando.Deus tudo pode.se vc quizer falar comigo meu msn é [ivanicemello@hotmail.com]ficarei feliz em compartilhar nossas dores e alegrias com vc.que Deus possa te confortar e abençoar.E nunca esqueça que Deus é o Deus do impossível!beijuuuuuuus fique c/ DEUS.VANA MELLO.

    ResponderExcluir
  47. oi meu nome é FERNANDA e estava gravida de 15 semanas,no dia 18/05/2010 fui fazer a ecografia de rotina ao mesmo tempo que eu estava anciosa pra ver meu BB eu sentia que algo não estava bem,tive medo de entrar de ver...foi estranho aquela reação nem eu sabia explicar,meu marido estava comigo muito ancioso pra ver o BB,porém realmente tinha algo errado com ele,seu coração não batia mais,quando fui avisada disso meu chão se abriu,entri em choque não conseguia falar,pra mim tudo era um grande pesadelo,mas aos poucos fui vendo que era real.
    Quando descobri que estava grávida foi uma grande surpresa,uma mistura de medo preocupação e alegria,eu chorava sem saber o que eu estava sentindo,a família e amigos ficaram muito felizes com a notícia e eu me sentia muito bem,até qua na 4ª semana comecei a enjoar muito e aquilo não tinha fim,nada parava no meu estômago nem água,muito menos as vitáminas para o BB,então pra suprir aquilo eu ia para o hospital quase todos os dia a noite tomar soro com vitaminas mas já saia de la passando muito mal,por conta disso acabei abandonando a faculdade ,estava no 5ºs de enfermagem,o médico me deu o diagnosticoo de hiperemese,e com isso eu teria que ficar tomando soro diariamente,eu estava triste com a situação e muito preocupada perdi quase 10kilos e não tinha força pra fazer nada,mesmo assim eu confiava que tudo ia passar depois do terceiro mês,já tenho um filho de 7 anos e estava muito feliz com a chegada de um irmãomas como eu não parava de passar mal ele estava triste com a situação,porém não falava em outra coisa a não ser o BB que chegaria em novembro,mas eu sentia um medo absurdo e uma preocupação muito grande,porém tentei me acalmar e confiar que tudo daria certo,chegou dia 16/5 domingo e eu senti muito mal,minha barriga doia muito,mas os medicos falaram que era normal pelo crescimento do útero,como não tinha sangramento nem nada estava tudo certo,eu dormi o dia todo me sentia muito mal e tenho certeza que foi nesse dia que meu BB morreu,eu já sentia ele mexer bem leve mas as pessoas falavam que era gases que confundia mesmo mas eu sabia que era meu BB mechendo,no domingo parei de sentir e aquele medo me invadiu,como tudo era normal e eu não podia fazer mais nada descansei.até ter a pior noticia da minha vida na quarta,e ai começou aquela luta,faz curetagem não faz e eu decidi fazer afinal não ia aguentar saber que meu bb tava sem vida dentro de mim,a curetagem foi feita eu sofri muito com dor pra dilatar o útero mas a dor qua não cabia dentro de mim era a emocional,a dor de não sentir mais meu nenem.chorei muito nos corredores do hospital e muitas pessoas me deram palvras de carinho e de força,na hora da curetagem não vi nem senti nada quando acordei meu bb já estava dentro de um vidro pra biopsia,perguntaram se eu queria ver eu disse que sim mas não lembro de nada,deve ter sido melhor assim,hoje faz uma semana que descobri o ocorrido e eu so consigo chorar,ninguém entende a minha dor nem meu marido que sei que ta sofrendo mas ele disse que ja se conformoueu passo a noite toda so chorando e de dia fico procurando pessoas que tbém passaram por isso,as pessoas querem me confortar e dizem que foi melhor assim,que depois eu tenho outro ,etc,só que nenhum filho substitui o outro,fico me perguntando o porque aconteceu isso e tenho medo de acontecer de novo,mas confio em DEUS e sei que ele me dará força pra passar por esse momento tão dificil.
    quero dizer a todas a mães que assim como eu perderam seus bbs que eu sinto muito e deixo um forte abraço em cada uma de vocês.

    ResponderExcluir
  48. Oi Fernanda, sinto muito querida.
    Consigo entender o quanto você esta sofrendo, pois sou mãe também.
    Quando pegamos o resultado com o positivo, já começamos a sonhar com um filho. Imaginamos se será uma menina ou menino, qual o nome que iremos colocar, são muitos os planos que fazemos e quando perdemos nossos bebes ficamos decepcionadas, tudo o que menos imaginávamos era perder nossos filhos tão desejados. Todos os nossos planos são frustrados um dia estamos grávidas e no outro simplesmente não estamos. Às pessoas acham que devemos simplesmente esquecer, evitam tocar no assunto e acham que é exagero da nossa parte. Mas só quem perdeu um filho consegue entender realmente o que sentimos, pois é uma dor indescritível. Infelizmente os homens na maioria são menos sensíveis, aceitam com mais facilidade porque não é eles que carregam o bebe no ventre durante 9 meses, a nossa ligação com nosso bebe é muito mais forte, por isto a nossa dificuldade em aceitar a perda de nossos anjinhos.
    Sabe por que você esta sofrendo tanto? Porque você já é mãe, assim como eu e sabe o quanto é maravilhoso ter um filho. Temos consciência plena do que perdemos e por ser mãe é que você tem que ser forte, mesmo estando com o coração partido, pois a vida continua e seu filho precisa muito de você. Temos muito que agradecer a Deus porque já somos mãe enquanto muitas mulheres provavelmente não poderão ser mãe jamais. Com o tempo você vai se sentir melhor e poderá tentar novamente. Sei que você assim como eu gostaria muito que fosse agora neste momento, mas como sempre digo Deus sabe o que é melhor pra gente.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  49. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  50. Oi Fernanda escreva quantas vezes desejar, o blog foi criado justamente para isso para podermos desabafar. Aqui todas nós somos mães de anjos e sabemos como você se sente, pois compartilhamos da mesma dor. Escreva nos passando o endereço do seu blog
    para que possamos acompanhá-lo. E quanto as suas “amigas” concordo com você faltou sensibilidade delas realmente, só o fato de levar o bebe recém nascido até sua casa já é o suficiente para te deixar muito triste, como não se lembrar do seu bebezinho, mesmo que pequenino. Não se lembrar que até pouco tempo você sonhava em breve em ter um lindo anjinho nos braços, como o que foi até sua casa. Mas infelizmente, a vida é assim, tem um ditado que diz: “Que pimenta nos olhos dos outros é refresco”.
    Consigo entender a sua revolta diante desta situação, com certeza eu me sentiria assim também. Mas temos que aprender a perdoar
    as pessoas com falta de sabedoria, guardar ressentimento vai te deixar ainda mais pior do que você esta.

    Tem uma oração muito linda de São Francisco de Assis, gostaria de deixar pra você.

    Senhor, fazei de mim um instrumento de tua paz;
    Onde houver ódio, que eu leve o amor;
    Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
    Onde houver discórdia, que eu leve a união;
    Onde houver dúvidas, que eu leve a fé;
    Onde houver erros, que eu leve a verdade;
    Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
    Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
    Onde houver trevas, que eu leve a luz;
    Que eu procure mais consolar que ser consolado
    Compreender que ser compreendido
    Amar que ser amado
    Pois é dando que se recebe
    E é perdoando que se é perdoado
    E é morrendo
    Que se vive pra vida eterna

    De sua amiga Cecylia

    ResponderExcluir
  51. Oi Fernanda, tive a mesma sensação que vc sabia!!! lógico tive amigas que me apoiaram e estavam todos os dias comigo nem que fosse 10 minutos e agradeço mto, mas me senti mto mal pelo o que meus irmaos espíritas fizeram. nao recebi uma visita que fosse apenas 2 telefonemas e eu desejava tanto ouvir uma palavra de conforto de quem entendia mais que eu!Sabe, axo que sao essas horas que nos fazem reconhecer os verdadeiros amigos. quem me deu a desculpa de que estava sem graça, sem ter o que me dizer, eu nao liguei simplesmente exclui da minha lista de amigos, pq na verdade nao sao.ate alguns parentes meus fizeram isso. nao há desculpa!! qdo se ama se encontra algum jeito nao é mesmo. tanto é que nem na casa espírita dak da cidade eu fui mais, isso me faz falta mas nao iria me sentir bem la mais!! sabe onde encontrei amigas??? ak no blog! trocamos msn e sempre nos falamos. Deixo o meu se quiseres falar comigo to sempre on line . bjosss e força prisciladarolt@hotmail.com

    ResponderExcluir
  52. Tive uma gravidez ectópica..estava com 8 semanas...tiveram que fazer uma cesariana de urgência..retiraram minha trompa esquerda com nene e tudo..fez 1 ano no dia 22 d janeiroo aagora(22/01/10).
    Naõ desisit d ter um filho..claro q fika um temor né?
    mas confio em Deus
    tenho 27 anos e sou casada,hj com um homem maravilhoso e com um homem q me ama realmente,pq na época o pai do meu anjinho( q nem vale citar o nome)era um canalha..q nem fikava no hospital comigo direito...apos eu me recuperar da cirurgia ele me abandonou literalmente..voltou pra ex dele..como senaum bastasse a dor da perda do filhooo...
    mas Deus enviou um presente pra mim meu atual marido me dar maiaor força..
    mas tenho temores..meu útero é bicorno tbmm..falam q pessoas com esse tipo d utero dificilmente engravida ou qdo engravida aborta..
    meu anjinhOO ia se chamar Davi Henrique se fosse menino ou Joana se fosse mulher..na época eu tava confusa,pq naum esperava engravidar,qdo senti afeto por ele..ele se foii...q eu possa ve-lo um diaa..
    Queria dizer pra ele hj:Filhoo nunca te vi..mas te amo
    bjaum a todas!

    ResponderExcluir
  53. Oi Khennya Suely, sinto muito por seu bebezinho.
    Querida não deista nunca, acima de qualquer problema, de qualque coisa que os médicos digam, existe Deus. Ele sim é o médico dos médicos, confie Nele, logo você terá outro anjinho nos seus braços ao lado da pessoa que você ama. Espero que você me escreva em breve contanto as novidades.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  54. Olá Meu nome é Naldilene (Recife/PE).

    Perdi minha primeira gravidez com dois meses, nessa gravides só gerou o saco gestacional e não o embrião, o médico falou que deve ser sido por ma formação, graças a deus não precisou de fazer curetagem, saiu naturalmente.

    Na segunda gradives perdi meu bebe com 23 semanas, acordei com pequenas contração, mais não sabia pensava que eram cólicas, corri para a maternidade e fui transferida para fazer uma ultração de emergência, nesse meio tempo só aumentou as contrações e já voltei para a maternidade em trabalho de parto, não tinha muito o que fazer pois voltei com mais ou menos 07 centimetros de dilatação, então não tinha como medicar para parar para a dor. Então tive que fazer o parto normal em seguida de curetagem.

    Na minha terceira gestação perdi minhas meninas com 21 semana eram gemêas! Acordei com minha bolsa rompendo antes das 05 da manhã, corri para a maternidade, e quando o médico fez o toque a segunda bolsa já estava no canal vaginal. Tive um parto normal seguido de curetagem. Meu médico falou que isso aconteceu por conta de uma pequena infecção, que acontece com muita frequencia durante a gravides, e por toda gestação gemelar serem de alto risco, estouro muito fácil a minha bolsa.

    Enfim foi muito difícil a segunda gravides pois não esperava perder meu filho (menino).
    E na terceira gestação nossa... estávamos todos muito contente afinal eram duas meninas tudo muito novo, uma benção que estava pra chegar,em dobro. Passar pela mesma coisa tudo de novo ai é que não esperava mesmo, duas vezes seguida!!!

    Mas busquei conforto em DEUS, pois de tudo ele sabe em minha vida, e nas horas que mais estava sofrendo nas percas entreguei a ele os meus filhos, e que ele fizesse o que fosse melhor pra mim. E ele fez o melhor pra mim não sei em quê, talves eu saiba um dia, mais acredito, eu crei nisso. Então estou aqui agora para contar minha história, e ainda digo mais não vejo a hora de engravidar novamente e ai segurar meu filho(a) com a permissão de DEUS.
    Pois não vou desistir, e tudo posso naquele que me fortalece.

    ResponderExcluir
  55. Oi Priscila agradeço as suas palavras,hoje fazem 11 dias que perdi meu bb,e estou naquela coisa de ri sozinha e quando se menos espera começo a chorar,faço varios planos e do nada tudo volta a não fazer sentido,continuo muito sozinha ninguém me procurou nem um telefonema,até as pessoas da família acham que eu tô exagerando e as vezes fico me perguntando será que estou mesmo?será que eu não tenho o direito de sofrer por um bb só porque ele ainda não tinha nascido?mas pelo fato de ele ser tão amado eu jamais vou achar que é bobeira,hoje estou um pouco melhor,mesmo sem entender porque todos me deixaram de lado(menos meu marido,mãe,sogra e sogro)eu acho que isso serviu pra eu ver que não existe amizade assim .se as pessoas não se importaram comigo nessa hora tão difícil ,parei de me importar com isso ,bem pelo menos tentar né,e cuidar de mim e da minha família.
    te deixo um abraço e vou te add sim,ah se vc quizer visite meu blog,criei agora só pra poder desabafar tbém.

    ResponderExcluir
  56. Olá Meu nome é Naldilene (Recife/PE).

    Perdi minha primeira gravidez com dois meses, nessa gravides só gerou o saco gestacional e não o embrião, o médico falou que deve ser sido por ma formação, graças a deus não precisou de fazer curetagem, saiu naturalmente.

    Na segunda gradives perdi meu bebe com 23 semanas, acordei com pequenas contração, mais não sabia pensava que eram cólicas, corri para a maternidade e fui transferida para fazer uma ultração de emergência, nesse meio tempo só aumentou as contrações e já voltei para a maternidade em trabalho de parto, não tinha muito o que fazer pois voltei com mais ou menos 07 centimetros de dilatação, então não tinha como medicar para parar para a dor. Então tive que fazer o parto normal em seguida de curetagem.

    Na minha terceira gestação perdi minhas meninas com 21 semana eram gemêas! Acordei com minha bolsa rompendo antes das 05 da manhã, corri para a maternidade, e quando o médico fez o toque a segunda bolsa já estava no canal vaginal. Tive um parto normal seguido de curetagem. Meu médico falou que isso aconteceu por conta de uma pequena infecção, que acontece com muita frequencia durante a gravides, e por toda gestação gemelar serem de alto risco, estouro muito fácil a minha bolsa.

    Enfim foi muito difícil a segunda gravides pois não esperava perder meu filho (menino).
    E na terceira gestação nossa... estávamos todos muito contente afinal eram duas meninas tudo muito novo, uma benção que estava pra chegar,em dobro. Passar pela mesma coisa tudo de novo ai é que não esperava mesmo, duas vezes seguida!!!

    Mas busquei conforto em DEUS, pois de tudo ele sabe em minha vida, e nas horas que mais estava sofrendo nas percas entreguei a ele os meus filhos, e que ele fizesse o que fosse melhor pra mim. E ele fez o melhor pra mim não sei em quê, talves eu saiba um dia, mais acredito, eu crei nisso. Então estou aqui agora para contar minha história, e ainda digo mais não vejo a hora de engravidar novamente e ai segurar meu filho(a) com a permissão de DEUS.
    Pois não vou desistir, e tudo posso naquele que me fortalece.

    ResponderExcluir
  57. Oi Naldilene sinto muito por seus bebezinhos.
    Amiga, imagino o quanto deve ter sido difícil pra você passar por tantas perdas e ainda conseguir ter forças para não desistir de ser mãe um dia. Concordo com você, quanto a não saber exatamente o propósito de tanta tristeza, mas eu só consegui encontrar paz a partir do momento que coloquei no meu coração que Deus fez o melhor por mim e pelo meu bebe.
    Deus conhece o nosso passado, nosso presente e nosso futuro, Ele não dá um fardo maior do que podemos carregar. Deus conhece a sua estrutura, ele sabe que você deseja ter um bebe perfeito, que te traga muitas alegrias. Imagine se você tivesse um filho deficiente, ou um filho que simplesmente vegetasse em cima de uma cama, com certeza o seu sofrimento e o da criança seriam bem maiores. É claro que se vier com problemas, amaremos do mesmo modo, mas quem deseja ver um filho sofrendo? Se Deus levou seus bebezinhos é porque eles não estavam bem.
    Confie em Deus querida, no momento certo Deus te dará um filho perfeito, antes de engravidar novamente, procure um médico ginecologista para te orientar sobre os cuidados a serem tomados. Existem vários problemas de perdas gestacionais repetidas que devem ser investigados e com um tratamento correto podem ser resolvidos.
    Espero que você possa realizar logo o seu sonho da maternidade.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  58. Estrela do mar

    Eu tb perdi meus Bebês com 25 semanas o coração de uma parou de bater, ainda fiquei uma semana tentando segurar a outra, mas não deu desenvolvi uma infecção e foi necessário uma cesaria, minha bebê nasceu com vida e apos 6 horas veio a óbito por estar muito prematura, fiquei arrasada e ainda estou, não consigo entender o que Deus quer me mostrar, parece tão injusto, eu estava com td pronto, 2 bercinhos....é muito frustante, choro muito inclusive escondido é uma dor que não tem fim......descobri que tristeza dói, dói muito.

    ResponderExcluir
  59. Oi amiga, sinto muito por suas meninas.
    Eu entendo a sua dor, pois perdi o meu bebe com 7 meses e meio. Todas nós nos sentimos injustiçadas mas tente colocar no seu coração que Deus fez o melhor por você e por suas filhinhas. Quanto mais questionamos mais sofremos, digo isto por experiência própria. Eu também já chorei muito, entrava no banho, e ao lavar o meu corpo passava as mãos em minha barriga e sentia falta dela e do meu bebezinho tão desejado. O meu peito latejava pedindo o meu filho. Hoje estou bem graças a Deus, entendi que as coisas que não podemos mudar devemos aceitar com mansidão. Deus esta vendo as suas lágrimas, mesmo que ninguém veja e Ele conhece o seu desejo de ser mãe.
    Confie me Deus, espero que Ele possa te enviar outro anjinho logo do céu, mas que venha te proporcionar muitas alegrias. Nada neste mundo pode substituir nossos anjos, mas com certeza um outro filho te deixará muito feliz.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  60. estrela do mar

    Obrigada cecylia pelo o apoio e sei que o melhor é aceitar e tentar levar a vida na normalidade,e que a dor e a saudade é só minha e assim será pois mãe é mãe não importa o tempo que passe nunca esquecerei minhas filhas. Abraços

    ResponderExcluir
  61. Olá Cecylia,

    Agradeço muito pelas palavras de conforto. E sei que Deus é fiel, e tudo poderei por só ele me fortalece.

    O seu site é muito legal,Parabens!

    ResponderExcluir
  62. Nanda, também perdi minha princesinha,a Luize, a 30 dias, tenho um menino de 3 anos que me ajuda a espantar a tristeza,mas tambem me sinto muito sozinha, as pessoas se afastaram de mim, e muitas vezes se aproximam com o interesse de saber o que aconteceu, quais as causas da minha perda.Faço parte de uma igreja, onde somente 2 pessoas me ligaram, e com certeza hoje posso dizer quem realmente me ama de verdade, quem são meus verdadeiros amigos. Mas ao mesmo tempo eu me sinto sustentada por Deus, pois de alguma forma sinto que Ele é quem me dá forças a cada manhã para continuar em frente, sei que uma parte de mim se foi, mas que vou superar e quem sabe Deus me concede novamente a graça de ter novamente uma menina, tudo tem o seu tempo.Confesso que tem dias que acordo bem, tem dias que choro bastante e tem dias que durmo muito,pois não estou trabalhando devido a licença maternidade,(que ganhei igual mesmo não tendo a minha bebe aqui comigo), mas esse tempo com certeza vai me ajudar no meu processo de cura. estou compartilhando isso porque aqui encontrei conforto e sei o quanto está sendo díficil continuar...

    ResponderExcluir
  63. Oi,sinto muito pela sua filha LUIZE,infelizmente é assim né,as pessoas que achamos ser nossos amigos acabam nos virando as costa,talvez tenhamos que passar por tudo isso para ver quem são nossos amigos ou até fazer novos amigos.eu tive até que ouvir de pessoas que estou me fazendo de vitima e que existe sofrimento muito pior do que o meu.mas é assim nessas horas as pessoas preferem nos culpar e nos julgar.
    espero que DEus nos conforte
    1 forte abraço!

    ResponderExcluir
  64. Oi,tenho 20 anos sou casada a 3 ,estou muito triste ja perdi um bebe de dois meses,pois o coraçao parao de bater, comecei a fazer tratamento esse ano , no primeiro mes engravidei,mais ontem descobri que o coraçao do bebe parou de bater de novo com dois meses novamente,meu marido esta viajando ainda nem disse a ele , eu nao queria fazer curetagen e um procetimento que nos chateia muito,gostaria de saber se alguem ja tomou remedios ao invez da curetagen e se doi muito, nao tenho sangramento nem dor, apenas a revolta, meu medico me disse que tenho endomentriose , e que que vou ter que operar, estou muito triste...

    ResponderExcluir
  65. anne,sinto muito pelos seus bbs,eu tbém perdi meu bb ha 15 dias,estava de 4 mêses de gestação e o coração dele tbém parou de bater,o médico me encaminhou pra curetagem mas disse que se eu quisesse esperar para dilatar o colo sozinho eu poderia esperar,q pode levar de 20 a 30 dias para começar a sangrar e expulsar o feto,assim vc vai sentir dor sem ser forçada com medicação,mas como meu bb ja tava grande ele me aconselhou a fazer a curetagem assim eu não ficaria com a agonia da espera sabendo que tinha um bb morto dentro de mim ,de qualquer forma eu teria q passar pela curetagem,agora eu fui em varios médicos no dia uns 6 em varios hospitais para me convencer disso.quanto a vc ter endometriose eu tbém tenho e ha 6 anos venho procurando tratamento,pelos médicos eu ja teria feito a cirurgia,mas achei melhor não fazer,por fim os últimos médicos q encontrei me falaram q endometriose não causa infertilidade apenas dificulta as vezes a vc engravidar e q conseguindo isso a gravidez é normal pelo mesno é pra ser né,então estou te falando pelo q ja passei e continuo passando,sofro muito com dores e sangramentos pela endometriose,mas quando tava fazendo tratamento eu não sentia mais nada,e engravidei rapidinho tendo ficado apenas 1 semana sem o anticoncepcional,
    procure outros médicos,vá em varios,pois varios me falaram q eu não podia engravidar mas eu acredito em DEUS e mesmo passando pelo q passei vou continuar tentando.
    se de tudo não der certo ao menos vc tentou.
    querendo me mande um email,ou deixe um recado no meu blog
    nanda.nanda81@hotmail.com
    http://vocefoiembora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  66. Olá Meninas meu nome é Cleide, tenho 33 anos tenho um filho maravilhoso de 5 anos e 8 meses é a minha razao de viver. Em junho de 2009 decidi engravidar estava realizando um sonho dando irmaozinho(a) para o meu filho que nao parava de pedir, e o meu marido fez ate um churrasco entre amigos para comemorar a minha gravidez estavamos todos no ceu liguei para todas amigas e parentes falando da nossa felicidade. Mas com 6 semanas de gestacao meu chao se abriu, comecei com sangramento fui a maternidade onde fui hospitalizada uns 4 dias. Apos alta fui fazer ultra onde foi constatado morte do embriao parada respiratoria. Vcs imaginam como fiquei e meu Marido coitado acordava de madrugada para chorar escondido de mim. meu filho quando cheguei da ultra ele perguntou, mamae e o meu irmao quando nasce. Eu com olhos cheio de lagrimas disse, a ele, virou uma estrelinha, foi muito comovente.... Meu filho olhou para o ceu e disse, papai do ceu, devolve meu irmaozinho papai do ceu, porque vc fez isso, papai do ceu, minha mae é do bem. Vivemos 4 meses de luto eu so sabia chorar nao me conformava entrei em depressão, mas graças a Deus nao me entreguei cortei o meu cabelo mudei de cor e comecei a fazer artesanato para esquecer. E gracas a Deus em janeiro de 2010 recebi uma boa noticia uma nova vida dentro de mim. Estou gravidissima ja estou 6 meses de gestacao e esta tudo bem, é uma pricesinha que vai se chamar Rafaella a felicidade voltou a reinar na minha casa estamos todos radiantes. Espero que vcs assim como eu de a volta por cima Deus sabe sempre o que faz nao desistam do seu sonho, eu so consegui superar a perda depois que engravidei novamente todos somos capazes nao desanimem. Pois sempre há uma luz no fim do tunel
    Beijos fiquem com deus. Quem quiser desabafar
    e-mail cleidespg@hotmail.com

    ResponderExcluir
  67. Oi Cleide, obrigada pelo depoimento, com certeza vai ajudar muitas mamães que passaram pela dor de perder um bebe desejado a não desistir nunca de realizar o sonho da maternidade!
    Que a Rafaella venha com muita saúde é o que desejo no fundo do meu coração.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  68. OI ANNE sinto muito p/ seu bebe.eu também perdi aminha bebe estava gravida de sete meses era uma linda menina a Yara.Deus a levou dia 2/3/10 sofrir muito ainda nâo estar sendo fácil mais tenho muita fé em Deus e nâo desistir.Deus é maior do que todas as coisas acredite!nâo perca as esperanças minha amada.tenha fé.creia em Deus ele é o Deus do impossivel.peça a ele e ele tudo farar creia.eu creio.o próprio Deus nos fala que tudo que pedimos no nome de Jesus ele nos concederá.DEUS É MAIS.DEUS é maior do seu diaguinostico,do que o que seu médico falou.ele é o médico dos médico e tudo pode.não sei qual é qual é a sua religiâo.mais procure uma igreja um grupo de oraçâo vai te ajudar muito.procure por Deus clame por ele e ele te darar novamente o milagre de ser mâe creia.o impossível para nóis tudo é possivel pra DEUS.Jesus tem uma obra muito grande na tua vida.agora as noites pode ser traiçoeiras mais após a dor vem a alegria.vou rezar por vc e vc vai ver o que Deus farar na tua vida basta ter fé.sempre que vc estiver triste lembre dessa mensagem.O SENHOR É MEU PASTOR E NADA MIM FALTARAR.Ainda que eu ande pelo vale da morte eu nada temerei!TENDE CONFIANÇA EM DEUS ELE ESTAR CONTIGO.se quizer falar comigo meu msn é [ivanicemello@hotmail.com]fiacrei feliz em conversar com vc.FORÇA CORAGEM!FICA COM DEUS.VANA MELLO.

    ResponderExcluir
  69. ola sei como e triste a dor da perda, tive pre eclampsia e fiz uma cirurgia de emergencia estava de 07 meses minha linda so aguentou um dia, mais foi o suficiente para eu saber o que é ser mae de verdade, e dificil conviver com a dor mais, mais ter fe é o que ajuda nestes horas. o pior de tudo e vc ver quase toda suas parentes que na epoca nem estavam gravidas agora estarem preparando o enxovalzinho de seus bebes, e muito doindo pra gente.
    quero tentar de novo daqui um ano(apesar do go ter dito que o correto e 2) alguem ja engravidou antes do tempo pedido pelo go, gostaria de saber.
    abraços e cnforto a todas.

    ResponderExcluir
  70. Oi amiga sinto muito por sua filhinha.
    Quando perdemos nossos anjinhos, parece que tudo dá certo pra todo mundo menos pra gente, parece que o filho de todo mundo nasce vivo menos o da gente. Mas infelizmente isso acontece com mulheres do mundo todo e Deus não escolhe classe social, cor de pele e nem religião. Acredito que nada acontece por acaso e um dia saberemos o verdadeiro motivo. Mas sempre tente pensar que Deus é sábio em tudo o que faz, e Ele vai te confortar assim como Ele tem me confortado.
    Entendo seu sentimento em relação as suas parentes, não é inveja, nem maldade sua, mas sim um sentimento de incompreensão, porque que tinha que acontecer com você, porque não podia correr tão bem quanto para elas. Aí bate uma tristeza no fundo da alma, sei o quanto é angustiante. E isso machuca muito dói por dentro principalmente quando vemos essas mesmas mulheres com seus filhos já nos braços e a gente sem os nossos. Mas com o tempo isto vai passar, essa dor vai amenizar, e ficará apenas a saudade.
    Bom quanto a mulheres que engravidaram logo após a perda se seus bebes, se você quer um bom exemplo acabou de nascer dia 14 de junho a filhinha da Kelly Gasparine uma princesinha, ela engravidou 4 meses depois da cesárea, geralmente os médicos aconselham esperar no mínimo 6 meses, mas o ideal é depois de 1 ano. Mas isto não é uma regra, mas é bom ver com seu médico como esta a sua saúde porque cada caso é um caso.
    Espero que você seja abençoada logo com um anjinho do céu e que venha lhe trazer muitas alegrias.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  71. ola cecylia!!!
    tambem passei pelo mesmo que vc,a cinco meses a traz perdi meu filhinho, era tudo o q eu mas queria na vida.
    era para mim ganhar ele dia 12/02/2010, e perdi ele dia 23/01/2010 estava fazendo o pre natal direitim ia ao medico toda semana, dia 4 de janeiro fiz um ultraçon tava tudo bem ai levei para meu medico olhar dia 7 pois era o dia do meu pre natal, chegando la o medico falaou que tava tudo bem q eu poderia falha uma semana e voltar na outra q era dia 21 assim fiz cm ele falou, chegando la ele medio minha barriga tava a mesma medida, pegou o aparelho para ver os batimentos e nao conseguio achar, os batimentos dele. foi quando me deceram la para baixo fiz o ultraçon e deu q ele tava morto e pelas medias ja tinha uma semana foi simplismente na semana q eu falhei o pre natal..
    para mim isso foi a morte pois so deus sabe o quanto esse nenem era importante para mim,..
    fui para goiania na maternidade infantil para tirar meu nenem chegando la nao tinha vaga fui transferida para o coraçao de jesus...
    chegeui la no dia 21 fui transferida dia 22 as 6 horas da tarde..chegando la o medico colocou dois comprimido de citotec para as contraçoes virem..foi das 6 e meia ate 00.10 quando consegui ganhar ele simplesmente nao acreditava q ele tava morto so acreditei quando vi foi um parto normal tive ele sozinha em cima de uma cama sem nenhuma infermeira nem mesmo minha mae do meu lado pq nao podia ficar ninguem
    para mim doeu muito e ainda doi por saber q aquela dor foi em vao...nao podia fazer sezariana pq ja tinha uma semana q ele tava morto coreria um risco de dar um tetano..
    quando ele nasceu q vi aquele pequeno corpo sem vida todo deformado entrei em pranto de choro e nao conseguia mas para pq doeu muito..ele tava cm a boca aberta cm a cabecinha fofa quebrou um pe uma mao e tava nao tinha mas o pelinho da barriga e tava cm varias bolhas de agua cm sangue no corpo..
    nao sei direito a causa da perda , mas eu dei pre eclampse tava cm pouco liquio
    e o laudo deu
    sindrome da aspiraçao meconial





    conformar nao conformei mas me apego cm DEUS pois a gente tem q conformar pq esquecer nunca..
    porisso tenha força pois sei o q ta sentindo..

    ResponderExcluir
  72. Oi Janikele, sinto muito por seu bebezinho.
    Amiga que sofrimento imagino o quanto foi difícil para você passar pelo parto normal e ver o seu bebe nestas condições sua história é muito triste. Mas a sua dor não foi em vão querida, você foi mãe durante 8 meses e gerou um anjo. Tenho certeza que um dia você vai reencontrá-lo no céu e ele saberá o quanto você o amou.
    Deus esta cuidando de nossos anjinhos, e aos poucos Ele vai nos confortando, nos fortalecendo para continuar nossa caminhada. Faz 2 anos e meio que perdi o meu bebe, mas não esqueci dele um só dia.
    Com o tempo amiga a gente tem que aceitar as coisas que a gente não pode mudar.
    Espero que Deus possa te enviar outro anjinho em breve, mas que venha com muita saúde e lhe proporcione muitas alegrias.
    Escreva sempre que Desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  73. Oi gente ou nva aqui. bem nestas ultimas semana tem sido bem dificil pra mim, pois estaria com 9 meses e poderia ter meu bebe a qualquer momento. mais não foi isso que aconteceu perdi meu primeiro filho com 3 meses de gestação e foi muito dificil proque queria ser forte e não queria que ninguem tivesse pena de mim. então não chorei e abaxei a cabeça por mais que a dor me consumia por dentro mais hoje estou tão abalada pois sei que era pra ser os dias mais feliz da minha vida e estou aqui sentada tentando entender o que aconteceu o que fiz pra merecer tanta dor. sei que todas aqui passaram pela mesma dor e sofrimento e sinto muito por todas nós. mais não desisti ainda quero muito ser mãe e sei que minha hora vai chegar pode ser rapido ou demorar anos mais ainda sim quero muito ser mãe.

    ResponderExcluir
  74. Oi Renata sinto muito por seu bebezinho.
    Passar pela data que nossos bebes nasceriam é muito difícil mesmo. Mas não tente entender o porquê amiga, porque de nada adianta questionarmos só aumenta ainda mais o seu sofrimento, só Deus sabe o motivo Dele ter nos escolhido para sermos mães de anjos. Tenho certeza absoluta que um dia sabermos o real motivo, mas por enquanto temos que aceitar a vontade de Deus. Coloque no seu coração que Deus fez o melhor por você e por seu bebezinho, Ele sabe o que faz e no momento certo Ele enviará outro anjinho pra você.
    Escreva sempre que desejar
    Cecylia

    ResponderExcluir
  75. oi meu nome é Regina eu como vcs estou muito triste tbm.a 6 anos atraz perdi um filho,na quele momento meu mundo parecia ter acabado,alem disso meu casamento que ja nao ia nada bem tbm acabou.depois de 3 anos conheci um homem maravilhoso que eu o amo muito mesmo sem planejar engravidei e meu e meu namorado ficamos muito felizes nao esquecendo que eu ja tenho um filho de 14 anos,no dia 21/07/2010 fui fazer uma ultrason de rotina quando descobrir que meu bebe estava morto.fui enternada pra coletagem.doi muito ainda a tristeza e inorme assim como todas sei bem como e essa dor parece nao ter fim.tenho muito medo de engravidar outra vez apesar de querer muito outro filho.abraços a todas nós.

    ResponderExcluir
  76. Oi Regina, sinto muito por seu bebezinho.
    Querida se você tem um novo relacionamento e gostaria muito de ter outro filho, lute pelo seu desejo de ser mãe novamente permita-se ser feliz. Consulte um médico se sua saúde estiver bem, siga em frente. As perdas em nossas vidas acontecem, mas como saber se dará tudo certo se não tentarmos novamente. É preferível errar tentando a ficar a vida toda se lamentando pelo que não foi feito. Tenho uma amiga que já esta com 42 anos, ela teve 2 abortos espontâneos em um mesmo ano, apesar de ter passado pela dor da perda, ela não desistiu de tentar de novo e me disse que em breve estará escrevendo para me dar as boas novas. A única coisa que não podemos fazer é se esquecer que tudo depende de Deus, pois o sopro de vida somente Ele pode dar e se tiver que será independente da idade.
    Escreva sempre que desejar espero em breve receber uma ótima notícia sua também, e que este bebezinho que vem, seja motivo de muita alegria para toda família.
    Fique com Deus e escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  77. Thayana
    Infelismente perdi o amor da minha vida, agora no começo de agosto estava com 5 meses era um menino´RENAN. sabe uque amor, eu realmente nao entendi o pq isso aconteseu, tava tudo tão certo, e direpente... não paro de pensar nele, vi ele, peguei ele, e saber que a pessoa que mais amo se foi, era meu primeiro FILHO e sempre sera, nao paro de chora, minha vida ta acabada, lutei e nd deu certo , nd da certo pra mim, tenho pra mim, que era melhor não ter tido a sensaçao de ter ele, pois tive e o perdi sem mesmo telo. eu amo ele e como se ele ainda tivese comigo, eu falo com ele, era meu sonho bom que se foi, e agora nao tenho nd.

    ResponderExcluir
  78. Oi Thayna sinto muito pelo Renan.
    Sei o quanto você esta triste querida, mas não diga que sua vida acabou. Procure colocar no seu coração se Deus levou seu bebezinho é porque era necessário. Todas nós mães de anjos sofremos como você esta sofrendo, choramos a mesma dor que a sua, mas a vida continua e temos que ser fortes. Não desista do seu sonho, muitas meninas do blog perderam seu bebezinho na primeira gestação e hoje já estão com outro bebe no colo, felizes da vida. Sei que você queria que ele estivesse do seu ladinho, eu também queria que o meu estivesse comigo, mas não depende da gente. Eu acredito que Deus tem algo de muito bom reservado para todas nós, mas temos que esperar o tempo Dele, na hora certa Ele te enviará outro anjinho do céu. Que Deus possa confortar seu coração assim como Ele tem me confortado.
    Escreva sempre que desejar.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  79. perdi meu filho guilherme de 19 anosem acidente de carro,um filho que sempre foi uma benção de deus na minha vida...mais não to conseguindo superar essa perda já fazem 9 meses que isso acontceu ,,tá muito dificil..tem que acho que vou ficar louca..tenha uma filha de 17 anos..mais nem ela consegue preenche essa dor,esse vazio,essa solidão enorme que está dentro de mim...preciso de ajuda.

    ResponderExcluir
  80. Oi Vera, sinto muito pelo Guilherme.
    Entendo o seu sofrimento amiga, perder um filho dói muito, acredito que seja a pior dor que uma mulher pode sentir na vida, ainda mais quando este filho esta na flor da idade com um futuro todo pela frente. Mas também acredito querida que todos nós temos o nosso tempo aqui na terra, uns se vão mesmo antes de ver a luz deste mundo como foi no caso do meu menino que morreu no meu ventre, outros se vão na juventude e outros na velhice, mas todos nós um dia iremos mais cedo ou mais tarde. Quando Deus chama nossos filhos de volta, acredito que seja porque a missão deles aqui na terra já terminou, pois o tempinho que eles precisavam era só este, como você mesmo disse seu filho era uma benção de Deus em sua vida tenha certeza absoluta que ele esta em um lugar bom. Imagine se seu filho pudesse te ver agora, ele com certeza iria ficar muito triste de te ver assim, quando a gente fica se lamentando pela morte de um ente querido, nós os prendemos junto a nós e eles não podem continuar sua caminhada em direção a luz e isto é muito ruim para eles pois eles sofrem também. A morte Vera, não é o fim, é apenas um breve intervalo, um dia você reencontrará seu filho, mas por enquanto amiga, você precisa continuar vivendo, cuidando de sua filha que ainda precisa muito de você. Que Deus possa te consolar a cada dia.
    Vou deixar pra você uma mensagem muito linda que diz exatamente como seu filho gostaria que você o visse.
    A morte não é tudo.
    Não é o final.
    Eu apenas passei para a sala seguinte.
    Nada aconteceu mãe.
    Tudo permanece exatamente como foi.
    Eu sou eu, você é você e a antiga vida que vivemos
    tão maravilhosamente juntos permanece intacta, imutável.
    O que quer que tenhamos sido um para o outro, ainda somos nada mudou.
    Chame-me pelo antigo apelido familiar.
    Fale de mim da maneira que sempre fez.
    Não mude o tom. Não use nenhum ar solene ou de dor.
    Ria como sempre fizemos das piadas que desfrutamos juntos.
    Brinque, sorria, pense em mim, ore por mim. Deixe que o meu nome
    seja uma palavra em casa, como sempre foi.
    Faça com que seja falado sem esforço, sem fantasma ou sombra.
    A vida continua a ter o significado que sempre teve e você mãe precisa continuar vivendo.
    Existe uma continuidade absoluta e inquebrável.
    O que é esta morte senão um acidente desprezível?
    Porque ficarei esquecido se estiver fora do alcance da visão?
    Um dia nos reencontraremos, mas não chore por mim, pois estou bem.
    Aceite a vontade de Deus para as nossas vidas, Deus não quer o nosso mal
    e nada faz para nos prejudicar.
    Enxugue as suas lágrimas e viva como se eu estivesse ao seu lado.
    Sempre fui o seu anjo e ainda continuo sendo.

    ResponderExcluir
  81. ola..
    Tenho 24 anos...Estava com 11 semanas, estava tão feliz, uma semana antes fomos comprar o quarto do bebe, sim muito cedo mais estavamos tão felizes...
    Acordei pela manha e vi umas manchas claras, log apos fui ao posto e o medico disse que estava tudo bem comigo, meu utero estava bem fechado, mas pediu que eu descansasse...]
    Achei estranho o porque daquele pequeno corrimento..e fui e fiz uma ultra vaginal pelo meu plano, e o bebe se formou ate a 8 semana..tive uma gravides interrompida...
    o medico pediu pra mim esperar ate eu ter um aborto, eu no outro dia pela manha tive muito sangramento...
    fui ao hospital estava muito fraca, fiquei toda manha com soro..a noite fui fazer a coletagem..meu utero estava fechado ainda, tive que induzir.
    Estou tão triste, me desiludi..A unica coisa que me da força é meu namorado que me olha e me da um sorriso de esperança...
    Estou de cama desde sabado..mas sei que tenho que reagir....

    ResponderExcluir
  82. Eu gostaria de postar meu sofrimento tambem, depois de 1 ano e meio tentando engravidar quando engravido por conta de um erro medico que medica um remedio errado eu vim a oreder o meu bebe gestante de 10 semanas o coração ja batia estava feliz da vida e meu marido havia escolhido um nome se fosse menino ( Miguel ) e eu se fosse menina ( Rebeca ) mais a sensação do vazio dentro da gente nunca passa acho que irá durar a vida inteira e agora fica a dor a perda maior do que a dor que sente quando tem as dores para tirar o feto morto de dentro de vc. É muito triste mais eu tenho um Deus vivo e creio que esse médico esta nas mãos de Deus e Deus sabe o que faz.

    ResponderExcluir
  83. Oi Gente, estou aki pra contar uma historia que não é minha e sim da Vivi, minha cunhada...no início do ano passado ela engravidou, meu irmão e ela vibraram muito com a possibilidade da chegada do bebe...mas com 3 meses ela sofreu um aborto espontâneo, seis meses depois, a luz voltou a brilhar com a possivel chegada da MARIA LUÍZA, a (MALU), mas infelizmente com sete meses de gravides, no dia 4/01/11 ela teve perda de liquido e com 7 mese teve que fazer um parto as pressas, MALU nasceu com um pouco mais de 600g na maternidade MMR (Tijuca) RJ e veio a falecer na madrugada de ontem, hoje foi um dia muito triste, pois enterramos nosso anjinho, quero deixar registrado que nesse período morreram 5 bebes nessa maternidade, não quero culpar ninguém, pois sei q Deus sabe de todas as coisas...mas quero pedir que orem por minha cunhada e meu irmão, pois estão sofrende demais por mais uma perda...Maluzinha ficou muito pouco...mas será lembrada para sempre!!

    **MARIA LUÍZA**
    PAI: LUIZ HENRIQUE
    MÃE: VIVIANE

    ResponderExcluir
  84. Olá meninas!!!
    Perdi minha Palloma á um mê e meio, ela era meu terceiro bebê que perdi depois de 9 anos da última perda.
    Procurei o médico em um hospital,no qual me pediu uma bateria de exames, e foi constatado que o meu problema é na placenta, e meu tratamento vou ter que usar Heparina.
    Gostaria de saber se uma de vocês já fizeram esse tratamento ou conhecem alguém que já fez.
    Eu moro em Gravataí (região metropolitana de Porto Alegre/ RS). nde eu posso encontrar essa vacina com mais facilidade?

    Um grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  85. VIVIANE!
    HJ FAZ UM MÊS QUE ENTERRAMOS ME BB EDUARDO HENRIQUE, ESTOU SOFRENDO MUITO TBM, MAS LEMBRAREI DE VCS EM MINHAS ORAÇÕES.DEUS ABENÇOE VCS, LEMBRE-SE ELES SÃO OS NOSSOS ANJINHOS.
    UM ABRAÇO SELMA

    ResponderExcluir
  86. Oi Viviane, sinto muito por sua sobrinha Maria Luiza.
    A chegada de um bebe é sempre uma festa, mas quando eles nos deixam é sempre um monte de interrogações que ficam. Tão difícil entender a vontade de Deus, mas eu creio que Ele sempre quer o nosso bem, e apesar de nos sentirmos muito tristes nossos anjinhos estão bem, pois estão na presença de Deus. Espero que sua cunhada possa ser consolada por Deus e que Ele possa lhe dar a alegria de poder embalar um bebe no colo e que a próxima gravidez seja somente motivo de muita alegria para todos.
    Se quiser passar o endereço do blog para sua cunhada posso estar conversando com ela, com certeza ela está muito triste e precisa do apoio de toda família.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  87. Oi Silvia sinto muito pela Palloma.
    Não conheço ninguém que já tomou ou esteja tomando Heparina,
    mas se souber eu deixo o recadinho aqui pra você.
    Que Deus possa abençoá-la com outro bebezinho e que desta vez corra tudo bem, é o que lhe desejo sinceramente, pois eu sei o quanto dói ter um sonho interrompido.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  88. Ola meu nome é Daniela
    Tive uma gestação maravilhosa até o 8 mes porém da noite para o dia minha pressão aumentou e acabei perdendo meu Enzo e acabei ficando com uma doença cardiaca grave 4 dias de UTI mais 4 dias internada.Além da dor de perder meu anjo ainda tinha que lutar por minha vida.É um vazio tão grande que somente nós que passamos sabemos nunca imaginei que isso poderia acontecer.
    dannyfelice@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  89. Daniela tenha fé em DEUS,ele é o conforto que precisamos....Eu me chamo também Daniela,tive minha princesa que nasceu prematura com oito meses,tinha problemas cardíacos viveu comigo seis meses e meio,e hoje faz dez meses que minha Isabela foi morar com DEUS.É uma dor que só quem passa sabe,no começo me desesperei,só chorava.Queria conversar sobre o assunto da minha bebê mas ninguém tinha tempo,foi aí que descobri esse blog,foi maravilhoso,pois podia conversar com pessoas que me entendiam que passaram pela mesma dor que eu,Daniela tens que ser forte para superar todo esse sofrimento.Hoje você tem um anjinho chamado Enzo que está no céu te protegendo e não quer ver você triste...Seja forte amiga,que DEUS te conforte e te abençõe.....

    ResponderExcluir
  90. Paula (Rio de Janeiro)

    Acabei de perder meu bebe, estava com 7 semanas, e infelismente nao havia batimentos cardiacos. Hoje volto pra casa depois de uma curetagem bem sucedida, mais nada supre o sofrimento de perder um bebe tao desejado, sinto em meu coração um enorme vazio, Hoje me resta perdir forças a Deus, para tentar retomar minha vida, e anular todos os meus planos, mesmo tao pequeno, havia muito amor a esse bebe.
    AS mamaes, cuidem ao maximo de sua gravidez, seja fiel ao sopro de vida que deus lhe proporcionou. Saúde e Sorte para todas.!

    ResponderExcluir
  91. Oi Paula sinto muito por seu bebezinho.
    Sei bem amiga o que é ter os sonhos interrompidos,
    mas os sonhos de Deus para a nossa vida são bem maiores.
    No momento tudo parece tão triste, tão injusto, mas Deus sempre sabe o que é melhor pra gente e para nossos bebes, e se Ele levou nossos anjinhos tenha certeza absoluta amiga que era pra o bem deles e nosso também. Espero que Deus possa abençoá-la logo com outro bebezinho, muitas mamães do blog perderam seus filhos na primeira gestação e hoje estão felizes embalando seus filhinhos no colo.
    Que Deus possa confortá-la assim como Ele tem me confortado.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  92. Os dias vão passando, e caem no esquecimento das pessoas a perda, dentro do meu coração e viva a dor de semanas a trás, e constante o sentimento de terem tirado a maior razão da sua felicidade, quando só, e quando mais sentimos, os dias e horas passaram a ser contados, muitas das coisas não tem mais o sentido, o vazio e a tristeza tomam conta.
    Desde o ocorrido são 11 dias, e o sentimento e o mesmo. Triste e sentir uma vida, sonhar com uma vida nova, com mais uma pessoa pra te fazer feliz, sentir sua pele macia, olhar a perfeita criação de Deus, Se sentir a pessoa mais poderosa do mundo, abrigar uma vida dentro de você, e no final tudo ser tirado, que ordem desfavorável ingrata que Deus proporciona a algumas mulheres? Porque para algumas e tão fácil tirar, doar, e pra outras e tão difícil gerar com perfeição? Ou ate mesmo gerar? Sentir q será mãe, e arrancarem de você, não e ruim, é péssimo, e frustrante, doloroso demais, por quantas semanas que for, sejam poucas ou muitas, quando sentirmos mães, sentimento materno de proteção, vivia com poucos cuidados na alimentação, a correria do dia-a-dia, não me deixava ser tão atenciosa comigo mesmo, logo a descoberta da minha gravidez, ao mesmo momento mudei tudo, não so a alimentação, mais ate mesmo meus pensamentos, eu não pensava mais em mim, e sim em NÓS, foi um sonho, sonhei com um anjo, com meus traços, com as características do papai, _“pensei, será que ele vai ser bicudinho como eu”? e a melhor coisa desse mundo, sonhar com seu filho!
    Difícil saber a causa de perder, fiz todos os exames e ta tudo certinho, me culpo tanto, onde foi que eu errei,? Não tenho nenhuma doença, estava tudo tão correto, embrião implantando, cavidade amniótica normal, anexos normais, corpo lúteo, tudo aparentemente perfeito. O crucial foi os batimentos cardíacos não detectados, onde foi o erro, pelo coração não ter se formado,? Ficar duas semanas com seu bebezinho morto dentro da sua barriga, conversar com alguém que não mais te escuta.
    Trajetória triste, que não desejo a ninguém.

    ResponderExcluir
  93. Paula Pitasse não é fácil,ser mãe senti o bebê e derrepente tudo acabar.Todo o amor que sentimos por nossos bebês,todos os sonhos são enterrompidos,e nos deparamos sozinhas com um enorme vazio dentro do peito.Paula temos que erguer a cabeça e seguir em frente,viver um dia de cada vez.Somos mães de anjos,e DEUS sabe que somos fortes para superar todo esse sofrimento....Os nossos bebês estão junto de DEUS,estão bem cuidados e são muito amados,um dia nós iremos reencontrar nossos bebês para sermos felizes novamente,mas até que esse dia não chegue temos que continuar vivendo.QUE DEUS TE DÊ MUITA PAZ E TODO O CONFORTO QUE VOCÊ PRECISA.......Beijos no seu coração....

    ResponderExcluir
  94. Olá pessoal... Eu já perdi 02 bebês, e foram todos com 4 semanas de gestação... o 1° foi em abril e o segundo em agosto. Isso me deixa tão pra baixo. Pois tenho tanta vontade de ser mamãe. Hoje tenho consulta medica vou começar um tratamento... espero e peço a Deus que de tudo certo e que ele me conceda a graça de ser mãe. Aquelas que assim como eu já perdeu um bebê por mais cedo ou mais tarde durante a gravides peço que procure a Deus pois ele é o unico que ira nos confortar. E Peça a ele também que se for de sua vontade que lhe conceda essa graça na hora que ele quiser, pois só ele sabe a hora certa. tenho fé que logo serei mamãe... E só Deus sabe o quanto eu quero meu bebe na minha vida.

    ResponderExcluir
  95. Olá Cecylia, gostaria de te parabenizar pela iniciativa do blog, principalmente porque quando nos tormamos mães de anjos, muitas dúvidas começam a rondar nossos pensamentos. Minha vivência em nada diferência da vivência de todas nossas amigas na dor, a não ser por ser minha e única. Minha pequena Dora estava pronta e maravilhasa para nascer, 35 semanas, td ótimo, 1º tri ótimo, 2º e 3º tbm até que acordei no dia 24/02/11 e não a senti mexendo.
    Estavamos intímas, sua vida uterina estava quase terminando então Dora estava super esperta no útero. Qdo ela não mexeu senti algo de errado, fui pro consultório médico e não havia batimentos, lá mesmo fizemos um US e foi detectada a morte, fiz o procedimento necessário. Ela nasceu com o peso da semana (2K e 400 g) e perfeita, rosada, parecia um anjinho dormindo. Tinha duas circulares de cordão. Foi diagnosticado morte por circular de cordão. Enfim uma fatalidade. Confio muito no meu obstetra. Fiz tds os exames de Dopler, US Morfologico 4D. Quero logo tentar engravidar, porém um medo me persegue: Será q vai acontecer o mesmo com o próximo??? Será q tem alguma explicação???

    ResponderExcluir
  96. Oi Paula, sinto muito pela Dora.
    Entendo como se sente amiga eu também perdi o meu bebe meu segundo filho no útero quase no finalzinho da gestação, é uma dor imensurável a que sentimos.
    Quanto a acontecer de novo, não fique pensando nisto, o que tiver que ser será. Acredito que tínhamos que passar por isto, vemos tantos casos em que tudo poderia dar errado e dá certo superando todas as expectativas. A minha primeira filha a Débora, por exemplo, também teve circular no pescoço, com 3 voltas mas no caso dela foi detectado no ultrason e a médica decidiu fazer a cesárea antes e para surpresa de todos a Débora mesmo se desenrolou sozinha antes do parto e graças a Deus tudo deu certo, mas poderia ter sido diferente, só que Deus não quis levá-la naquela hora. Por isto eu te digo que o que tem que ser é acredito que em tudo Deus tem um propósito e um dia saberemos por que nossos anjos partiram tão cedo nos deixando tão tristes.
    Mas não desista do seu sonho, aqui mesmo no blog tem várias mamães de anjos que engravidaram, algumas até de gêmeos e os bebes nasceram perfeitos.
    Entregue todo seu medo nas mãos de Deus, Ele sabe o que faz por mais que a gente não “O”compreenda.
    Que Deus possa te confortar assim como Ele tem me confortado a cada dia.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  97. Oie flor...
    A perda é realmente muito difícil...
    O tempo passa e eu acho que nunca vou me acostumar... Vai ficar para sempre aquele vazio...

    Bjokas e que Deus abençoe nossos corações!!!

    Adorei o blog.... Estou te seguindo!!!

    Bjokas

    ResponderExcluir
  98. Perdi minha Ana no dia 4 de dezembro. Seria minha única filha, mas ela nasceu prematura e em oito dias se foi...

    ResponderExcluir
  99. oi Cecylia,é com muito prazer que venho te falar que Deus me deu uma segunda chance estou a espera de outro bebê que com certeza será muito iluminado pois terá um anjo chamado Davi lhe protegendo que está alegria que sinto venha se expandir para todas as mamães de anjos que nunca desisitiram de seus sonhos.bjus no coração de todas e um especial pra você. Luciana mamãe do anjo Davi.

    ResponderExcluir
  100. Oi Luciana, fico muito feliz por você. Que este bebezinho seja motivo de muita alegria em sua vida. Assim que souber o sexo venha correndo nos contar.
    Beijos
    Cecylia

    ResponderExcluir
  101. gostei mto dos passos... e como todas vocês, a dor de perder um filho parece que nunca será superada, mas acho q a dor poderá se transformar em saudades apenas... isso é o q eu espero. Deus abençoe a mossa saúde e nosso ventre!! bjs

    ResponderExcluir
  102. olá! volto pra ajudar as mamaes, que nesse periodo de perda sofrem muito! esperar o tempo passar e uma tarefa dificil, mais e preciso! e tentar mais uma vez parece ser quase impossivel quando esta triste! mais eu sofri, passei, agora estou feliz em poder compartilhar, ajudar!
    nunca perca a esperança, hoje estou gravida novamente e muito feliz, esperei o tempo passar e resolvi engravidar! estou orando e com muita fe, tenho a certeza que deus esta abençoando minha gestação, e abençoara a sua tambm!
    nunca perca a fé, deus olha para cada sofrimento, e cura as feridas! peça a ele, que ele escuta!!!!!
    mil beijossss

    ResponderExcluir
  103. Tenho 44 anos, e daqui a pouco serei submetida a um procedimento de sucção do feto que está morto dentro de mim.Com dois meses e aproximadamente 2 semanas.Sim, para os médicos e pessoas próximas, é um feto morto.Mas Deus sabe que para mim é um filho muito esperado, sonhado e desejado.Estou me mantendo forte, firme, pois sei que tudo na vida tem um proposito.Não somos conhecedores dos designios de Deus.Seria para mim e meu marido, um presente muito especial,pois ambos temos filhos maravilhosos,graças a Deus, mas de relação anterior.Não era para ser.Minha dor?Não consigo definir,explicar.Mas vcs sabem bem, e estou animada de ter encontrado este site.Assim que eu me recuperar fisicamente volto aqui.Emocionalmente?Não sei ainda como serei depois de hoje.Deus cuida de vcs.
    silene.borges@hotmail.com

    ResponderExcluir
  104. Oi Silene, sinto muito por seu bebezinho.
    Sei o quanto você está triste neste momento, pois são muitos sonhos interrompidos.
    Só quem já perdeu um filho, consegue saber como nos sentimos, pois a dor é muito grande.
    Espero que Deus possa confortá-la, assim como Ele tem me confortado a cada dia.
    Escreva sempre que desejar
    Cecylia

    ResponderExcluir
  105. Meu nome é Eliane e faz 5 meses que a minha Luisa se foi, ela nasceu de 27 semanas, eu entrei em trabalho de parto, com fortes contrações, sofri muito e fui submetida a uma cesariana. O coração da minha princesa parou. E u e meu marid estamos superando a perda porque agarramos na mão de Deus e ele que nos consola. Agora estou me preparando psicologicamente para outro bb. Choro muito ainda, sou muito triste, mas meu marido me dá tanta força!! Só qum perde sabe o que é essa dor, quem nunca perdeu nunca vai entender. Adorei o blog.Fiquem com Deus todas as mamães de anjos...

    ResponderExcluir
  106. meu nome é kesya tenho 16 anos perdi meu bebe com um 1 meis de garavidez mas eu sei que ele esta no seu meu anjinho

    ResponderExcluir
  107. Oi meu nome é carolini.. recentimente perdi meu bebe com quatro meses de gestação, mas não é meu primeiro filho ja tive uma gravidez antes e aconteçeu a mesma coisa mas foi com tres meses....
    Na minha primeira gravidez superei a morte do meu bebe sofre muito por que eu desejava muito aquela gravidez e do nada eu acabei perdendo em fevereiro de 2009 era um menino pra me foi muito ruim ele ainda estar no meu coração por que agente nunca esqueçe o que nos dar força pra poder viver e nos ensinar.....
    Na minha segunda gestação foi a mesma coisa sofre um aborto espotaneo no dia 29 de outubro e era uma menina,eu e meu marido estavamos muito feliz com a gravidez mas veio aconteçer essa fatalidade comigo..
    Mais Deus sabe o que faz eu nunca vou desistir de ser mãe.Por que pra uma Mulher o maior sonho é de ser mãe...
    Nunca desista de Mãe por que se voçe desistir voçe não é brasileira e uma brasileira não desist nunca.
    E um dia Deus vai nos dar um lindo bebe...
    Por mas que agente ja sofreu, a nossa vida não para sempre.Tem que continuar se a vida para agente morre e a morte naõ é a nossa solução.
    A nossa solução é procura a Deus e um tratamento para podemos engravidar de novo.E a melhor coisa é fazer um planejamento familiar na sua maternidade.O tratamento voçe faz com um ginecologista poe que ele que vai poder te dizer a causa do aborto que voçe sofreu.
    Estou falando isso por que eu passei a mesma coisa que voçes. E pra me é muito difiçil por que sou muito nova tenho apenas 17 anos e ja tive dois abortos espotaneos só a minha familia e Deus sabe o quanto eu sofre.Pois hoje sou casada e estou tentando supera essa perda triste.Os meus anjinhos estão com Deus e a minha vida também......
    Muito obrigada por lê o meu depoimento...
    Que Deus ilumini todas nós

    ResponderExcluir
  108. vanessa mota costa petrolini25 de novembro de 2011 16:18

    Meu nome é vanessa e perdi minha princesa as 40 semanas linda perfeita ,e que por erro medico eu a perdi , ela era muito grande e não havia mais espaço p/ ela , ia ao medico toda semana e meu go falava que estava td bem. Mais estava muito preocupada pois em minha gestaçao não sinto contraçoes e não tenho dilataçao e mesmo meu medico ciente disso não fazia a cesariana , cheguei a ir em outro hospital e escutava a mesma coisa que estava td bem e que iriam esperar ate 41 semanas .
    Ela se foi no dia 26/112011 onde não se tinha mais batimentos , passei a noite inteira chorando internada a espera do medico no dia 27/11/2011 onde as 7:30 o medico chegaria p/ fazer o parto de cesariana . estou quase louca de tanta dor . Minha vida se partiu e tento arrancar forças tds os dia p/ levantar da cama ,pois tenho 2 meninos um de 9 e outo de6... fico feliz em ter encontrado vcs

    ResponderExcluir
  109. Meu nome é Ana Paula. Tenho uma filha maravilhosa de 9 anos. Depois dela, engravidei cinco vezes e perdi. Cada vez de um jeito diferente. A última ainda dói muito. Foi dia 1º de outubro. Ao fazer o morfológico descobrimos que ele estava com Ascite fetal. Dias depois ele não resistiu. Fiquei 10 dias com ele na minha barriga. A data do nascimento dele seria 28 de dezembro. Nesses dias tenho me sentido só, triste...mas, sei que preciso reagir.Preciso me alegrar com o que de bom Deus me deu, minha filha Júlia. Tenho 38 anos e não engravidarei de novo. É muito triste quando penso isso. Além de não ter nenhuma resposta médica. Fiz milhares de exames e os médicos não chegaram a nenhuma conclusão. Ninguém sabe o que acontece. Só Deus!

    ResponderExcluir
  110. Olá...Primeiramente parabenizo a vc Cecylia por este espaço aberto onde várias pessoas podem partilhar suas histórias.A minha dor é tão grande quanto a de cada uma de vcs que perderam seus anjinhos. Eu fiz todo o pré-natal e tudo estava perfeito até as 36 semanas e 1 dia qndo sentí uma cólica de leve e fui ao médico para ouvir o coraçãozinho da minha bonequinha, mas 3 pessoas tentaram e não conseguiram, entre eles estava o meu médico que logo em seguida me encaminhou para uma ultra de urgência, saí aos prantos com aquele barrigão de quase 9 meses correndo pela maternidade, o médico veio atrás até chegarmos onde estava o meu marido que ao ver aquela situação já olhou assustado, meu Deus, nunca vou esquecer do olhar dele...Na ultra constatou-se que não havia mais batimentos, apesar de estar prontinha, linda, linda, com 2.730kg, bexiga cheia, a médica disse que fazia pouquíssimo tempo que isso havia ocorrido e realmente nesta mesma manhã eu a havia sentido mexer, por isso não queria acreditar no pior. Passei por tudo que algumas de vcs passaram, entrar na maternidade e sair apenas com um corte na barriga e muita tristeza no coração, ver seu bebezinho e pensar que ele poderia estar apenas dormindo, mas depois constatar que ele se foi..., sentir os seios latejando de leite sem o bebê para amamentar, ir ao cemitério e ver o meu nenenzinho num caixão, contar as outras semanas como se ainda estivesse grávida (por sinal hj eu estaria com 39 semanas), mas agora o sonho acabou. Pelo menos por enquanto...A família e o marido ajudaram bastante, não voltei p/ casa desde o que tudo isso aconteceu (20 dias) e provavelmente vamos nos mudar sem que eu tenha que voltar lá, tiraram tudo que pudesse me lembrar a pequenina Nicole. Mas nada disso alivia dor de esperar ansiosa a chegada de um bebê e agora sentir um vazio e uma saudade imensa. Não tenho revolta, não culpo ninguém, confio demais nos 3 médicos que me acompanharam e sei que foi uma fatalidade, Nicole foi muito amada e desejada desde o início, tenho fé que um dia lhe darei um irmãozinho lindo e saudável, mas no tempo de Deus. Segue a msg que coloquei no meu facebook para a minha pequena:
    Minha princesinha Nicole
    Eu queria cantar para embalar seus sonhos, agora sei que os anjos do céu farão isso por mim...
    Eu queria olhar nos teus olhinhos a brilhar e dizer que te amo, agora farei isso olhando as estrelas...
    Eu queria te pegar no colo e te envolver no meu abraço, mas sei que nos braços do Pai você estará bem mais protegida do que nos meus...

    Agora, só resta seguir o que disse Martin Luther King: "Se não puder voar, corra. Se não puder correr, ande. Se não puder andar, rasteje, mas continue em frente de qualquer jeito."

    ResponderExcluir
  111. oi eu tenho 15 anos de idade fiquei gravida de um menino de 17 ele é meu amigo colorido acabei perdendo o bebe com 4 meses de gestação, fiquei sem saber oque fazer, ainda não superei a dor era para ser um menininho ia se chamar Hérick pois tem um significado muito bonito, ele não era um bebe desejado chegou de surpresa na minha vida na hora que soube que estava gravida fiquei sem saber oque fazer, mas ao mesmo tempo fiquei feliz, pois é o melhor presente que poderia receber, o pai do bebe também ficou sem saber oque fazer quando soube que eu tinha perdido, e pensar que a culpa toda foi minha se eu tivesse me cuidado mais ele ainda estaria aqui comigo dentro da minha barriga, mas me descuidei fiquei muito tempo no sol, e no dia seguinte veio a surpresa inesperada que tinha perdido meu presente meu bebe meu filho meu Hérick...... Filho a mamãe te ama e saiba que sempre vou te amar e espero que você me perdoe por não ter cuidado de você do jeito que deveria.... S2

    ResponderExcluir
  112. Bom dia.
    Meu nome é Luciana, tenho 32 anos, eu engravidei em junho de 2010, foi uma felicidade sem tamanho, finalmente ia realizar o sonho de ser mãe, fui ao medico e ele pediu a primeira ultrason, a medica começou a fazer o exame e a minha felicidade dobrou de tamanho quando ela me contou que eu estava gravida de gêmeos.
    Esperava ansiosa pelo próximo exame e então fiquei sabendo que seriam 2 meninas. Escolhemos o nome de Helena e Laura.
    Passei bem a gravidez, e com 19 semanas fui fazer novamente outro ultrason, a medica falou que estava tudo bem, uma, isso foi na sexta-feira, na terça foi o feriado 12 de outubro e comecei a sentir alguma dores liguei pro medico e ele me receitou um remédio, mas as dores aumentaram e na manha do dia 13 de outubro nao aguentava mais e fui ao hospital quando cheguei la o meu medico me disse que tinha que fazer o parto, fiz o parto normal mas infelizmente minhas filhas não resistiram. (tive descolamento precoce de placenta)
    Hoje faz 1 ano e 3 meses que elas foram para os braços do Pai.
    Sei que tudo tem um porque, mas a saudade doi muito.
    Quero dizer que amo muito as minhas filhas e tb para as maes que perderam seus bebes que na desistam de lutar.

    ResponderExcluir
  113. olha nao sei que faço sofro muito e minha filha que perdeu seu bebe pedro augusto de 5 meses de gestaçao sinto inutil sofro em dobro pelo meu primeiro netinho e pela minha filha que protegia sua gestaçao amava lokamente seu bebe e se senti culpada pela perda fala que nao cumpriu a promeça de protegelo nao comi nao dormi ele era tao lindo formadinho ja cabeludo branquinho gordinho tao lindo meu gu no velorio foi terrivel minha filha queria pegar ele e sair correndo que faço ora por ela pra mim

    ResponderExcluir
  114. Ainda não caiu a ficha com o que aconteceu comigo...Foi tão rápido no susto... Começou no dia 05/12/11 uma dor tão forte no pé da barriga que fui parar no hospital passei pela emergencia e os médicos que me atenderam falaram que eu estava com uma infecção de urina tomei varios medicaments e a dor não passava pelo contrario piorava......finalmente de tanto minha mãe brigar chamaram minha ginecologista isso ja era de madrugada eu havia pasado o dia inteiro com dor, foi quando fiz uns exames e deu que eu estava gravida NOSSA FIQUEI TÃO FELIZ POR QUE EU ESTAVA TENTANTO ENGRAVIDAR FAZIA 2 ANOS e finalmente havia conseguido só que.... meu bebê etava sendo gerado nas trompas e eu estava com hemorragia interna por que meu bebe estava cescendo em lugar errado....resumindo precisei fazer uma cesaria para tirar uma trompa e é claro tiveue tirar o bebêe e Eu não estou aguentando me doi muito desde que aconteceu eu tenho chorado todos o dias eu não estou aguentando mais... é uma dor muito grande parece que eu não vou sobreviver... Sabe o que é pior todos falam que eu não tenho o por que sofrer eu estava só de i mês ..
    Obrigada por pelo menos vc me ouvir...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada tnho acompanhado seu blog e tem me ajudado mitooo mesmooo

      Excluir
  115. OLá me chamo Sabrina tenho 25 anos sou casada a 4 anos,depois do meu casamento em 2009 descobrimos que minha mãe estava com cancer de mama, deixei meu serviço como tc de enfermagem,fomos morar com ela eu e meu esposo. Começou as seçoes de quimio e durou 9 meses,durante este tempo não me cuidei pois quria muito um bebe, decobri q estava gravida 10 dias depois que minha mãe tinha feito uma cirurgia radical na mama direita. Então se passarão 9 meses de alegria foi então q no dia 27/06/2010 comecei a sentir as dores do parto. Mas meu doutor disse q era frescura de mãe de 1°viagem, pedi para ele fazer um exame de tock foi quando ele se assustou com a hemorragia q deu tinha descolamento de placenta.Então fizerão uma cesáre de urgência minha filha ficou internada na UTI por 19 dias pois teve MENINGITE, PNEUMONIA e um SOPRO no coração. Mas agora esta melhor. Mas o pior estava por acontecer no dia das mães descobri q estava gravida fiquei louca como assim? não poderia pois só fazia 8 meses q tinha ganhado meu bebe, fiquei desesperada. Fui ao medico ele metranquiizou fiz todo o pré-natal certinho não tive nenhuma intercorrência então no dia 03/12/2011 fui ao hospital pos estava com muitas dores me mandarão embora fui mais umas 3 vezes e semprea mesma coisa não ta na hora vc esta com 38 semanas no minimo 39 para o bebe nascer!!! Então esperei as 39 semanas foi quando fui a minha gineco e ela não auscutou o coração do bebe falei pra ele esperei tanto q o bebe morreu dentro de mim e ela sem saber o que fazer me de mil explicações dizendo q poderia ter sido o cordão umbilical enrrolado no pescoço minha familia ficou em prantos, eu tive q me manter calma pois teria q fazer outra cesárea e não tinha mais o que fazer!!! finalmente fui ao bloco cirurgico praticamente arrancarão meu filho ele era lindo se chamaria BRUNO tinha 4,850kg 55cm era LINDo parecia q estava dormindo nunca mais vou esquecer meu bebe tão amado. Mandei então seu corpinho para fazer a necropsia pois não poderia ficar impune esta história como ele MORREU dentro d mim e eu pedi socorro e ninguem me atendeu? o laudo saiu meu FILHO não tinha nenum problema ele aspirou suas fezes pois passou do tempo então estamos processando aquela q se diz médica mas não é é uma vibora. Estamos vivendo pois temos outra jóia em casa mas esta sendo muito dificel passar por tanta aprovação do senhor e não desabar tento ser forte mas sinto q ja estou perdendo as forças.bjuuuuuussss obrigada por me escutarem

    ResponderExcluir
  116. estou muito trsite... perdi o meu bb com 29 semanas e 5 dias...


    Estou me recuperando da perda... eu estava com 7 meses de gestação, fui fazer o pre natal dia 25/01 e lá descobriram que o coração tinha parado de bater... fui internada de urgência no Hospital e induziram o parto o bb nasceu dia 28/01 as 6:30 da manha... estava com o cordão umbilical enrolado no pescoço... e enterro foi dia 29/01 ... estou com uma forte anemia e uma infecção urinaria, ja que o meu bb já estava morto na minha barriga fazia alguns dias... mas já estou medicada... agora só posso rezar pelo meu anjinho que Deus levou...

    ResponderExcluir
  117. Me chamo Margarete tenho 33 anos sou de Brasília, casada, tenho uma filha de 17 anos, eu e meu marido resolvemos o ano passado mais exatamente em junho que iríamos ter outro filho, então parei de tomar a pílula anticoncepcional e para a minha surpresa no mês seguinte estava grávida quase não acreditei pensei que demoraria... pois já fazia 18 anos que usava a pílula anticoncepcional ... Então já marquei consulta e assim se iniciou o meu pré-natal... fui em todas as consultas tomei todos os medicamentos indicados... sentia muitos enjôos, mas era normal, coisa de grávida, meu marido me acompanhava em todas as consultas e até nas ecografias, foi então que na Ecografia do dia: 04/11/11- Gestação de 17 semanas e 2 dias foi confirmado que esperávamos um menino, nosso sonho estava sendo realizado, já que tínhamos uma menina. Minha gestação estava correndo muito tranqüila não sentia dor... Começamos a comprar roupinhas e o meu esposo escolheu o nome do nosso filho: Washington Luiz . Quando eu estava com 22 semanas de gestação fui fazer a ecografia morfológica isso no dia 09/12/2011 o meu bebe pesava 500 gramas e tudo estava na mais perfeita normalidade... No dia 25/01/2012 fui a consulta do pré natal (rotina) e lá a minha médica não conseguiu auscultar o coração do meu bebe, então me encaminhou para um hospital para realizar um ultrassom e lá foi confirmado o óbito do meu bebe ou do feto como os médicos dizem... Meu mundo caiu nesse momento eu só chorava desesperadamente. Estava com 29 semanas e 5 dias de gestação, aproximadamente 7 meses... fui internada de urgência no Hospital e induziram o parto o bebe nasceu dia 28/01 as 6:30 da manha... ele estava com o cordão umbilical enrolado no pescoço... e enterro foi dia 29/01 ... estou com uma forte anemia e uma infecção urinaria, já que o meu bebe já estava morto na minha barriga fazia alguns dias... mas já estou medicada... agora só posso rezar pelo meu anjinho que Deus levou... Estou muito triste um imenso vazio me consome a cada dia... Mas pretendo com a ajuda de Deus Pai ter outro filho para tentar amenizar a dor que eu sinto, sei que nunca vou esquecer o meu anjinho, amigos me dizem que ele virou anjo e que esta ao lado de Deus. Penso muito no meu filho, vejo as roupinhas dele e fico imaginando tudo o que tínhamos sonhado para ele...

    Vi este poema em algum site: "Meu Bebe, eu queria cantar para embalar seus sonhos, agora sei que os anjos do céu farão isso por mim... Eu queria olhar nos teus olhinhos a brilhar e dizer que te amo, agora farei isso olhando as estrelas... Eu queria te pegar no colo e te envolver no meu abraço, mas sei que nos braços do Pai você estará bem mais protegido do que nos meus...

    Washington Luiz meu anjinho celeste... Meu filho Deus que lhe proteja E onde quer que esteja eu rezo por você!

    ResponderExcluir
  118. Oi Margarete, sinto muito pelo Washington Luiz. Entendo como se sente amiga, eu também perdi o meu meninho, meu Paulo Henrique com 34 semans, estava me sentindo realizada, pois finalmente teria um casal de filhos, pois já tinha a Débora de 7 anos. Mas por algum motivo que desconhecemos Deus quis levar nossos meninos para ficar pertinho Dele, mas apesar de tudo temos muito o que agradecer por ter as meninas ao nosso lado, nos confortando apenas com sua presença. Espero que você consiga engravidar novamente o mais breve possível, não desista de seus sonhos.
    Que Deus possa te confortar assim como Ele tem me confortado a cada dia.
    Cecylia

    ResponderExcluir
  119. Oi estou desesperada perdi meu 2° bebe ontem,o primeiro foi em Novembro
    de 2010 estava com 7 semanas fui fazer uma ultra o coração tinha parado e
    o segundo foi hoje eu descobri que estava grávida de 5 semanas e dia 10 de Janeiro
    sangrei e fiz uma ultra deu que eu tinha uma gravidez de implantação
    baixa e a minha médica disse que o remédio era repouso absoluto...Eu e
    meu marido fizemos tudo direitinhoo,mais o sangramento não parou e repeti
    a ultra depois de 15 dias de repouso...Ai la vem a decepção,a dor
    emocional e fisica...Perdemos nosso segundo bebe ele tinha decido já
    estava no ponto de descer,tive um aborto espontâneo...E agora estou me sentindo sem chão,arrasada..Só quem já perdeu seu tão sonhado bebe sabe como é,imagine perder o segundo.

    ResponderExcluir
  120. Meu nome é Roberta Gardiano, tenho 27 anos e no ultimo dia 14/03 perdi meu pequeno Miguel, eu estava gravida de 28 semanas, desde minha 20 semana, comecei a ter problemas com minha pressão, comecei a controla-la com medicamentos, mas numa noite, tive um pico minha pressão subiu mto e eu nao percebi, estava dormindo, acordei as 06 da manhã sentindo mtas colicas, e de repente comecei a sangrar, fui pra maternidade, ao chegar foram verificar os batimentos do meu bebe, e estavam bem fraquinhos, fui pro centro cirúrgico fazer cesária de emergência, mas infelizmente meu pequeno nasceu morto. Meu chão se abriu, a principio cheguei a me sentir culpada, entrar na maternidade e sair sozinha é uma dor que somente quem passa sabe como é. Tento me apegar no fato de eu ainda ter a possibilidade de voltar a engravidar, embora vai demorar um pouco até eu me recuperar fisicamente e psicologicamente pra poder tentar de novo.

    Fiquem com Deus

    ResponderExcluir
  121. PARABÉNS PELO BLOG,HOJE PERDEMOS UM SOBRINHO(A) QUE ERA ESPERADO POR TODOS,COM APENAS 3MESES DE GESTAÇÃO,MAS AO LER SUAS MENSAGENS PUDE ME CONFORTAR E COMPREENDER,AJUDAR A MINHA CUNHADA Á SE SENTIR MELHOR,QUE NEM TUDO É COMO DESEJAMOS E NA HORA QUE QUEREMOS QUE DEUS SABE DE TODAS AS COISA,OBRIGADO PELAS SUA MENSAGENS MICHELE

    ResponderExcluir
  122. meu filho se chamava gabriel felipe...hoje tem exatamente 49 dias que sinto a sua falta,ou melhor,ele esta com deus,e eu como mae,como alguem que o mais queria nessa vida nao consigo e nao vou me conformar,aceitar...ele era unico.todos os dias me pergunto por q deus nao me levou e deixou ele assim eu estaria mais feliz por que eu sei que o seu pai,seus avos iam cuidar muito bem dele.
    nao consigo ser forte,nao consigo seguir a minha vida,nao consigo fazer mais nada...eu preciso desabafar de ajuda..nós que somos maes sabemos o tamanho dessa dor,a dimensao de saudades desses "ANJINHOS".
    GENTE NÓS NAO MERECIAMOS ISSO...por que a gente?por que????????minha vida acabou nao tem mais sentido...é tudo escuro,tudo sm graça nao consigo ser forte.tem hora q nao acredito que isso esta acontecendo comigo,nao acredito...por q meu deus.
    olha se alguem quiser conversar comogo por celular é 98695585´,moro em tapejara/pr.meu nome é TAIZ LIMA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Taiz Lima, entendo muito bem a sua dor, parece que o peito vai explodir, a sensação é que estamos sangrando por dentro. Vivi essa dor também e sei o quanto é difícil não termos nossos filhinhos ao nosso lado. Erga sua cabeça, não deixe que a dor e o sofrimento te roube a esperança, a dor vai passar; o amor e a saudade nunca passará. Pense na alegria que sentiu enquanto seu anjinho estava com você. Ore bastante, busque refúgio no PAI, ELE está ao seu lado secando as suas lágrimas. ELE conhece a sua dor e tem te amparado, você não está sozinha...
      Beijão e fique com DEUS.

      Excluir
  123. Olá, meu nome é Dayane tenho 18 anos faz exatamente um mês que perdi Maria Clara aos 9 meses de gestação.Minha gravidez foi muito difícil pois minha família não me apoiava só me julgavam por ter engravidado cedo meu namorado me deixou e eu fiquei sozinha ao 7 meses tive dengue,fiz vários exames para saber se o bebe tava bem,mais ela tava otima a dengue não afetou o desenvolvimento dela. Pedia todo dia a Deus pra me dar foças p conseguir cuidar dela sem a ajuda de ninguem eu amava e amo o pai dela .Pedia a Deus pra esquece-lo ou que ele me amasse como eu o amo. 2h da manha ele me ligou dizendo o quanto arrependido estava que me amava e que sempre me amou que queria cria nossa filha juntos eu não acreditei pesei que tava sonhado nuca tinha ouvido um "eu te amo " sair da boca dele, percebi que e Deus ouve nossas preces mesmo quando já não acreditamos mais.No dia seguinte quando acordei levei uma queda muito grande na escada da minha casa a dor que eu senti não da pra descrever foi aquela correria para ir p hospital na caminho percebi que estava sangrando comecei a me deseperar quando cheguei o médico me levou logo pra sala de cirurgia não podia esperar nem um minuto a mais o bebe tava muito encaixado então tentaram um parto normal mais não deu certo e não dava p fazer um cesária então o jeito foi parto fórceps quando eu ouvi o chorinho dela e a agunia dos médico p levar ela p UTI neo natal eu tive certeza que eu ia perde la passei um dia no CTI sem noticias dela ninguém me falava nada, se ela tava bem,onde ela tava, cerca de 1h da tarde eu fui p quarto quando me trouxeram ela, ela tava respirando muito ofegante quando a médica me disse ela não resistir eu trouxe ela p você vê-la pela ultima vez, quando a médica tiro ela dos meu braços ela já tava com a respiração fraquinha eu morri por dentro chorei muito e ainda choro até hj sei que ela com Deus e isso me conforta.

    ResponderExcluir
  124. Ola Cecylia parabens pelo blog tem me ajudado bastante.Sou tania tenho 26 anos ontem 07/05 fez um mês que a minha anjinha JULIA foi morar com o Pai, sei que ela esta bem mas a dor é mta ainda. Perdi minha princesa com 28 semanas de gestação tive pré eclampsia devido a isso tive deslocamento de placenta. choro todos os dias, me culpo bastante, culpo os médicos mas de nada adianta, graças a minha familia e meu marido maravilhoso to conseguindo superar tudo e quero engravidar novamente o ano que vem... JULIA a mamãe e o papai te amam mto estara para sempre em nossos corações fica com DEUS,mtas mtas saudades a dor é intensa ate breve.. msn tanianp2010@hotmail.com

    ResponderExcluir
  125. ola sou a helena sou angolana meu marido e brasileiro pessoal estou sofrendo muito minha alma esta seca pois perdio meu bebe com 7 meses e meio de gestaçao o meu principe a minha vida o peney estou muito triste pois nao consigo aceitar esta perda porque ja o amei antes mesmo dele nascer tenho 27 anos e estou triste de mais choro todas as noite o meu bebe faleceu 28/06/2012

    ResponderExcluir
  126. ola .. hoje faz um mes e tres dia que perdi minha priscesa.. Eu estava gravida de 28 semana esta tudo bem até que acordando percebi que estava molhada liguei pra minha medica e ela mandou ir pra hospital la fiquei internada tomando soro isso aconteceu na quarta qdo foi na sexta feira anoite comessei entrar em trabalho de parto senti tanta dor muitas contração meu marido tinha acado de chegar em casa pois tinha ido me visitar e estava bem até que ligo e ele volta correndo la ele ja sabia o que poderia acontecer ,mais eu não nem sabia me derão mededio pra conter as contração e uma ingesão pro pumão do bebe não dormi direito acondei e fiz um utrason eu estava sem liguido nenhum e o bebe ja estava encaichado não sabia o que estava acontecendo comigo levaram correndo pro quarto e dali por diante comessou as contrassoe uma atraz da outra ...tive um parto normal minha priscesa nasceu sozinha foi tão rapido não deu tempo nem de ir pra sala de cirugia tive o bebe na sala de pre aparto mesmo qdo ela nasceu eu estava sozinha na sala meu marido havia corrido pra chamer as enfermeira pois eu senti qdo ela ia nascer mais ela foi mais rapida qdo as enfermera chegou ela ja estava la.. Tão pequeninha tão fragil ja sairão com ela correndo mais os medicos disserão que se coração esta muiito fraco e logo veio a falecer foi o momento mais dificil da mimha vida...ter que fazer o registro e logo fazer o registro de obto é cruel...Sou evangelica isso me dar força pra levantar todos os dia pos peçoa Deus força pois ele é o unico que pode nos ajudar nessa hora palavras não adinta pode até piora,mais deus tem me dado força e com isso tenho ficado de pé.

    ResponderExcluir
  127. Meu endeço de email é deboracamposferreira@yahoo.com .br quem quiser conversar estarei disposta falare priscipalmente ouvir

    ResponderExcluir
  128. estava com oito meses faltavam 4 dias pra ele nascer.foi ai meu tormento dia 3 de maio de 2012 soube a triste noticia o medico disse seu bebe esta morto , amos ter que fazer uma cesaria.ai meu mundo caiu e ate hoje ainda nao consegui mim levantar ,doi muito.

    ResponderExcluir
  129. Acabo de passar por isso. Perdi minha menina com quase 36 semanas, nunca imaginei sentir uma dor tão forte e o pior ir para uma mesa de operação passar por tudo e não ter o meu presente. Tenho orado para Deus me confortar, pois está muito difícil...

    ResponderExcluir
  130. acabo de perder meu garotinho ele tinha 1,2 meses deu uma febre de 41 grau e ele deu 2 crise e 3 paradas cardiacas meu coraçao parece estao dilacerado espero que deus me aqjude a superar essa dor

    ResponderExcluir
  131. Perdi o meu anjinho hoje com 6 semanas e 2 dias , tenho 40 anos. Apesar de ter 3 filhos eu e meu esposo queríamos muito esse. Estou com uma tristeza tamanha. Fiquei muito feliz durante esse período , porém é como se agora tivesse morrido um pedaço de mim. Gostaria de ter muito prosseguido com a minha gestação , porém agora não sei se poderei mais vir a ter filhos, devido a minha idade. Uma sensação de impotência , mistura com culpa esta me torturando.

    ResponderExcluir
  132. perdi minha princesinha com 24 dias de vida ela era tudo q eu e meu marido queríamos mas deus levou.hoje faz 2 anos q perdi ela sofro ate hoje com essa dor q nunca achei ia senti tenho medo de engravidar outra vez e acontecer tudo de novo tenho 20 anos e meu marido.esperamos q quando nois resolvemos arrumar outro bebe não acontece de novo.

    ResponderExcluir
  133. ola mamaes!!! meu nome e eliane e gostaria de dizer a vcs que tbm perdi um casal ,filipe a 5 anos atraz e julia em abril deste ano, estou arrasada pois sou casada a 13 anos e meu marido e doido com crianca, hoje ta fazendo 4 meses que perdi julia e dia 23 faz cinco anos que perdi filipe,e pra completar quando perdi julia dei trombose e fiquei mau no hospital pois a cada minuto nascia uma crianca e eu nao tinha os meus foi horrivel , hoje estou bem e peco muito a deus para confortar meu coracao pois nao perdi a esperanca ,sei que pra ele nada e impossivel ja sei o motivo das minhas perdas e agora vo fazer o tratamento pois a medica disse que e simples e quando eu estiver pronta e so comecar ..entao nao fiquem triste deus sabe de todas as coisas confie nele e tudo se resolverar um grande bjs para toads por que sei o que vcs estao passando pois passei a cinco anos e agora novamente...fe e deus ele e o rei dos reis.... boa noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eliane temos que ter muita fe em deus porque se nao a pessoa fica doida nessa hora tao dificil falo isso porque estou passando poriso tambem amanha vai fazer tres messes que meu filho foi morar com deus ele nasceu no dia 16 05 2013 doi muito era meu primeiro filho so deus pra nois dar forcas

      Excluir
    2. hoje meu coracao esta com uma grande dor hoje esta fazendo tres meses que meu filho esta com deus volta tudo de novo em minha cabeca o sofrimento que eu e meu marido passamos naquele dia que perdemos nosso filho e uma dor enorme so quem passa sabe como e tem dia que e tao dificil saber que ele nao esta ali comigo essa dor vou levar pro resto da minha vida

      Excluir
  134. A cada dia que passa essa dor aumenta mais,esta muito difícil conseguir forças para olhar as pessoas e falar que esta tudo bem...Tem dias que eu acho que o mundo vai desabar sobre a minha cabeça,mas só o que tenho a fazer é pedir a DEUS que me de mais e mais forças pra superar tudo isso,e continuar a levar a vida...Eu nunca vou deixar de AMAR esse dois anjinhos que fizeram parte vida e da minha historia mesmo que foi por pouco tempo mas nunca vou esquecer,TE AMO MEUS ANJINHOS...

    ResponderExcluir
  135. A cada dia que passa essa dor aumenta mais,esta muito difícil conseguir forças para olhar as pessoas e falar que esta tudo bem...Tem dias que eu acho que o mundo vai desabar sobre a minha cabeça,mas só o que tenho a fazer é pedir a DEUS que me de mais e mais forças pra superar tudo isso,e continuar a levar a vida...Eu nunca vou deixar de AMAR esse dois anjinhos que fizeram parte vida e da minha historia mesmo que foi por pouco tempo mas nunca vou esquecer,TE AMO MEUS ANJINHOS...

    ResponderExcluir
  136. A cada dia que passa essa dor aumenta mais,esta muito difícil conseguir forças para olhar as pessoas e falar que esta tudo bem...Tem dias que eu acho que o mundo vai desabar sobre a minha cabeça,mas só o que tenho a fazer é pedir a DEUS que me de mais e mais forças pra superar tudo isso,e continuar a levar a vida...Eu nunca vou deixar de AMAR esse dois anjinhos que fizeram parte vida e da minha historia mesmo que foi por pouco tempo mas nunca vou esquecer,TE AMO MEUS ANJINHOS...

    ResponderExcluir
  137. VENHO AQUI HOJE CONTAR MINHA HISTORIA. AINDA ESTOU MUITO TRISTE, SEM SABER O QUE FAZER, OU PRA ONDE VOU, OU PIOR POR ONDE COMEÇAR.
    SEMPRE SONHEI EM SER MÃE, E DESDE QUE ME CASEI ESTAVA TENTANDO COM MEU ESPOSO POREM NADA ACONTECIA. FORAM 3 ANOS DE TENTATIVA, E ISSO QUE NUNCA USEI NENHUM TIPO DE CONTRACEPTIVO COM MEU ESPOSO E NEM ANTICONCEPCIONAL ANTES DE CASAR.

    DIA 26 DE AGOSTO FUI AO MEDICO FAZER UM EXAME DE ROTINA PARA VER COMO ESTAVA EU E O BEBE POIS HAVIA COMPLETADO 10 SEMANAS DE GRAVIDEZ, LÁ O DR PASSOU O EXAME TRANSNUCAL PARA VER COMO O BEBE ESTAVA DE CRESCIMENTO, COMO MEUS EXAMES DE SANGUE ESTAVAM TODOS NORMAIS EU E O MEDICO PENSAMOS ESTAR TUDO BEM. FUI FELIZ DA VIDA FAZER O EXAME, AO CHEGAR LÁ RECEBI A PIOR NOTICIA QUE UMA PESSOA QUE SEMPRE SONHOU EM SER MÃE, QUE SEMPRE QUIS MUITO UM FILHO PODE RECEBER.
    MEU BEBE ESTAVA MORTO.
    SEU CORAÇÃOZINHO HAVIA PARADO.
    NA MESMA HORA MEU MUNDO CAIU, E O SOFRIMENTO TOMOU CONTA DE MIM.
    ONDE SERÁ QUE EU ERREI?
    O QUE SERÁ QUE EU FIZ DE ERRADO?
    FIZ TUDO O QUE O MEDICO HAVIA PEDIDO, TOMEI TODOS OS CUIDADOS E REMÉDIOS INDICADOS, PORQUE AQUILO ESTAVA ACONTECENDO COMIGO?
    A PRIMEIRA COISA QUE EU PENSEI FOI EM BRIGAR COM DEUS.
    PORQUE ELE HAVIA FEITO ESSA CRUELDADE COMIGO, SABENDO QUE A VIDA INTEIRA EU QUIS SER MÃE, SABENDO QUANTO TEMPO ESPEREI POR ISSO, ENTÃO ELE ME DÁ E TIRA DESSA FORMA?

    DEPOIS PAREI PARA PENSAR NO QUE IRIA SOFRER AINDA, MEU BEBE ESTAVA MORTO, MAIS AINDA ESTAVA DENTRO DE MIM, OS MÉDICOS TIRAM QUE TIRA-LO DE ALGUM JEITO.

    FUI INTERNADA NO SANTA JULIANA AS 16:00 HS DE SEGUNDA, AS 21:00HS COLOCARAM OS REMÉDIOS PARA A INDUÇÃO DO ABORTO, AS 21:30HS COMECEI A SENTIR CONTRAÇÕES E A DILATAR, AS 22:00HS A DOR JÁ ERA INSUPORTÁVEL E COMEÇOU A SAIR SANGUE.
    AS 23:00HS EU JÁ ESTAVA SENTAVA NO BANHEIRO PEDINDO PARA AQUILO ACABAR, PASSANDO MUITO MAL, E PENSANDO: DEUS ESTOU AQUI SENTINDO "TODAS AS DORES DO PARTO" E IREI SAIR DAQUI SEM MEU FILHO (A).
    AS 00:00HS SENTI ALGO ESTOURANDO DENTRO DE MIM, ERA A BOLSA D'AGUA QUE ROMPEU, DEPOIS DAQUILO NÃO SENTI MAIS NDA, ACORDEI NO OUTRO DIA ENSANGUENTADA E PENSANDO AGORA FALTA POUCO, ENTREI NA SALA DE CIRURGIA E EM 20MIN FIZERAM MINHA CURETAGEM.
    ENQUANTO EU ESTAVA LÁ DESACORDADA, PENSAVA E AGORA, O QUE EU VOU FAZER?

    E TUDO QUE ME VINHA NA CABEÇA ERA OS GRITOS DAS MULHERES NAS SALAS PRÓXIMAS E OS CHOROS DOS BEBES QUE NASCIAM.
    E O MEU BEBE?

    DENTRO DE TUDO ISSO O QUE MAIS DOÍ, É TER RECEBIDO ALTA HOJE E TER SAÍDO DE LÁ COM OS SEIOS INCHADOS, COM LEITE NELES E SEM BEBE P AMAMENTAR.

    É OUVIR AS PESSOAS DIZENDO "VOCÊS SÃO JOVENS, PODEM TENTAR DE NOVO"
    E QUEM DISSE QUE EU QUERO TENTAR DE NOVO?
    QUEM DISSE Q EU TENHO FORÇA DE PASSAR POR ISSO DE NOVO (deus que me livre disso)?
    NÃO SEI SE TENHO FORÇA P ISSO.
    E O PIOR É PENSAR COMO IREI EXPLICAR PARA OS MEUS ALUNOS DE 02 Á 10 ANOS DO LATO SENSU, QUE ME ABRAÇAVAM PEDINDO P OUVIR O BEBE E DIZER QUE ESSE BEBE NÃO ESTAVA MAIS AQUI, QUE VIROU UM ANJINHO NO CÉU

    SEI QUE ALGUMAS PESSOAS JÁ PASSARAM POR ISSO E OUTRAS IRÃO PASSAR, PRA MIM NÃO ESTA SENDO NADA FACIL ESCREVER CADA DETALHE DO QUE ACONTECEU NESSES TRES DIAS, MAIS ESCREVENDO ASSIM É UMA FORMA QUE ESTOU TENDO DE TENTAR ME LIVRAR DE PARTE DESSE SOFRIMENTO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. katricia como voçe também tenho um anjo no céu vai fazer 8 meses que meu bebe morreu nasceu de 24 semanas de gestação eu queria morrer ,não acreditava eu passei 10 anos sonhando com esse dia em ser mãe porque deus tinha feito isso comigo porque eu não sei a dor sempre estara aqui no meu coração ,não adianta disser a voçe que vai passar vai amenizar com um tempo , outra coisa não perca a fé em deus ele sabe de tudo ,um dia iremos saber o porque ,hoje estou gravida de 24 semanas o mesmo tempo que perdi meu bebe tenho muita fé em deus que vai dar tudo certo desta vez esse bebe deus vai deixa eu cuidar dele fica com deus e não tenha medo de tentar de novo nossos anjinhos estão no braço do pai

      Excluir
  138. katricia essa dor estou passando tambem como e dificil falar pras pessoas que perguantao como esta seu filho e agente responder morreu esta com deus essas palavras como doi no nosso coraçoa de uma mae que tanto sonhou em ter seu filho no colo e hoje so me resta o vazio de nao ter ele comigo mais creio em deus que ele vai me dar outro e esse vai ser meu e do meu marido se deus quiser tudo tem seu tempo a dor sempre estara em nossos coraçao nao deixe seu sonho de ser mae morrer porque nascemos pra ser maes e vamos ser e so confiar em deus que tudo vai dar certo

    ResponderExcluir
  139. Gravidez desejada
    Ola a todos vou contar a voces oque aconteceu comigo,minha gravides inteira nao tive nenhum problema tudo tranquilo exames ok nem enjoo com 5 meses veio a noticia mais feliz do mundo que eu ia ter uma menina fiquei muito feliz eu e meu marido pois nos queriamos tanto uma menina compramos todo enchoval coisa mais linda ate que entao no dia 17/02/2012 eu estava em casa com meu marido e começou a me dar hemorragia foi a o hospital e nao fui atendida logo fiquei umas 2 a 3 horas sangrando pois nao tinha obstetra nem anestesista e a sala de cirurgia estava ocupada entao depois disso fizerao o ultassom e minha nene estava com 68 bpm e a dra fez uma cesaria d urgencia ao chegar no elevado ela falou que minha nene ja estava morta e que iria tentar me salvar foi ali que minha vida acabou de vez pois eu estava com 36 semanas ela era perfeitinha coisa mais linda do mundo vi ela enroladinha me cortou o coraçao quando eu disse para ela vai com deus meu amor a mamae te ama ,como nao se bastase me colocarao em uarto particular foi atendida pelo sus 1 mes depois veio o resultado da minha placenta que constatou vasculo platia multipla q significa q minha placenta parou de funcionar, fez 1ano e 8 meses e nao consigo mais engravidar pois penso muito dela e nao consigo me esquecer do que aconteceu

    ResponderExcluir
  140. Oi!
    Eu também perdi meu bebêzinho.
    Foi minha primeira gravidez...
    Tem 2 meses e meio que perdi e o desespero ainda toma conta de mim.
    Não consigo escrever de novo minha história.
    No meu blog, conto tudo o que aconteceu comigo 10 dias após curetagem.
    Por favor, gostaria de saber se mais alguém aqui teve uma história igual a minha (leia no blog):
    http://www.alineahorta.blogspot.com.br/
    Aguardo respostas.
    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  141. Perdi meu bebezinho há uma semana. Era uma menina, eu nunca vou deixar de amá-la : Anna Lívia. Estava com 5 meses de gestação, minha bolsa estourou e alguns dias depois percebi que o cordão umbilical estava pra fora, ainda não sei bem o que isso significa, mas era claro que ela tinha morrido... as horas seguintes foram bem intensas e sofridas, fiz indução de parto e mais ou menos depois de 18 horas ela "nasceu"... Na hora não senti tanta dor da perda, mas cada dia está sendo mais dificil. Me pergunto sempre: pq Deus tirou ela de mim?? O que será que eu fiz para merecer tanta dor?? Era meu primeiro filho e como já tenho 40 anos acho dificil enfrentar uma outra gravidez... Mas a minha querida estrelinha, meu anjinho ficará sempre em meu coração, minha filha querida, minha Anna Lívia que não teve nem tempo de respirar um pouquinho desse nosso mundinho cruel... Mamãe vai te amar pra sempre!

    ResponderExcluir
  142. Moro fora do Brasil, teho 42 anos, há 2 meses e 4 dias eu perdi meu bebê de quase 5 meses. Uma gravidez inesperada numa situação nada favorável. Fiquei gravida no meio da minha menstruação, eu estava com a ovulação desregrada e o esperamatozóide ficou escondido esperando um novo óvulo. O médico disse que eu ter um filho dessa forma é uma das coisas mais raras na minha idade. Eu fiquei durante 4 mesem sem saber que estava gravida, soube quando eu fiz um exame e o meedico veio todo feliz para dizer que tinha bebê dentro da minha barriga. Eu fiquei tnao assustada e ai eu disse nao é possivel eu nao sinto nada eu fiquei menstruada todo mês, tem alguma coisa errada. Eu não acreditava...o médico me explicou que nao era menstruaçnao e sim uma hemorragia que estava tendo, pequenas hemorragias, pois estava com um problema sério que era trombose na placenta. Me recomendou repouso absoluto. Fiz ultrassom, ouvi seu coraçãozinho, e fiquei encantada de que a vida aconteceu para mim, meu primeiro filho, nunca havia ficado grávida antes. Uma alegria, uma sensação de ter sido agraciada. Quanto ao pai eu estava tentando falar com ele e dar noticia mas eu nao consegui encontra-lo, nao respondia celular, email, nada. Ficava triste e imaginava como seria lhe dar esta noticia. Passado 10 dias eu sentir uma dor aguda, fui direto para o hospital, me atenderam em segundos, mas não houve tempo, a criança já na vivia mais, tudo parou e fiquei em choque. Tive q fazer um parto induzido e fiquei em choque durante 1 semana não falava. Omédico me perguntou se eu queri ver o menino que era perfeito, normal, saudavel eu disse sim, eu peguei ele nas maos, na palma da mao, omg que dor, que dor foi ver ele morto. Tao delicado, tão sereno. Logo fui procurada por uma assistente social que me disse q pelas leis americanas eu teria q enterrar ou cremar, mas para isso eu teria que registra-lo, ou doar para pesquisa....eu nao conseguia pensar mas preferi enterra-lo, batizei com nome de Isaac, pois era um filho desejado de Sara que tinha idade avançada em um conto na Biblia.

    ResponderExcluir
  143. Passado tudo, 15 dias depois recebo o laudo e o parecer do médico porque eu perdi, devido eu saber muito tardiamente a gravidez, a trombose poderia ter sido controlada mas nao era definitivo e garantia que eu pudesse concluir a gestacao. Voltei para casa, e tudo começou vir a minha cabeça como filme. Desde de quando eu entrei em um hospital em New York no dia 14 de agosto com dor de estomago, entrei sozinha e saí de lá com um bebê. Incrivel, mas ai eu comecei a retroceder e pensar o que eu fiz com ele vivo em minha barriga. Eu joguei volei, eu nao comi adequdamente, bebi algumas vezes, muito pouco, tomei remedio para dormir, peguei peso, fiquei nervosa, ansiosa, triste porque eu nao conseguia me acertar com o pai dele, chorei muito. Hoje eu tenho um buraco na minha vida. Dois meses e 4 dias que a minha mudou. Há 1 semana atras resolvo contar para o pai para poder dividir, tento falar pessoalmente mas o mesmo pede para eu escrever um email, triste e decidida atender o pedido dele, conto e sua resposta que veio 6 horas depois foi a seguinte: I am sorry that you had to go through all this alone. But at least its done right? Sinto muito que vc passou por tudo isso sozinha mas pelo menos está feito, certo? E foi só isso. Eu aqui coloquei os exames em uma pasta para mostrar ele, eu esperava um abraço, um reconhecimento dele, tipo: lamento por nós pelo nosso filho, mas temos q seguir adiante......se eu nao contei pq no fundo eu sabia sua reação. Bom tenho ido trabalhar, choro por nada, uma dor sem tamanho, volto para casa, tomo banho, escovo os dentes e vou dormir, bem mecânico, bem sem sentido, bem oca está minha vida. Resolvi sai do apto onde morava, desfiz de udo, estou com apenas com uma pequena de roupa e os documentos, o resto tudo eu desfiz...tenho ido na psicologa eu nao consigo ficar olhando pra ela a minha vontade é de bater nela, meus pais nao soube. Hoje morro um quartinho dentro da empresa onde trabalho. Estou tentando achar um motivo para minha vida, mas eu não acho. E por favor eu respeito toda religiao, mas me deixem na minha por favor. Antem ontem fui a padaria compar pao, tem um muro da onde estou que o mesmo muro deste lugar eu passei as costas da minha mao para ver se eu sentia dor, para ver o que eu sentia pudesse se distrair com a dor da mao, e percebi que ela nao é nada. NADA NESTA VIDA SUBSTITUI A DOR DE PERDER UM FILHO, NADA. PARA UM MÃE É O PIOR SOFRIMENTO. Obrigada por me ouvirem..bye

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito, Mas como um flor machucada no jardim alguém morreu por ti, pensou em ti, te amou e creio que há esperança para o ferido dias melhores viram eu também assim como você espero por esse dia, não é fácil mas só o fato de você está de pé já es uma guerreira.

      Excluir
    2. Tbm perdi meu bb, em 17 de maio 2013, ja se passaram seis meses mais a dor ainda é profunda, tem dias wue bate um desespero e eu so choro.Deus tem me dado forças pra continuar a vida, tenho fe que em breve estarei com meu Davi nos braços. Força, fé, pois as nossa tristeza transformara em alegria, tenham fé e que a paz do Senhor Jesus esteja com todas nós que perdemos nossos bbs.

      Excluir
  144. oi aline um dia antes de voce te perdido seu filho eu ja estava chorando pela perda do meu filho vai fazer 7 messes que deus levou meu filho pra morar no ceu sofro muito todos os dia lembro dele mais deus esta me dando muita forças sem deus eu acredito que nao tinha conseguido e so cre em deus que tudo vai dar certo beijos

    ResponderExcluir

1- Escreva no quadro em branco a sua mensagem.

2- Se você tiver uma conta no Google (gmail) digite em NOME DE USUÁRIO: o seu e-mail, e em SENHA: a sua senha (só você tem acesso). Não esqueça de clicar no quadro: Enviar por e-mail comentários de acompanhamento para o seu e-mail, assim se alguém postar uma resposta irá direto para sua caixa postal.

3- Caso você não tenha uma conta no google, escolha a opção Nome/URL.

• no quadro Nome escreva seu primeiro nome
• na URL (opcional) escreva o endereço do seu blog se você tiver, por exemplo: www.seubog.blogspot.com (se não deixe em branco)

4- Clique em visualizar.

5- Se estiver tudo "ok" clicar em publicar comentário.

Prontinho agora é só esperar uma resposta.

Obrigada por deixar o seu recado no blog Perdi meu bebe.

Observação: Peço a gentileza de não mencionar telefones e celulares nos comentários, pois comentários com números de telefones não serão mais publicados, caso desejem apenas divulguem o endereço de e-mail, lembrando que ficará disponível para qualquer pessoa ver. O blog não se responsabiliza pelos contatos feitos a partir do e-mail divulgado.
Cecylia